Conta de luz, falta de água e racionamento de energia

Espaço para debates sobre assuntos que não sejam relacionados a Chespirito, como cinema, política, atualidades, música, cotidiano, games, tecnologias, etc.
João Neto (Eng. Camin)
Membro
Membro
Mensagens: 1678
Registrado em: 27 Mar 2012, 21:48
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Esporte Clube Bahia
Curtiu: 39 vezes
Curtiram: 54 vezes

Falta de água, conta de luz e racionamento de energia

Mensagem por João Neto (Eng. Camin) » 17 Out 2021, 16:00

E.R escreveu:
15 Out 2021, 01:52
NOTÍCIAS
— Meu bom Deus nos ajudou agora com chuva. Estávamos na iminência de um colapso. Dói a gente autorizar o ministro Bento, das Minas e Energia : "decreta bandeira vermelha". Dói no coração. Vou determinar que ele volte a bandeira normal a partir do mês que vem — disse Jair Bolsonaro, durante um evento evangélico em Brasília.
Com "bandeira normal" ele quer dizer o quê? kkkkkk

Se houver redução, provavelmente será da "bandeira de escassez hídrica" para a "bandeira vermelha patamar 2" (que era a mais alta de todas, antes da crise atual).

E isso não cabe ao presidente determinar. A ANEEL é quem vai calcular quanto está custando a geração do KWh, após aumento da produção das hidrelétricas, e ajustar a bandeira se for o caso.

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Falta de água, conta de luz e racionamento de energia

Mensagem por E.R » 19 Nov 2021, 06:07

NOTÍCIAS
https://oglobo.globo.com/rio/verao-dest ... o-25281602

Em reunião com jornalistas, na tarde da última quarta-feira, o diretor superintendente da Águas do Rio, Cleyson Jacomini, afirmou que o incidente com geosmina na água fornecida ao estado pela Cedae ainda é esperado para este ano de 2021.

Segundo Cleyson Jacomini, não vai dar tempo de resolver esta situação até este verão, que começa no dia 21 de dezembro. A expectativa é de que isso seja normalizado para o verão de 2023.

A geosmina é um composto orgânico causado por cianobactérias que se alimentam do esgoto presente na água. Ela altera o cheiro, o gosto e até a cor da água fornecida para consumo.

Municípios como Nova Iguaçu e Japeri despejam esgoto nos afluentes do Rio Guandu, principal fonte de abastecimento da Região Metropolitana.

A Águas do Rio é responsável pela distribuição da água e pela coleta e tratamento de esgoto. A produção e tratamento da água é responsabilidade da Cedae.

A Cedae anunciou que vai fazer a manutenção preventiva do Sistema Guandu visando o verão, no próximo dia 25 de novembro, das 8h às 20h. A ação inclui limpeza das estruturas, inspeção das instalações e substituição de válvulas e registros. Para isso, o sistema será desligado durante essas 12 horas e o fornecimento de água será interrompido nas cidades do Rio de Janeiro, Duque de Caxias, São João de Meriti, Nova Iguaçu, Mesquita, Nilópolis e Belford Roxo.

A Cedae anunciou ainda que o abastecimento vai ser retomado logo após o fim da manutenção, mas que em alguns pontos das cidades pode levar até 72 horas para normalizar o fornecimento de água.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Falta de água, conta de luz e racionamento de energia

Mensagem por E.R » 06 Abr 2022, 20:21

NOTÍCIAS
https://valorinveste.globo.com/mercados ... erno.ghtml

O governo federal anunciou nesta quarta-feira que todos os consumidores brasileiros estarão enquadrados na bandeira verde, nível em que as condições de geração de energia estão favoráveis e em que as tarifas não sofrem nenhum acréscimo, a partir do próximo dia 16.

