Fórum Portal Vídeos Guia de Episódios Sobre



Todos os horários são GMT - 3 horas


Portal Chespirito



Criar novo tópico Responder  [ 74 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Próximo
  Exibir página para impressão

Re: RODA VIVA • Programa de entrevistas da Cultura
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 24 Nov 2016, 17:07 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 30 Mar 2010, 23:47
Mensagens: 6918
Localização: Via Láctea
Curtiu: 665 vezes
Foi curtido: 460 vezes
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: São Paulo
Chico Buarque tá precisando de uma rola pra chupar. Encher o saco pra tirar a porra da música da abertura do programa só porque entrevistaram o Temer é a treva. Ditadura deve ter sido um tempo muito fudido pra esse cara terminar sendo considerado uma pessoa inteligente. Ele, Gil, Caetano... E manterem isso nos dias de hoje só faz mal pro país. Nós produzimos coisa melhor que esses caras em qualquer seara.

Erick Alessandro escreveu:
Uma das ideias mais idiotas da TV foi o Roda Viva, na ida e na volta dos reclames do plim-plim, colocar uma câmera rodopiando na cabeça dos entrevistados com eles no centro de um círculo e o cenário todo branco.

Parece uma privada. Tão dando descarga no convidado.

Conseguiram piorar!!! Agora no fim do programa eles botam um círculo MARROM com os créditos de encerramento por cima de onde fica o convidado.

Literalmente uma bosta.

_________________
Agente da Coroa a serviço da Rainha


Imagem

Ouça Don Cristóvão quero avisar que a tripulação está com fome!
E por que não comem?
Porque não há comida!
E por que não há comida?
Porque acabou!
E por que acabou?
Porque comeram!
E por que comeram?
Porque tinham fome!
Tá vendo, deveriam ter esperado!



Imagem

Imagem

Imagem

Dá licença, gente! Tô passando pelo tópico!!!


Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: RODA VIVA • Programa de entrevistas da Cultura
MensagemEnviado: 24 Nov 2016, 17:27 
Offline
Membro

Registrado em: 11 Fev 2013, 11:55
Mensagens: 5297
Curtiu: 1087 vezes
Foi curtido: 503 vezes
Programa CH: Chapolin
Erick Alessandro escreveu:
Chico Buarque tá precisando de uma rola pra chupar. Encher o saco pra tirar a porra da música da abertura do programa só porque entrevistaram o Temer é a treva. Ditadura deve ter sido um tempo muito fudido pra esse cara terminar sendo considerado uma pessoa inteligente. Ele, Gil, Caetano... E manterem isso nos dias de hoje só faz mal pro país. Nós produzimos coisa melhor que esses caras em qualquer seara.

Porra, artisticamente tanto o Chico quanto os outros dois são fodas, produziram coisas incríveis. Chico renovou a canção brasileira e Gilberto Gil contribuiu com uma infinidade de gêneros para a nossa música. Ideologia política ou o papel particular dos caras tá em outra instância, pode até serem uma bosta, mas eu acho que não colocaria o legado deles no fogo nem se os três se unissem para implantar uma ditadura petista no Brasil. (Ou não, mas você deve ter entendido o ponto)

O que eu quero destacar aqui é o valor de uma obra, um conceito que nem sempre está interligado aos direcionamentos de seu autor.

_________________
We're walking down the
Street of chance
Where the chance is always
Slim or none
And the intentions unjust

Baby there's nothing to see
I've already been
Down the street of chance


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: RODA VIVA • Programa de entrevistas da Cultura
MensagemEnviado: 24 Nov 2016, 18:06 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 30 Abr 2010, 16:00
Mensagens: 17651
Localização: Rio de Janeiro - RJ
Curtiu: 1145 vezes
Foi curtido: 602 vezes
Programa CH: Chapolin
Acho que o Chico não gostou de terem entrevistado o Temer, e sim da forma que a entrevista foi conduzida.

