Música ♫

Espaço para debates sobre assuntos que não sejam relacionados a Chespirito, como cinema, política, atualidades, música, cotidiano, games, tecnologias, etc.

Quais são seus gêneros musicais favoritos?

Arrocha
0
Não há votos registrados
Axé
0
Não há votos registrados
BGMs CH
2
5%
Blues
0
Não há votos registrados
Bossa Nova
2
5%
Clássica
2
5%
Dance
2
5%
Eletrônica
1
2%
Forró
1
2%
Funk
0
Não há votos registrados
Jazz
0
Não há votos registrados
Latina
1
2%
Metal
2
5%
MPB
3
7%
Pagode
1
2%
Pop
3
7%
Rap
1
2%
Reggae
0
Não há votos registrados
Reggaeton
0
Não há votos registrados
Religiosa/Gospel
2
5%
Rock
13
30%
Samba
1
2%
Sertanejo
3
7%
Trap
1
2%
Trilhas Brancas
1
2%
Vaneira
0
Não há votos registrados
Outro(s)
1
2%
 
Total de votos: 43

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Música ♫

Mensagem por E.R » 06 Abr 2022, 01:29

Na internet muita gente fica reclamando que o "Rock In Rio não tem rock", o dia com o Iron Maiden é o único que não teve todos os ingressos vendidos.

Pra variar, os dias de shows com artistas internacionais do pop são os que os ingressos são vendidos mais rapidamente.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Música ♫

Mensagem por E.R » 10 Abr 2022, 14:54

NOTÍCIAS
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Música ♫

Mensagem por E.R » 14 Abr 2022, 07:19

NOTÍCIAS
https://g1.globo.com/pop-arte/musica/ro ... 2022.ghtml

A banda de heavy metal Megadeth não vai mais tocar no Rock in Rio 2022.

O cancelamento foi confirmado pela organização do festival.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Música ♫

Mensagem por E.R » 29 Abr 2022, 04:02

NOTÍCIAS
https://www1.folha.uol.com.br/colunas/p ... ulho.shtml

Moradores do entorno do Allianz Parque, localizado na zona oeste de São Paulo, têm se mobilizado contra o projeto de lei da gestão Ricardo Nunes (MDB) que pode aumentar o limite de decibéis permitido em shows de música e de jogos de futebol no estádio do Palmeiras.

O texto prevê o limite de 85 decibéis entre 12h e 23h.

A exposição a ruídos acima de 85 decibéis é considerada insalubre se ocorrer por mais de oito horas por dia.

No caso do Allianz Parque, a aprovação do projeto alteraria o limite noturno de 55 decibéis para 85 decibéis, o que é chamado de "grande irresponsabilidade" pelas associações de bairros. ​

O projeto foi protocolado na Câmara Municipal na última segunda-feira.

Em carta enviada aos vereadores, associações de moradores e empresários de bairros da região, como Perdizes, Barra Funda, Sumaré e Pompeia pedem a rejeição do projeto de lei.

Eles dizem ser "inadmissível uma mudança na legislação que vai contra os preceitos da saúde coletiva, para atender a interesses privados e assegurar o lucro para poucos em detrimento da saúde da população".
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
Chapolin Gremista
Membro
Membro
Mensagens: 4443
Registrado em: 03 Fev 2009, 00:22
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Grêmio
Localização: Viamão - RS
Curtiu: 167 vezes
Curtiram: 90 vezes

Música ♫

Mensagem por Chapolin Gremista » 01 Mai 2022, 03:52

"Rap" Revolucionário
Nego Mancha e Goldman lançaram o video-clipe “Os mais Humildes”
"Rappers" trabalhadores da periferia de São Paulo, conseguem falar de política revolucionária e protestar através da música

Imagem
Da zona leste da cidade de São Paulo, os “rappers” Nego Mancha e Goldman lançaram hoje o vídeo-clipe da música “Os Mais Humildes” no YouTube e redes sociais do grupo. Sem identitarismo, sem enganação eles mandam na letra o recado da periferia, direto da fonte, direto da favela.