É prevista uma redução de 20% nas contas de luz.
Respondendo o questionamento acima, a bandeira normal é a bandeira verde.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
Barbano
Administrador
Administrador
Mensagens: 42864
Registrado em: 28 Jan 2009, 13:29
Time de Futebol: São Paulo
Localização: São Carlos (SP)
Curtiu: 1543 vezes
Curtiram: 3191 vezes

Falta de água, conta de luz e racionamento de energia

Mensagem por Barbano » 13 Abr 2022, 10:41

Redução de 20% nas contas de luz. Que lindo.

Na prática:

https://www.gov.br/aneel/pt-br/assuntos ... l-paulista
https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/ ... -rio.ghtml

Povo vai nem sentir a redução, já que os reajustes tarifários foram quase no mesmo patamar.

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Falta de água, conta de luz e racionamento de energia

Mensagem por E.R » 06 Mai 2022, 11:47

Mas aí a culpa é da Light e da Aneel.

-
NOTÍCIAS
COLUNA DO ESTADÃO - O ESTADO DE S.PAULO

Parlamentares querem que a Agência Nacional de Energia Elétrica dê explicações por conta do reajuste das contas de luz.

A agência deu sinal verde a aumentos próximos a 25%, como no Ceará, e agora deputados falam até em criar uma CPI para investigar esses números.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, recomendou a deputados que procurem a agência, que por sua vez prometeu detalhar o cálculo usado para autorizar os aumentos. “Há um apetite enorme na Câmara para resolver o problema”, diz Danilo Forte (União Brasil), autor do decreto legislativo que susta os reajustes e que teve 411 votos favoráveis a uma tramitação acelerada.

A diretora da Aneel, Elisa Bastos foi convocada para dar explicações na Comissão de Energia, na próxima quinta. 
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
Chapolin Gremista
Membro
Membro
Mensagens: 4443
Registrado em: 03 Fev 2009, 00:22
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Grêmio
Localização: Viamão - RS
Curtiu: 167 vezes
Curtiram: 90 vezes

Falta de água, conta de luz e racionamento de energia

Mensagem por Chapolin Gremista » 11 Mai 2022, 15:43

Crime de lesa-pátria
Golpistas prometem privatizar Eletrobras até julho
Declaração foi feita pelo ministro de Minas e Energia do governo Bolsonaro

Imagem
Trabalhadores de Furnas em greve contra a privatização em 2021 – Foto: Reprodução – Brasil de Fato

O atual governo de extrema-direita pretende privatizar a Eletrobras ainda este ano. A princípio tentou vender ações até 13 de maio, mas com a suspensão do julgamento, por vinte dias, da segunda etapa do processo de privatização pelo Tribunal de Contas da União (TCU), o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, diz querer privatizar até julho deste ano, colocando as ações da empresa à venda.

O atraso nos planos de Bento Albuquerque implica em que agora será necessário incluir os resultados financeiros do primeiro trimestre deste ano. Anteriormente eram considerados os resultados até 31 de dezembro de 2021.

O cinismo do ministro é estarrecedor, se refere à privatização como “capitalização da empresa”, ficando parecendo que está aumentando o capital da empresa, quando na verdade vai entregar aos acionistas os dividendos, frutos dos lucros da empresa estatal para os acionistas privados.

Enquanto o povo brasileiro, proprietário das estatais, fica com os riscos do negócio, os custos se elevam diariamente pelos aumentos do dólar, da inflação e da manutenção da empresa, os acionistas privados e monopolistas ficam com a fatia gorda dos lucros. Quem perde é sempre o povo trabalhador e quem ganha são os investidores estrangeiros monopolistas e imperialistas.

As privatizações começaram no governo do FHC nos anos 80, e o que se sabe disso como resultado é que as empresas são entregues a preço de banana e com financiamento pelo BNDES a juros módicos para essas operações.

Os monopólios imperialistas compram por preço simbólico, negócio de pai para filho, e obtêm lucros exorbitantes, como é o caso da CSN, que lucra bilhões e não quer pagar salários justos para os trabalhadores que estão em greve e sofrendo demissões por isso.