De qualquer forma, também achei desnecessário pedir pra tirar o tema. Mas a propriedade intelectual é dele, fazer o quê.

_________________
Trakt.tv | Last.fm

Moderador do TV de Segunda Mão (Novembro de 2010 / Novembro de 2013).
Moderador do Da Discussão Nasce a Luz! (Maio de 2014 / Novembro de 2014).
Moderador Global desde Novembro de 2014.
No Meio CH desde 2010.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: RODA VIVA • Programa de entrevistas da Cultura
MensagemEnviado: 24 Nov 2016, 18:41 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 21 Out 2014, 18:50
Mensagens: 6105
Localização: São Paulo - SP
Curtiu: 361 vezes
Foi curtido: 642 vezes
Programa CH: Chapolin
Cagaram legal. Chega uma hora que os créditos ficam de ponta cabeça, além de ficar rodopiando. Antes era bem melhor, tradicional. E não sei qual o problema da câmera rodopiar o estúdio. É a identidade do programa, não tem nada demais.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: RODA VIVA • Programa de entrevistas da Cultura
MensagemEnviado: 24 Nov 2016, 19:10 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 07 Fev 2009, 17:12
Mensagens: 3876
Curtiu: 62 vezes
Foi curtido: 209 vezes
Programa CH: Chaves
Antonio Gabriel escreveu:
Bem desnecessário ele tirar a música porque um presidente que provavelmente ele não apoia foi entrevisto, Ok a música é dele mais o que a música tem relacionado com a pessoa entrevista, nada só um tema musical.
Fez isso só pra se aparecer. Para que os coleguinhas vermelhos dele vejam como ele esta indignado.

_________________


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: RODA VIVA • Programa de entrevistas da Cultura
MensagemEnviado: 25 Nov 2016, 00:27 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 28 Jun 2013, 18:49
Mensagens: 5672
Localização: Centro de Atenção Integrada à Saúde Mental - Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo
Curtiu: 19 vezes
Foi curtido: 484 vezes
Programa CH: Chespirito
Time de Futebol: Ed Gein FC
Foda-se, que ele suma. Ninguém irá boicotar o Temer só pro bebê rouge não fazer birra. Sério que ele quer competir com o presidente e acha que as mídias pararão de entrevistá-lo só porque perderão músicas dele? Esperando o Chico boicotar a Globo golpista tbm e acabar desaparecendo de vez.

_________________
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: RODA VIVA • Programa de entrevistas da Cultura
MensagemEnviado: 25 Nov 2016, 03:16 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 30 Mar 2010, 23:47
Mensagens: 6918
Localização: Via Láctea
Curtiu: 665 vezes
Foi curtido: 460 vezes
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: São Paulo
Chambón escreveu:
Erick Alessandro escreveu:
Chico Buarque tá precisando de uma rola pra chupar. Encher o saco pra tirar a porra da música da abertura do programa só porque entrevistaram o Temer é a treva. Ditadura deve ter sido um tempo muito fudido pra esse cara terminar sendo considerado uma pessoa inteligente. Ele, Gil, Caetano... E manterem isso nos dias de hoje só faz mal pro país. Nós produzimos coisa melhor que esses caras em qualquer seara.

Porra, artisticamente tanto o Chico quanto os outros dois são fodas, produziram coisas incríveis. Chico renovou a canção brasileira e Gilberto Gil contribuiu com uma infinidade de gêneros para a nossa música. Ideologia política ou o papel particular dos caras tá em outra instância, pode até serem uma bosta, mas eu acho que não colocaria o legado deles no fogo nem se os três se unissem para implantar uma ditadura petista no Brasil. (Ou não, mas você deve ter entendido o ponto)

O que eu quero destacar aqui é o valor de uma obra, um conceito que nem sempre está interligado aos direcionamentos de seu autor.