Em nota, eles explicam a sua arte:

“A canção “Os Mais Humildes” surge a partir do contexto político atual do Brasil. Momento em que o país se divide e ninguém sabe para onde ir, Os Mais Humildes vem com a proposta de apontar o caminho.
E o caminho é a revolução! Vamos nos unir e levantar contra a injustiça, e tomar o poder e nosso destino em nossas mãos. “Não pensem que vim trazer a paz, eu vim trazer a Espada!” – Jesus Cristo”

De formação cristã ambos, Nego Mancha e Welder, vulgo, Goldman, partilham da sede e fome por justiça, e assim como o Cristo fazem a escolha pelo lado dos mais fracos, os injustiçados pelo sistema capitalista opressor e a burguesia fascista.

Assista ao vídeo-clipe abaixo:



https://www.causaoperaria.org.br/rede/t ... -humildes/
O Chapolin é um herói latino-americano lutando contra as forças imperialistas (Super Sam, Batman, Superman). Ele sempre foi vermelho.

Chaves é sobre a luta de classes. Burguesia (Seu Barriga, Nhonho), Pequeno-burguesia (Dona Florinda, Girafales, Quico) e Classe Operária (Chaves, Seu Madruga, Chiquinha).E você, de que lado está?

''Pacifismo é a pregação para os coitados do mundo de que eles devem apanhar calados.''
RUI COSTA PIMENTA

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Música ♫

Mensagem por E.R » 07 Mai 2022, 20:33

NOTÍCIAS
https://www.hojeemdia.com.br/entretenim ... l-1.898052

O Rock In Rio terá em 2022 o maior palco da sua história.

O anúncio foi feito pelo CEO do festival, Luis Justo, durante coletiva de imprensa no Rio de Janeiro.

A estrutura do Palco Mundo, o principal do evento, terá, ao todo, 30 metros de altura e 104 metros de largura.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
Chapolin Gremista
Membro
Membro
Mensagens: 4443
Registrado em: 03 Fev 2009, 00:22
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Grêmio
Localização: Viamão - RS
Curtiu: 167 vezes
Curtiram: 90 vezes

Música ♫

Mensagem por Chapolin Gremista » 08 Mai 2022, 00:50

Memórias da música brasileira
Lembranças da música independente feita no Brasil
o Grupo UM e a música instrumental brasileira

Imagemcapa do primeiro álbum do Grupo UM – capa: criação de Luiz Manini sobre o desenho de Zico Priester

No teatro do SESC Belenzinho na cidade de São Paulo, no dia 18 de dezembro de 2016, um domingo, tive o prazer de ouvir novamente ao vivo o Grupo UM, aquele que é, para uma geração de amantes da música instrumental brasileira, o grupo mais importante do Brasil. Essa importância se faz não apenas pela qualidade musical – isso é incontestável –, mas pelo fato histórico do Grupo UM haver sido um dos primeiros grupos a gravar, no Brasil, um álbum de música independente.

O Grupo UM foi fundado em 1976; nessa época, o Brasil era governado pelo general Ernesto Geisel, o penúltimo general da ditadura militar. Não havia naqueles tempos nenhum incentivo à cultura; durante o governo posterior do general João Figueiredo, álbuns de música – os LPs – foram incluídos, ao lado de copos d´água descartáveis, na lista dos supérfluos, quer dizer, dos produtos de consumo dispensáveis, aqueles com os quais ninguém deveria gastar dinheiro. Como sempre, a cultura, nos regimes golpistas, é considerada inútil.

Quanto à indústria fonográfica brasileira da década de 70, ela era marcada pela presença constante dos tropicalistas de sempre, cada vez mais de acordo com a música pop transmitida nas rádios, e o discutível rock brasileiro, levado adiante pela juventude burguesa. Em termos técnicos, devido à deficiência dos estúdios, havia a padronização dos timbres nas gravações; em termos estéticos e educativos, verifica-se a degradação do gosto em apenas poucos estilos musicais, como o domínio de canções no repertório brasileiro – a MPB –, em detrimento, entre outras, das músicas erudita e instrumental feitas no Brasil.