Esses trabalhadores merecem nosso respeito, lutam por melhores salários, condições seguras para trabalhar e receber participação nos lucros, e merecem isso, se a CSN entrega aos acionistas parte dos lucros, por quê não pagar para quem produz os lucros? Esse exemplo deveria ser seguido por todos os trabalhadores do Brasil.

As privatizações são um verdadeiro crime contra o povo, as empresas são entregues aos exploradores internacionais como os EUA e a União Europeia, que são os maiores escravocratas atuais do planeta. Quem se recusa a entregar suas riquezas a eles, promovem golpes de estado, matam lideranças opositoras e recorrem à invasão pela força das armas nos países contrários à invasão imperialista.

Recentemente a Rússia para se defender dos ataques imperialistas precisou promover a desnazificação da Ucrânia, que está servindo de trampolim para as ações da Otan, que é o braço armado do imperialismo capitaneado pelos EUA, e assim evitar de entregar as riquezas russas aos imperialistas anglo-saxões e europeus, como o petróleo, gás e minérios.

Como o sistema capitalista de produção está em franca bancarrota histórica, a disputa por mercados, matérias primas para a indústria, e mercados para receber créditos do sistema financeiro mundial monopolista torna a disputa extremamente cruel e desumana. É olho por olho e dente por dente, e essa é a natureza do capital, o que importa são os lucros e a população que se vire com o que sobrar se sobrar alguma coisa.

Essa política de privatizações não é propriamente do atual governo do Bolsonaro, trata-se de uma política de conjunto da direita golpista e que esse governo representa ao menos em parte isso. Lembremos que ele diverge da direita no que pode, mas no final das contas prevalece sempre a vontade da direita golpista e imperialista. Os monopólios são uma força gigantesca que raros podem enfrentar. Só quem pode fazer e com alguma facilidade é a classe operária, por ser em números muito superior à burguesia monopolista que é apenas a ponta da pirâmide. A base é bem maior que a parte deles.

Ela tem por objetivo entregar as riquezas do país ao capital estrangeiro monopolista, para que o processo de acumulação siga em franco crescimento. Como estamos diante de uma crise histórica do capitalismo, o processo de acumulação fica reduzido, necessitando de intervenções mais agressivas nos países de desenvolvimento atrasado.

A agressividade não tem limites, pode ocorrer por golpes de estado, assassinato de lideranças que se opõe à agressão, e por fim pela invasão territorial se outras formas não tiverem resultado. Basto observar o que aconteceu e está acontecendo em todo mundo. Na Bolívia, no Equador, no Chile, na Argentina, na Síria, no Líbano, Afeganistão que depois de 20 anos de invasão o Talibã conseguiu expulsar os EUA de maneira vergonhosa para os invasores.

E a lista segue em quantidades enormes de opressão, escravização dos trabalhadores que recebem cada vez menores salários, perdem direitos sociais, previdenciários e toda sorte de perdas, como mesmo nos EUA, Inglaterra, França por exemplo, que o número de moradores de rua são assustadores, parece que nem na crise de 1929 foi tão grande a miséria que a classe trabalhadora passou.

É por isso que os trabalhadores não têm outra opção. Precisa se organizar em conselhos populares nos bairros, nas empresas e escolas, estabelecer um plano de reivindicações e ir às ruas lutar por eles. Essa luta é contra o estado burguês e capitalista que visa o lucro das empresas e gera com isso níveis de miséria e empobrecimento jamais vistos na classe trabalhadora. A luta é contra as privatizações, da Eletrobras, Petrobras e demais estatais. Por melhores salários e direitos sociais e políticos e principalmente pela extinção do estado burguês e por um governo operário.

https://www.causaoperaria.org.br/rede/d ... ate-julho/
O Chapolin é um herói latino-americano lutando contra as forças imperialistas (Super Sam, Batman, Superman). Ele sempre foi vermelho.