Nem tô falando de ideologia, tô falando simplesmente de lógica. Vou dar um exemplo ilustrativo deste tóxico paradoxo mental que o Brasil vive que é considerar esses três patetas como gênios.

Subo neste palco, minha alma cheira a talco como bumbum de bebê.

Não há uma misera sequência lógica nas expressões. São apenas palavras aleatoriamente jogadas uma atrás da outra. A única coisa concreta que acontece é: uma pessoa subiu em um palco. Mas isso pode acontecer em zilhões de contextos possíveis. Pode ser um artista famoso se apresentando em um grande festival, pode ser o contra-regra que trabalha pra esse artista, pode ser uma jovem aluna apresentando seu artigo científico numa banca, pode ser um turista visitando qualquer lugar que tenha um palco (desde o anfiteatro de uma pequena escola na periferia até a Cidade do Rock). Enfim, pode ser qualquer coisa.

É um absurdo que uma punheta dessas (algo que só agrada ao Gilberto Gil e a quem puxa o saco dele, algo tão pobre quanto as piadas que o Sr. Kaioh conta pro Goku quando este chega em seu planeta depois de terminar de cruzar o Caminho da Serpente pela primeira vez) seja considerada uma obra de arte. Ainda mais quando comparada a produções muito mais impressionantes, que são subestimadas por serem compostas por artistas de menor fama intelectual como a música abaixo.

Eu abro a porta e puxo a cadeira do jantar a luz de velas para ela se apaixonar. Eu mando flores, chocolates e cartões. O meu problema sempre foi ter grande coração. Eu ligo outro dia no estilo Don Juan. Dormiu bem, meu amor? É domingo de manhã. Vamos pegar uma praia? Deu saudades do seu beijo. Trato todas iguais. Esse é o meu defeito.

Aqui sim, vemos uma sequência lógica dos eventos (o mínimo pra qualquer narrativa) e até mesmo um plot twist onde um homem belo, recatado e do lar se transforma em sua antítese.

_________________
Agente da Coroa a serviço da Rainha


Imagem

Ouça Don Cristóvão quero avisar que a tripulação está com fome!
E por que não comem?
Porque não há comida!
E por que não há comida?
Porque acabou!
E por que acabou?
Porque comeram!
E por que comeram?
Porque tinham fome!
Tá vendo, deveriam ter esperado!



Imagem

Imagem

Imagem

Dá licença, gente! Tô passando pelo tópico!!!


Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: RODA VIVA • Programa de entrevistas da Cultura
MensagemEnviado: 25 Nov 2016, 06:01 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 15 Mar 2011, 14:57
Mensagens: 8061
Curtiu: 253 vezes
Foi curtido: 1016 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Vasco
Sei lá, até eu que considero esses caras uns bostas, acho meio exagero fazer uma comparação com Wesley Safadão. Só acho.

_________________
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: RODA VIVA • Programa de entrevistas da Cultura
MensagemEnviado: 25 Nov 2016, 10:09 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 21 Out 2014, 18:50
Mensagens: 6105
Localização: São Paulo - SP
Curtiu: 361 vezes
Foi curtido: 642 vezes
Programa CH: Chapolin
Considerá-los como gênios pode ser um exagero, mas dizer que são três patetas... Nem o Wesley Safadão é "pateta".

Uma música do Chico que eu curto bastante:



Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: RODA VIVA • Programa de entrevistas da Cultura
MensagemEnviado: 25 Nov 2016, 14:58 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 30 Abr 2010, 16:00
Mensagens: 17651
Localização: Rio de Janeiro - RJ
Curtiu: 1145 vezes
Foi curtido: 602 vezes
Programa CH: Chapolin
Que visão pobre da forma de compôr desses compositores...

Às vezes pra entender alguma coisa é preciso ter conhecimento de algumas outras coisas a qual o compositor faz referência. Um site bom pra entender algumas letras em inglês que parecem sem significado é Genius.com.