Naquele cenário desastroso, não existia campo para os músicos instrumentais, a não ser a eterna solução de sair do Brasil, conforme acontecera a Edson Machado, Dom Um Romão, Airto Moreira, Flora Purim, Eumir Deodato, Raul de Souza. Todavia, nos dias 26 e 27 de setembro de 1979, foi gravado e mixado, no estúdio Vice Versa B, o primeiro álbum do Grupo UM, “Marcha sobre a cidade”, um dos primeiros álbuns daquela que ficou conhecida como Música Independente.

Posteriormente, houve artistas da MPB participando do movimento, que, no entanto, permanece com ênfase na música instrumental. Para lembrar apenas alguns exemplos, vale a pena citar estes álbuns: em 1980 (1) “A Divina Increnca”, grupo formado pelos músicos Felix Wagner, Azael Rodrigues e Rodolfo Stroeter; (2) “Farrapos”, do vibrafonista Jota Moraes; (3) “Frevo de Índio”, do guitarrista Celso Mendes; (4) “Mistérios da Amazônia”, do violonista Carioca e do grupo vocal Devas; em 1981 (5) “Reflexões sobre a Crise do Desejo”, o segundo álbum do Grupo UM; (6) “Considerações a Respeito”, do baterista Pascoal Meirelles; em 1982 (7) “Viagem através de um Sonho”, do saxofonista Nivaldo Ornelas; (8) “Luar do Sertão”, outro álbum do Carioca; em 1983, (9) “Conversa de Cordas, Couros, Palhetas e Metais”, do Francisco Mário (o outro irmão do Henfil); (10) “Tambá”, outro álbum do Pascoal Meirelles.

Todos esses álbuns são produções dos próprios artistas, contudo, na época, surgiram algumas gravadoras especializadas em Música Independente. Merecem destaque, pelo menos, estas três:

(I) A gravadora Lira Paulistana, responsável pela produção de: em 1981, (11) “Aurora Vermelha”, do guitarrista Fredera; em 1982, (12) “Alquimia”, grupo formado por André Dequech, Mauro Senise, Robertinho Silva e Zeca Assumpção; (13) “Imagens do Inconsciente”, do grupo Pé ante pé; (14) “A Flor de Plástico Incinerada”, o terceiro álbum do Grupo UM; (15) “Lágrima e Sunsolide Suite” do pianista Lelo Nazario; (16) “Poema da Gota Serena”, do baterista Zé Eduardo Nazário; (17) “Ciranda”, outro trabalho do Carioca;

(II) a gravadora Carmo, uma iniciativa do compositor Egberto Gismonti, responsável pela produção de: em 1982, (18) “… entre duas palavras …” do violonista André Geraissati; em 1983, (19) “Violão”, do também violonista Nando Carneiro; em 1984 (20) “7 dias 7 instrumentos”, do Carioca; (21) “Bateria”, do baterista Robertinho Silva;

(III) a gravadora Som da Gente, responsável pela produção de: em 1981, (22) “Mantiqueira”, do pianista Nelson Ayres; (23) “D’Alma”, dos violonistas Ulisses Rocha, André Geraissati e Rui Saleme; (24) “Medusa”, grupo formado Amilson Godoy, Chico Medori, Claudio Bertrami e Heraldo do Monte; em 1982, (25) “Cordas Vivas”, do guitarrista Heraldo do Monte; (26) “Hermeto Pascoal e Grupo”; em 1984, (27) “Lagoa da Canoa Município de Arapiraca”; em 1986, (28) “Brasil Universo”; em 1987, (29) “Só Não Toca Quem Não Quer”; em 1988, (30) “Por Diferentes Caminhos” – os cinco últimos trabalhos, todos do Hermeto Pascoal –.

Infelizmente, poucos artistas da Música Independente se notabilizaram; apenas aqueles que já mantinham elos com a MPB são reconhecidos como a dita Vanguarda Paulistana. O álbum “Clara Crocodilo”, de Arrigo Barnabé, é de 1980; “Beleléu leléu eu, Isca de Polícia”, de Itamar Assumpção, é de 1980; “Premê”, do grupo Premeditando o Breque, e “Rumo”, do grupo Rumo, são de 1981; “Pássaros na Garganta”, da Tetê Espindola, é de 1982. Todos esses trabalhos são posteriores ao “Marcha sobre a Cidade” e, em termos de vanguarda, aquém do que fazia, em termos musicais, o Grupo UM.