Chaves é sobre a luta de classes. Burguesia (Seu Barriga, Nhonho), Pequeno-burguesia (Dona Florinda, Girafales, Quico) e Classe Operária (Chaves, Seu Madruga, Chiquinha).E você, de que lado está?

''Pacifismo é a pregação para os coitados do mundo de que eles devem apanhar calados.''
RUI COSTA PIMENTA

Avatar do usuário
Chapolin Gremista
Membro
Membro
Mensagens: 4443
Registrado em: 03 Fev 2009, 00:22
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Grêmio
Localização: Viamão - RS
Curtiu: 167 vezes
Curtiram: 90 vezes

Falta de água, conta de luz e racionamento de energia

Mensagem por Chapolin Gremista » 17 Mai 2022, 01:09

Explosão de Preço
Aumento da luz é fruto da privatização e ataca a população
Aumento na conta de luz é um ataque direto ao bolso dos trabalhadores. A tentativa de privatizar a Eletrobrás vai piorar o quadro.

ImagemBurguesia golpista ainda quer entregar a Eletrobras – Foto: Reprodução

Com toda a crise social em ascensão, a burguesia brasileira não dá sinais de que irá diminuir o sofrimento da população brasileira, pelo contrário, irá intensificar. Mesmo diante de um momento de pós-pandemia, com retração na economia, salários defasados, os reajustes da conta de energia, que elevam a inflação, serão de 12%, 4 pontos percentuais a mais em relação ao reajuste do ano passado, que foi de 8%.

Os cálculos feitos pela TR Soluções, que é uma empresa especializada em tarifas, não levaram em conta a bandeira tarifária e nem os abusivos impostos inclusos no valor final da conta. Os moradores do Nordeste, uma das regiões com maiores problemas socioeconômicos no país, serão os maiores prejudicados, pois na região a tarifa residencial ficará 17% mais alta, dez pontos percentuais a mais que a taxa do ano anterior.

As distribuidoras que irão impor as maiores taxas aos nordestinos são a Neoenergia Cosern, do Rio Grande do Norte, com 20%, e a Coelba, na Bahia, com 21%. A recordista está no Ceará, com a Enel Ceará, com alta de 24%, aumento que já provocou uma reação no Congresso que estimulou deputados e governo a refletirem sobre como reduzir os preços e mudar essa estrutura energética no país.

O deputado Domingos Neto (PSD-CE) propôs um Projeto de Decreto Legislativo (PDL) para suspender o reajuste de energia no Ceará. Conseguiu aprovar com 410 votos a favor e 11 contra. Arthur Lira (PP), Presidente da Câmara, disse que o projeto poderia incluir outros estados da federação. Todos estão sofrendo com as altas taxas.

Como de costume, os parasitas de plantão do setor energético gritaram. Alegaram quebra de contrato, elevação do risco Brasil e afastamento dos investidores, a mesma desculpa para implantar a barbárie neoliberal.

O relator do decreto legislativo, deputado Vaidon Oliveira (União-CE), disse que “Se a gente levar a plenário, o PDL passa, porque ninguém vai ter coragem de votar contra no meio dessa crise e em um ano eleitoral”.

A expectativa é que deputados de outras regiões também se sensibilizem e abracem essa proposta de impedir novos aumentos.

No dia 12 de maio houve uma audiência pública na Comissão de Minas e Energia da Câmara para debater as soluções estruturais.

A questão energética no Brasil, cujos preços abusivos atacam principalmente a população carente que ganha um salário mínimo defasado, é fruto da privatização do setor das distribuidoras, que repassam esses altos valores implacavelmente. Para piorar a situação, o governo do fascista Jair Bolsonaro(PL) sinaliza que deseja privatizar a Eletrobras, estatal nacional criada em 1962, e que registrou em 2021 um lucro líquido de R$5,7 bilhões.