Infelizmente falta um site desses pras músicas brasileiras...

_________________
Trakt.tv | Last.fm

Moderador do TV de Segunda Mão (Novembro de 2010 / Novembro de 2013).
Moderador do Da Discussão Nasce a Luz! (Maio de 2014 / Novembro de 2014).
Moderador Global desde Novembro de 2014.
No Meio CH desde 2010.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: RODA VIVA • Programa de entrevistas da Cultura
MensagemEnviado: 25 Nov 2016, 21:00 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 12 Dez 2009, 16:55
Mensagens: 6301
Curtiu: 174 vezes
Foi curtido: 345 vezes
Programa CH: Chespirito
A entrevista com o Temer foi a gota d'água pro Chico. Já faz tempo que o Roda Viva tem se distanciado de suas origens e é justo que ele não queira seu nome associado ao que o programa se tornou/está se tornando.

_________________
#BgsDNV?
- criação do sub-fórum Espaço Kids: livre postagem de manifestações de apoio ao candidato Jair Bolsonaro
- criação do Fórum Privilegiado: fim das relações diplomáticas com o outro fórum a não ser que haja fusão
- revitalização do mini-chat: o mini-chat vai voltar pra home e todos os candidatos a moderação serão submetidos a uma sabatina ao vivo na plataforma
- fim do puxa saquismo: banimento do usuário Ramyen
- fim da dublagem Maga no Multishow: todos os episódios das séries Chaves e Chapolin serão imediatamente redublados (clipes inclusos)
- fim do privilégio na administração: votos de moderadores terão o mesmo peso que o de administradores em votações internas
- fim dos debates chatos: os debates para a moderação serão organizados por Fabio em uma gincana de #afazendaconectada
- fim da mamata (spoiler: ela vai acabar): moderadores que tiverem posturas autoritárias serão punidos da mesma forma com que se punem usuários comuns
- criação do mandato colaborativo: a moderação não pode ser de 1 usuário, dessa forma, propostas e ideias poderão ser apresentadas num tópico específico. As postagens que tiverem mais respostas ou curtidas serão levadas imediatamente a votação na Politura.
- legalização do flood: chega de critérios autoritários para definir o que é o que não é útil.

#BgsDNV, quem conhece confia! :campeao:
coligação pela renovação do FCH


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: RODA VIVA • Programa de entrevistas da Cultura
MensagemEnviado: 26 Nov 2016, 22:11 
Offline
Membro

Registrado em: 11 Fev 2013, 11:55
Mensagens: 5297
Curtiu: 1087 vezes
Foi curtido: 503 vezes
Programa CH: Chapolin
Erick Alessandro escreveu:
Não há uma misera sequência lógica nas expressões. São apenas palavras aleatoriamente jogadas uma atrás da outra. A única coisa concreta que acontece é: uma pessoa subiu em um palco. Mas isso pode acontecer em zilhões de contextos possíveis. Pode ser um artista famoso se apresentando em um grande festival, pode ser o contra-regra que trabalha pra esse artista, pode ser uma jovem aluna apresentando seu artigo científico numa banca, pode ser um turista visitando qualquer lugar que tenha um palco (desde o anfiteatro de uma pequena escola na periferia até a Cidade do Rock). Enfim, pode ser qualquer coisa.

Eu concordo contigo que parte das letras de Caetano e Gil, sobretudo desde a década de 80 pra frente, estão cobertas de vícios de linguagem e metáforas justapostas sem muita profundidade, mas ao menos o que eles produziram em seu período de consagração - com devidas exceções - era coeso e pertinente ao contexto da época. Veja, por exemplo, estas três músicas do Gilberto Gil: Cérebro Eletrônico, Lamento Sertanejo (em parceria com Dominguinhos) e Back in Bahia, excelentes ao meu ver e bem lúcidas ao respeito da mensagem que querem transmitir: https://www.youtube.com/watch?v=JFAHDYEMHEE / https://www.youtube.com/watch?v=O6CQsOI2qMg / https://www.youtube.com/watch?v=Vygp0Gs6_6s