A suposta Vanguarda Paulistana não é formada apenas por artistas da cidade de São Paulo, ela recebe esse nome porque aconteceu nessa cidade. Desses artistas: (1) o segundo álbum de Arrigo Barnabé, “Tubarões Voadores”, de 1984, foi gravado pela Ariola Records, uma gravadora da cultura de massas, com a participação de artistas comerciais, como Rita Lee; (2) desvinculada da performance de palco, as composições de Itamar Assumpção não se sustentam apenas enquanto canção; (3) depois do primeiro álbum, a banda Premeditando o Breque entrou em franca decadência, cedendo cada vez mais às pressões do mercado fonográfico; (4) o segundo álbum do grupo Rumo, “Rumo aos Antigos”, de 1982, é uma retomada de velhíssimas canções da MPB, nada a ver com vanguardas ou propostas vindas para modificar os caminhos da música brasileira; (5) Tetê Espindola, que já gravava música sertaneja no álbum de 1982, tornou-se cantora pop com o sucesso comercial de “Escrito nas Estrelas”, uma canção de 1996.

Retomando os trabalhos do Grupo UM, enquanto boa parte da música instrumental seguia inspirada pelas inovações da Bossa Nova e as propostas de Hermeto Pascoal, Egberto Gismonti e Wagner Tiso, o Grupo UM, assim como a Divina Increnca, sem desprezar essas influências, mas antes valendo-se delas, seguiu por caminhos que permanecem inovadores 38 anos depois. Contrariamente ao que se deu com as supostas vanguardas paulistanas, o Grupo UM sempre se renovou em seus trabalhos: (1) seu segundo álbum, “Reflexões sobre a Crise do Desejo”, dialoga com o jazz e a música erudita contemporâneos – até hoje, é o único grupo brasileiro a dialogar com a música eletroacústica, improvisando sobre bandas magnéticas e a executar peças com piano preparado, semelhantemente a John Cage –; (2) o terceiro álbum, “A Flor de Plástico Incinerada”, é uma síntese perfeita de música brasileira, jazz e música eletroacústica.

No final do século passado, cada um de seus integrantes seguiu por carreiras solo, sempre com trabalhos independentes e distantes das tradições conservadoras e reacionárias da música comercial. O mais recente trabalho do Grupo UM, “Uma Lenda ao Vivo”, é uma produção do SESC, e faz parte da série Jazz na Fábrica, juntamente com os trabalhos de Anthony Braxton, Roscoe Mitchell e William Parker, em suas apresentações no Brasil. Não são novas composições, o concerto é uma celebração de quase 40 anos de trabalho daquele que é o melhor grupo da Música Instrumental Brasileira.

Imagemhttps://www.causaoperaria.org.br/rede/d ... no-brasil/
O Chapolin é um herói latino-americano lutando contra as forças imperialistas (Super Sam, Batman, Superman). Ele sempre foi vermelho.

Chaves é sobre a luta de classes. Burguesia (Seu Barriga, Nhonho), Pequeno-burguesia (Dona Florinda, Girafales, Quico) e Classe Operária (Chaves, Seu Madruga, Chiquinha).E você, de que lado está?

''Pacifismo é a pregação para os coitados do mundo de que eles devem apanhar calados.''
RUI COSTA PIMENTA

Avatar do usuário
Rondamon
Membro
Membro
Mensagens: 5982
Registrado em: 30 Jul 2012, 11:48
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: São Paulo
Localização: Caieiras, SP
Curtiu: 326 vezes
Curtiram: 232 vezes

Música ♫

Mensagem por Rondamon » 08 Mai 2022, 11:50


Imagem

Aleksandro, da dupla com Conrado, morre em acidente de ônibus em SP; outros 5 morreram - https://g1.globo.com/sp/santos-regiao/n ... todo.ghtml
Há 9 anos no Fórum Chaves! :vitoria:

Avatar do usuário
Chapolin Gremista
Membro
Membro
Mensagens: 4443
Registrado em: 03 Fev 2009, 00:22
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Grêmio
Localização: Viamão - RS
Curtiu: 167 vezes
Curtiram: 90 vezes

Música ♫

Mensagem por Chapolin Gremista » 08 Mai 2022, 16:39

O Chapolin é um herói latino-americano lutando contra as forças imperialistas (Super Sam, Batman, Superman). Ele sempre foi vermelho.