O novo ministro de Minas e Energia do governo Bolsonaro, Adolfo Sachsida, já solicitou estudos técnicos para entregar aos parasitas do capital financeiro internacional a empresa nacional. O ministro entreguista também deseja entregar a Petrobras.

“Espero que, no período mais rápido de tempo possível, nós tenhamos essa resolução pronta e levamos para o presidente da República, presidente Jair Bolsonaro, assinar esse decreto e começar esse processo aguardado pelo povo brasileiro”, disse Sachsida, num cinismo revoltante, pois o povo brasileiro não quer privatização alguma de suas riquezas nacionais.

É preciso continuar desmascarando esses traidores da pátria, os únicos responsáveis pelos aumentos de taxas e pela inflação galopante, cujas consequências são fome e desemprego para o povo brasileiro.

Para derrotar essa política entreguista implantada pelos golpistas de 2016, e mantida por Bolsonaro, é preciso eleger Lula, assegurar sua posse e apoiar seu governo, conduzindo-o o mais próximo possível de um governo dos trabalhadores, que reestatize todas as empresas privatizadas e ponha fim à reforma trabalhista e previdenciária aprovadas por todos esses golpistas da direita e extrema-direita.

https://www.causaoperaria.org.br/rede/d ... populacao/
O Chapolin é um herói latino-americano lutando contra as forças imperialistas (Super Sam, Batman, Superman). Ele sempre foi vermelho.

Chaves é sobre a luta de classes. Burguesia (Seu Barriga, Nhonho), Pequeno-burguesia (Dona Florinda, Girafales, Quico) e Classe Operária (Chaves, Seu Madruga, Chiquinha).E você, de que lado está?

''Pacifismo é a pregação para os coitados do mundo de que eles devem apanhar calados.''
RUI COSTA PIMENTA

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Falta de água, conta de luz e racionamento de energia

Mensagem por E.R » 17 Mai 2022, 17:55

NOTÍCIAS
https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2 ... reco.shtml

Já se cogita colocar em discussão um projeto de Paulo Ganime (Novo) que propõe tirar da conta de luz e transferir para o Orçamento a CDE (Conta de Desenvolvimento Energético).

Esse fundo setorial foi criado em 2002, para bancar políticas públicas na área de energia e abriga benesses criadas pelo próprio Congresso.

"Tem muita coisa na conta de energia que não deveria estar lá", afirma o diretor-presidente da consultoria PSR, Luiz Augusto Barroso, que também comandou a EPE (Empresa de Pesquisa Energética), vinculada ao Ministério de Minas e Energia.

A CDE banca energias ultrapassadas. É o caso das térmicas a carvão e das usinas de óleo combustível instaladas em áreas que não estão ligadas ao sistema nacional.

A CDE também dá subsídio a quem não precisa. Na lista estão descontos para área rural, que incluem ajudar na conta de irrigação de grandes produtores e exportadores de grãos, e dos parques de energia renovável, que já se tornaram negócios estabelecidos e não precisam de ajuda financeira.

"A CDE é um amontoado de políticas públicas, sobre o qual até se cobram impostos, elevando ainda mais um custo que já se mostra insustentável", diz o diretor de Energia Elétrica na Abrace, que representa grandes consumidores, Victor Iocca.

Neste ano, está distribuindo R$ 32 bilhões em subsídios, 34% mais que no ano passado. Cerca de R$ 30 bilhões são pagos pelo consumidor final. "Para se ter uma ideia do que é isso, o valor equivale a 10% de todo o faturamento do setor", diz ele.

Segundo a própria Aneel, a CDE elevou a conta de luz do Brasil em 3,4% neste ano.

Durante a audiência na Comissão de Minas e Energia da Câmara, foi defendido que os estados avaliem reduzir o ICMS na conta de luz.