A primeira é um comentário sobre as inovações tecnológicas em progresso (ok, um pouco banal hoje, e certamente se tornará ainda mais datado nos próximo anos, mas válido para aquele momento) e a segunda uma declaração do autor sobre a saudade de sua terra natal. A terceira é uma negócio mais clichê, aquele papo de morador do sertão em desencontro na cidade, mas a música representa isto bem para caralho, expõe todo o sofrimento e angústia do cara. Não são só versos soltos aí, há uma proposta clara por trás deles; acho até mais coerentes do que qualquer coisa que o Gil já disse em entrevista. Isso somado a uma lírica e uma musicalidade muito bem construídas. Esse pessoal criou um novo tipo de canção, uma fusão de ritmos doida, muito diferente do que vinha sendo feito aqui até o momento. Podem ter criado uma fórmula automática e mastigada de escrever - que é a que você critica - em determinado momento de suas carreiras, mas suas inovações estão aí, não dá pra apagar.

Erick Alessandro escreveu:
Aqui sim, vemos uma sequência lógica dos eventos (o mínimo pra qualquer narrativa) e até mesmo um plot twist onde um homem belo, recatado e do lar se transforma em sua antítese.

Agora, sobre essa questão da falta de uma sequência lógica de eventos: não dá pra incluir o Chico Buarque nisso aí não. Ele tá em outro grupo. O cara vive escrevendo narrativas épicas marcadas por início, meio e fim, desde que entrou na música. Acho que não tem exemplo mais claro do que ''Construção'': a canção inteira relata o último dia de vida de um trabalhador, narrando todas as suas ações naquele fatídico momento até culminar em sua morte. E é muito mais do que um relato objetivo. É uma análise crítica, com direito a narrativa sendo repetida - com alterações - três vezes, para pegar o fato de todas os ângulos, de todas as perspectivas. Tem também '' O Meu Guri'', a história de um marginal contada por sua mãe. O grande lance é que a mulher não sabe que o filho é ladrão; acho que ele tá indo trabalhar quando na verdade o moleque tá tocando terror por aí, e na sua inocência até avisa pra que ele tome cuidado com a onda de assaltos que anda rolando. Um negócio genial. Se der pra citar mais uma: ''Fado Tropical'', um conto sobre a criação do Brasil do ponto de vista do colonizador. Não vou dizer que entendo tudo está sendo dito ali (na verdade entendo muito pouco), mas o desenvolvimento do texto cria um impacto imenso em quem houve, e a sensação é de não há uma palavra fora do lugar ali. Para mim é tudo coisa de um valor altíssimo.

O link das músicas: https://www.youtube.com/watch?v=kFV-JqUqxFY / https://www.youtube.com/watch?v=vmGrRmXivmM / https://www.youtube.com/watch?v=qbzG0GxTuDo

_________________
We're walking down the
Street of chance
Where the chance is always
Slim or none
And the intentions unjust

Baby there's nothing to see
I've already been
Down the street of chance


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: RODA VIVA • Programa de entrevistas da Cultura
MensagemEnviado: 28 Nov 2016, 12:14 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 28 Jun 2013, 18:49
Mensagens: 5672
Localização: Centro de Atenção Integrada à Saúde Mental - Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo
Curtiu: 19 vezes
Foi curtido: 484 vezes
Programa CH: Chespirito
Time de Futebol: Ed Gein FC
Um pouco de Duduvier para vocês

NOTÍCIAS
Que pau bonito, hein, majestade

Certas coisas são penosas de assistir, mas você assiste porque as pessoas te garantem que vale a pena. Quase nunca vale. Foi assim com "O Encouraçado Potemkin" e "Two Girls One Cup". E foi assim com o novo "Roda Viva".