Chaves é sobre a luta de classes. Burguesia (Seu Barriga, Nhonho), Pequeno-burguesia (Dona Florinda, Girafales, Quico) e Classe Operária (Chaves, Seu Madruga, Chiquinha).E você, de que lado está?

''Pacifismo é a pregação para os coitados do mundo de que eles devem apanhar calados.''
RUI COSTA PIMENTA

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Música ♫

Mensagem por E.R » 08 Mai 2022, 21:10

NOTÍCIAS
https://blogs.oglobo.globo.com/lauro-ja ... -1970.html

A discografia de Erasmo Carlos vai ser encorpada com uma caixa contendo registros inéditos de três apresentações feitas pelo artista nos anos 70, sua fase mais reverenciada.

O selo Discobertas, de Marcelo Froes, lança no segundo semestre (também nos streamings) um conjunto de três CDs com shows realizados naquela década, cada qual com um repertório diferente.

O primeiro disco recupera um show do Projeto Salva Terra apresentado em São Paulo em 1975, no qual Erasmo Carlos canta o seu hit da época, "Sou uma criança, não entendo nada", e também o já então clássico "É proibido fumar".

Há também um espetáculo no MAM/RJ, de 1977, em que o artista vai de "Filho único" a "Festa de arromba".

O box fecha com uma performance do artista na boate carioca Biblos, em 1979, onde canta um alentado medley de músicas da Jovem Guarda e também músicas que havia acabado de lançar, como "Panorama ecológico".
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
Homessa
Membro
Membro
Mensagens: 20794
Registrado em: 24 Mar 2014, 19:00
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Botafogo
Localização: Rio de Janeiro-RJ
Curtiu: 171 vezes
Curtiram: 1473 vezes

Música ♫

Mensagem por Homessa » 08 Mai 2022, 21:14

Rondamon escreveu:
08 Mai 2022, 11:50

Imagem

Aleksandro, da dupla com Conrado, morre em acidente de ônibus em SP; outros 5 morreram - https://g1.globo.com/sp/santos-regiao/n ... todo.ghtml
Nem conhecia a dupla.

Lamentável
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Música ♫

Mensagem por E.R » 14 Mai 2022, 20:39

NOTÍCIAS
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
Chapolin Gremista
Membro
Membro
Mensagens: 4443
Registrado em: 03 Fev 2009, 00:22
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Grêmio
Localização: Viamão - RS
Curtiu: 167 vezes
Curtiram: 90 vezes

Música ♫

Mensagem por Chapolin Gremista » 15 Mai 2022, 06:53

O Chapolin é um herói latino-americano lutando contra as forças imperialistas (Super Sam, Batman, Superman). Ele sempre foi vermelho.

Chaves é sobre a luta de classes. Burguesia (Seu Barriga, Nhonho), Pequeno-burguesia (Dona Florinda, Girafales, Quico) e Classe Operária (Chaves, Seu Madruga, Chiquinha).E você, de que lado está?

''Pacifismo é a pregação para os coitados do mundo de que eles devem apanhar calados.''
RUI COSTA PIMENTA

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Música ♫

Mensagem por E.R » 15 Mai 2022, 20:34

NOTÍCIAS
https://blogs.oglobo.globo.com/lauro-ja ... -anos.html

Nos últimos três anos, 2,2 trilhões de faixas musicais foram tocadas por meio dos serviços de streaming no Brasil, segundo dados inéditos do relatório anual do Ecad, que será divulgado nos próximos dias.

O mesmo estudo mostra que, nas rádios, foram 500 mil execuções em todo o país em 2021. As canções mais tocadas foram "Facas", "Batom de cereja" e "Foi pá pum", todas sertanejas.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Música ♫

Mensagem por E.R » 17 Mai 2022, 21:16

NOTÍCIAS
Imagem
Imagem

Responder