Segundo o superintendente de Gestão Tarifária da Aneel, Davi Antunes Lima, o ICMS responde por 21% da tarifa total. "Uma flexibilização da alíquota poderia reduzir o custo ao consumidor em até 5%", disse Davi Antunes Lima.

O Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) protocolou denúncia no TCU (Tribunal de Contas da União) para pedir a suspensão do contrato das 14 térmicas a gás selecionadas por um sistema emergencial, a preços elevados, durante a seca em 2021. Pelas estimativas, elas vão elevar a conta de luz em 4,5%. Pelo contrato, devem operar de 2022 a 2025 para atender a demanda do Sudeste, Centro-Oeste e Sul, a custo estimado de cerca de R$ 40 bilhões.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Falta de água, conta de luz e racionamento de energia

Mensagem por E.R » 18 Mai 2022, 18:47

Vão ter que fazer um projeto de lei no Congresso para rever cada tributo e imposto que é cobrado na conta de luz para deixar somente os impostos e tributos realmente necessários e tirar os subsídios a quem não precisa mais.

--
NOTÍCIAS
https://www.gazetadopovo.com.br/economi ... -reajuste/

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), afirmou nesta quarta-feira que espera sensibilidade por parte da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e das distribuidoras para a redução das tarifas de energia elétrica no país.

Arthur Lira esteve reunido durante a manhã com o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, para debater o aumento das contas de luz e o projeto legislativo que suspende o reajuste tarifário anual de 2022.

“Tivemos uma reunião bastante produtiva, onde o ministro Adolfo Sachsida saiu daqui com a incumbência de se reunir com as distribuidoras, com a Aneel e com os parlamentares para discutir uma saída equilibrada que possa, a partir desse momento, ter o encaminhamento de solução para diminuição desse repasse”, declarou Arthur Lira.

Para o presidente da Câmara, a busca por uma solução deve ser rápida. “Esperamos uma resposta num prazo bastante curto para que a Câmara possa discutir dentro do Congresso Nacional, na pauta do Plenário, ou não, a solução para esse problema, que eu espero que venha da sensibilidade da Aneel e das distribuidoras que fazem das concessões, nesse momento do Brasil", afirmou Arthur Lira. “Esperamos ao final do dia, depois de algumas reuniões, possamos ter um encaminhamento das discussões que acontecerão nas comissões temáticas da Casa".
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
Chapolin Gremista
Membro
Membro
Mensagens: 4443
Registrado em: 03 Fev 2009, 00:22
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Grêmio
Localização: Viamão - RS
Curtiu: 167 vezes
Curtiram: 90 vezes

Falta de água, conta de luz e racionamento de energia

Mensagem por Chapolin Gremista » 19 Mai 2022, 01:20

O Chapolin é um herói latino-americano lutando contra as forças imperialistas (Super Sam, Batman, Superman). Ele sempre foi vermelho.

Chaves é sobre a luta de classes. Burguesia (Seu Barriga, Nhonho), Pequeno-burguesia (Dona Florinda, Girafales, Quico) e Classe Operária (Chaves, Seu Madruga, Chiquinha).E você, de que lado está?

''Pacifismo é a pregação para os coitados do mundo de que eles devem apanhar calados.''
RUI COSTA PIMENTA

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Falta de água, conta de luz e racionamento de energia

Mensagem por E.R » 21 Mai 2022, 01:04

NOTÍCIAS
https://economia.estadao.com.br/noticia ... 0004070686

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (Progressistas-AL) anunciou que vai pautar na próxima semana um Projeto de Lei Complementar (PLP) que estabelece alíquota máxima de 17% no ICMS sobre energia, combustíveis, telecomunicações e transportes.

“Nós veremos, num debate altivo, a participação tanto da Câmara como do Senado, envolver os outros Poderes, para que a gente desonere, diminua os impostos sobre esses setores que se tornarão essenciais emendando uma lei de 1966, aí nós vamos ter a real clareza de quem quer diminuir o preço de combustível, de energia, de transporte e de telecomunicação no Brasil”, afirmou.

Segundo o presidente da Câmara, o projeto será discutido na próxima terça-feira em reuniões com lideranças da base governista e da oposição.

A urgência para a tramitação da proposta, de autoria do deputado Danilo Forte (União Brasil-CE), foi aprovada na noite de ontem.

O projeto, que define a energia elétrica e os combustíveis como bens essenciais, foi discutido ontem em uma reunião na residência oficial do presidente da Câmara da qual participou o ministro de Minas e Energia (MME), Adolfo Sachsida.

O novo titular do MME tem sido pressionado, numa espécie de “levante” do Congresso contra os aumentos de preços.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Conta de luz, falta de água e racionamento de energia

Mensagem por E.R » 26 Mai 2022, 10:31

NOTÍCIAS
https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2 ... -luz.shtml

A destinação de R$ 5 bilhões da privatização da Eletrobras para um fundo setorial pode reduzir a alta das tarifas de energia elétrica em 2022 em até três pontos percentuais para o consumidor residencial, mas o reajuste médio ainda deve ser elevado, na casa de dois dígitos, apontam cálculos de especialistas.

O aporte de recursos da Eletrobras para modicidade tarifária passou a ser considerado mais concretamente pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Conta de luz, falta de água e racionamento de energia

Mensagem por E.R » 02 Jun 2022, 08:57

NOTÍCIAS
https://www.gazetadopovo.com.br/economi ... -creditos/

O Senado aprovou um projeto de lei que pretende reduzir as tarifas da conta de luz através da devolução para os consumidores de tributos recolhidos a mais pelas distribuidoras de energia.

O texto prevê que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deve implementar a destinação dos créditos de PIS/Cofins que as empresas cobraram a mais de seus usuários, na forma de redução de tarifas, de acordo com critérios equitativos.

Agora, o PL 1.280/2022, do senador Fabio Garcia (União Brasil), será votado pela Câmara dos Deputados.

O autor do projeto explicou que, em 2017, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que o ICMS cobrado das distribuidoras de eletricidade não deve compor a base de cálculo do PIS/Cofins incidente sobre as tarifas. A decisão habilitou as distribuidoras a receber restituição bilionária da União.

No entendimento do autor da proposta, no entanto, esses valores não pertencem às empresas, mas aos consumidores, que pagaram pelos tributos incorporados à tarifa.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Conta de luz, falta de água e racionamento de energia

Mensagem por E.R » 07 Jun 2022, 22:28

NOTÍCIAS
https://valor.globo.com/brasil/noticia/ ... -luz.ghtml

A Câmara dos Deputados aprovou nessa terça-feira projeto que cria regras para que distribuidoras de energia repassem integralmente, aos consumidores, créditos tributários referentes à incidência indevida de PIS/Cofins na conta de luz.

O projeto busca destravar o uso de R$ 48 bilhões em créditos tributários decorrente de um processo judicial que se arrastou por 15 anos. O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu excluir o ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins, o que gerou para as distribuidoras de energia um saldo de R$ 60 bilhões pago a mais.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) diz que já utilizou R$ 12 bilhões para reduzir a tarifa nos últimos anos, mas que ainda há um estoque de R$ 48 bilhões aguardando o fim de outros processos judiciais. As distribuidoras, que ingressaram com a ação judicial, queriam ficar com parte dos créditos.

O projeto para regulamentar o uso desses créditos foi aprovado semana passada pelo Senado e nessa terça, pela Câmara, com apoio de todos os partidos.

A proposta diz que a Aneel deve decidir de ofício o repasse dos créditos aos consumidores no primeiro processo de definição tarifária após as decisões judiciais.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 96028
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 4239 vezes
Curtiram: 1630 vezes

Conta de luz, falta de água e racionamento de energia

Mensagem por E.R » 12 Jun 2022, 01:19

NOTÍCIAS
Imagem
Imagem

Responder