Já não é sequer uma roda –jornalistas se alinham à frente do presidente, como uma plateia de teatro, e não ao redor, como o nome indica– tampouco parece ser viva –te desafio a assistir até o final. Não me espantaria se descobrissem que o presidente sem pescoço estivesse sendo manipulado por dentro como um muppet ou como o
cadáver do filme "Um Morto Muito Louco".

Temer responde olhando para a câmera, e não para os jornalistas, como quem está fazendo um pronunciamento. O cenário é o Palácio da Alvorada, como todo pronunciamento. Resumindo: é um pronunciamento –com a ajuda luxuosa dos jornalistas. Nem parece que é um presidente na corda bamba –prestes a cair.

Todos ostentam um sorrisão. Parece que o Alvorada é open bar. Cogitei se estava acontecendo algo que não estaríamos vendo, fora de quadro. Pensei que talvez estivessem fazendo massagem nos pés. Talvez estivessem distribuindo rissoles ou carregadores de iPhone.

Ninguém fala do Porto de Santos, no Ministério sem negros ou mulheres, ninguém sequer pronuncia a palavra "crise". Perguntam se Temer vai ser candidato em 2018 –como se ele pudesse. Temer está inelegível pelo TSE. Mas deixa quieto. Não se fala de corda em casa de enforcado.

A pergunta final já virou meme: "Como o senhor se apaixonou pela Marcela?" Afinal, o Brasil não tava conseguindo dormir sem conhecer essa bela história de amor. Ao fim da entrevista, Temer agradece aos jornalistas pela propaganda. Todos morrem de rir, aquele riso de quem está tomando uísque num puteiro –hua, hua, hua. "Que figura, esse Michel!".

Cresci assistindo ao "Roda Viva" (na minha época, não tinha Cartoon Network). Tem momentos inesquecíveis. Quércia encurralado berrando: "Mentiroso! Caluniador!". O General Newton Cruz, quase chorando: "Tá todo o mundo aqui em cima de mim?". Sim, general, essa é a ideia do programa! Digo, foi.

Se tem uma coisa que aprendi a venerar é o jornalismo investigativo, aquele que diz que o rei está nu e ainda denuncia: tem pau pequeno. O pessoal do "Roda Viva", ao ver o rei nu, elogia: "Que pau bonito, hein, majestade! Fale mais sobre como é que o senhor faz pra manter um pau bonito como esse. Posso dar uma brincada?"


http://www1.folha.uol.com.br/colunas/gr ... tade.shtml

_________________
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: RODA VIVA • Programa de entrevistas da Cultura
MensagemEnviado: 28 Nov 2016, 17:37 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 21 Out 2014, 18:50
Mensagens: 6105
Localização: São Paulo - SP
Curtiu: 361 vezes
Foi curtido: 642 vezes
Programa CH: Chapolin
Puta cara hipócrita esse Duvivier. Queria ver se fosse a Dilma ali no lugar do presidente, com as mesmas perguntas e tratamento que o programa fez ao Temer, se ele falaria o mesmo.

Se ele falaria: "Que buceta bonita, hein, majestade! Fale mais sobre como é que a senhora faz pra manter uma buceta tão bonita como essa. Posso dar uma brincada?". Nego gosta de procurar pelo em ovo...


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: RODA VIVA • Programa de entrevistas da Cultura
MensagemEnviado: 29 Nov 2016, 08:45 
Offline
Avatar do usuário
Administrador

Registrado em: 28 Jan 2009, 13:29
Mensagens: 40898
Localização: São Carlos (SP)
Curtiu: 2201 vezes
Foi curtido: 4403 vezes
Time de Futebol: São Paulo
Nesse caso eu até concordo em partes com o Gregório. O Noblat tá dando vergonha alheia mesmo.

Imagem
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 74 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Próximo

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 4 visitantes


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para: