Fórum Portal Vídeos Guia de Episódios Sobre



Todos os horários são GMT - 3 horas


Portal Chespirito



Criar novo tópico Responder  [ 2802 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10 ... 187  Próximo
  Exibir página para impressão

Re: Dilma Rousseff
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 09 Dez 2013, 09:38 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 69407
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 4198 vezes
Foi curtido: 996 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
MÔNICA BÉRGAMO - FOLHA DE S.PAULO

Imagem
A presidente Dilma Rousseff deu sinais de que Aloizio Mercadante, atual Ministro da Educação, pode mesmo ocupar a Casa Civil em 2014.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Dilma Rousseff
MensagemEnviado: 30 Dez 2013, 13:04 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 69407
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 4198 vezes
Foi curtido: 996 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
FOLHA DE S.PAULO

No último pronunciamento em rede nacional do ano, a presidente Dilma Rousseff afirmou ontem que a área econômica de seu governo é vítima de "guerra psicológica" por parte de setores do empresariado, ainda que admita haver o que "retocar" e "corrigir" na economia.

A fala, de 12 minutos, ignorou o principal fato político do ano, as manifestações de rua de junho que derrubaram abruptamente a popularidade do governo.

Dilma citou superficialmente que "ouviu reclamos" da sociedade e que está "implantando pactos para acelerar o cumprimento de nossos compromissos".

Assim, segue a estratégia do Planalto, temeroso de novos protestos durante a Copa do Mundo, de tentar "esfriar" o assunto e tratá-lo como página virada.

Dilma usou um roteiro de campanha eleitoral em seu discurso de ontem, enaltecendo programas federais e instando a audiência a pensar "no que aconteceu de positivo nos últimos anos na vida do Brasil".

Boa parte do discurso, o 17º do seu mandato, foi dedicada a promover uma visão otimista da economia, principal área a sofrer críticas em sua gestão.

Em 2013, a inflação novamente fechará acima do centro da meta do Banco Central, o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) está projetado pelo governo para magros 2,3% e a política fiscal é bombardeada até por aliados.

Apesar de ter deixado claro que o pessimismo não pode contaminar a economia e que está atuando "nos gastos" e no combate inflacionário, Dilma ponderou que "não existe um sistema econômico perfeito" nem um "país com uma economia perfeita".

"Em toda economia haverá algo por fazer, algo a retocar, algo a corrigir", disse ela, que previu um 2014 melhor para o bolso dos brasileiros.

Citando "redução de impostos" :heim: e "diminuição da conta de luz", a presidente disse que tem recebido "duras críticas daqueles que não se preocupam com o bolso da população".

"Se mergulharmos em pessimismo e ficarmos presos a disputas e interesses mesquinhos, teremos um país menor", afirmou ela, em outro momento.

Dilma também fez seu ataque mais duro, sem nominar o pedaço do empresariado ao qual se referia. "Se alguns setores, seja porque motivo for, instilarem desconfiança, especialmente desconfiança injustificada, isso é muito ruim. A guerra psicológica pode inibir investimentos e retardar iniciativas", disse.

Também sem citar o mensalão, cujos protagonistas da antiga cúpula do PT no governo Luiz Inácio Lula da Silva foram presos em 2014, Dilma afirmou que não abriu mão em apoiar o combate à corrupção.

Como de praxe neste tipo de balanço, a presidente listou o que considera sucesso em sua gestão, e que estará em sua propaganda na campanha à reeleição em 2014 : Mais Médicos, Ciência sem Fronteiras, Pronatec (programa de formação profissional), Minha Casa, Minha Vida e o Brasil sem Miséria - esses dois últimos heranças dos anos Lula.

"Nos últimos anos somos um dos raros países do mundo em que o nível de vida da população não recuou :heim: ou se espatifou em meio a uma grave crise. Chegamos até aqui melhorando de vida, pouco a pouco, mas sempre de maneira firme e segura", disse.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Dilma Rousseff
MensagemEnviado: 02 Jan 2014, 19:33 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 27 Jul 2013, 13:45
Mensagens: 3247
Localização: Ribeirão Preto-SP
Curtiu: 131 vezes
Foi curtido: 217 vezes
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Santos
Lula: '2014 será o ano do reconhecimento de Dilma'

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva avaliou em um breve artigo sobre a presidente Dilma Rousseff, no portal do jornal espanhol El País, que 2014 "será o ano do reconhecimento da seriedade e da competência desta mulher brasileira de tanta coragem", numa referência indireta à candidatura dela à reeleição. O artigo integra uma fotorreportagem especial com 11 ibero-americanos "que deixaram sua marca no ano" de 2013, cuja primeira personalidade retratada é o papa Francisco, seguido por Dilma e pela presidente eleita do Chile, Michelle Bachelet.Em "Dilma Rousseff, o poder da coragem", Lula cita, logo na abertura, a luta de Dilma "para transformar o Brasil", numa referência ao período em que a então militante foi presa durante o governo militar. E destaca o enfrentamento "com êxito" de Dilma aos protestos de junho e "a espionagem dos Estados Unidos, que ela mesma sofreu". "Se tivesse que escolher uma palavra que definisse o caráter da presidente Dilma Rousseff, essa seria coragem. Esta companheira lutou desde muito jovem para transformar o Brasil, para melhorar as condições de vida das pessoas mais humildes", relatou. "Foi perseguida, presa e torturada durante a ditadura, mas nunca abandonou seus ideais", completou Lula.

O ex-presidente lembrou que Dilma foi a primeira mulher secretária de Finanças do Rio Grande do Sul, a primeira ministra de Minas e Energia do Brasil, a primeira chefe da Casa Civil e a primeira presidente do Brasil. "Durante o meu governo, ela reorganizou o setor de energia levando a eletricidade a três milhões de casas nas zonas rurais. Dirigiu o maior programa de infraestrutura de nosso período (PAC), que garantiu o crescimento econômico com uma grande inclusão social", frisou.

Lula destacou, ainda, o fato de o País ter alcançado no governo de Dilma a cifra de 36 milhões de pessoas resgatadas da miséria absoluta e a queda na taxa de desemprego para 5,2%. E sem citar as eleições gerais do ano que vem, em que Dilma disputará a reeleição, o ex-presidente petista conclui o seu artigo enaltecendo sua afilhada política: "2014 será um grande ano para o Brasil, e não só por causa da organização da Copa do Mundo de futebol. O país colherá os frutos que a presidente Dilma semeou: a exploração do petróleo na camada do Pré-Sal; as concessões dos aeroportos, da rede ferroviária e dos portos; os grandes investimentos em educação, saúde e saneamento. Será o ano do reconhecimento da seriedade e da competência desta mulher brasileira de tanta coragem."
ESTADÂO.com

_________________
Viu só como é fácil bancar o rídiculo, Vallete?



Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Dilma Rousseff
MensagemEnviado: 04 Jan 2014, 16:18 
Offline
Avatar do usuário
Administrador

Registrado em: 31 Dez 2010, 12:55
Mensagens: 6277
Localização: Maringá-PR
Curtiu: 460 vezes
Foi curtido: 619 vezes
Programa CH: Chapolin
Dilma toma banho de mar em praia isolada na Bahia
Imagem

A presidente Dilma Rousseff aproveitou o sábado de sol em Salvador e saiu cedo para tomar banho de mar. Dilma passa férias de fim de ano na Base Naval de Aratu, região metropolitana da capital baiana. Ela foi de lancha com a família à praia da Viração, na Ilha dos Frades, em Salvador. A previsão é que a presidente volte a Brasília amanhã.
Dilma chegou à base naval no dia 28. No dia seguinte, saiu para passear de lancha pela Baía de Todos os Santos. Ela está acompanhada da mãe Dilma Jane, da filha Paula e o neto Gabriel, de três anos.

http://oglobo.globo.com/pais/dilma-toma ... a-11209987


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Dilma Rousseff
MensagemEnviado: 04 Jan 2014, 18:41 
Offline
Avatar do usuário
Moderador

Registrado em: 25 Mar 2012, 21:58
Mensagens: 5018
Localização: São José do Sul-RS
Curtiu: 2494 vezes
Foi curtido: 317 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Grêmio
Visão do inferno.

_________________
El Chavo Arachán escreveu:
A los que defienden las exhibiciones practicadas por la SBT, ¡qué se jodan y punto final!


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Dilma Rousseff
MensagemEnviado: 04 Jan 2014, 18:48 
Offline
Avatar do usuário
Moderador

Registrado em: 07 Mai 2010, 19:59
Mensagens: 18288
Localização: The Twilight Zone
Curtiu: 503 vezes
Foi curtido: 2630 vezes
Programa CH: La Chicharra
James Revolti escreveu:
Imagem

Imagem

_________________


[17/07/2018] Sonic Mania Plus
[30/06/2018] Crash Bandicoot N.Sane Trilogy (PC Version)
[03/08/2018] Boku no Hero Academia The Movie: Futari no Hero
[??/10/2018] Doctor Who (Series 11)
[16/11/2018] Fantastic Beasts: The Crimes of Grindelwald
[14/12/2018] Dragon Ball Super Movie
[??/??/2018] Code Geass R3: Fukkatsu no Lelouch
[??/??/????] Love Live! Sunshine!! The Movie


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Dilma Rousseff
MensagemEnviado: 04 Jan 2014, 21:09 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 30 Mar 2010, 23:47
Mensagens: 6888
Localização: Via Láctea
Curtiu: 657 vezes
Foi curtido: 454 vezes
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: São Paulo
Tá parecendo uma orca.

Imagem

_________________
Agente da Coroa a serviço da Rainha


Imagem

Ouça Don Cristóvão quero avisar que a tripulação está com fome!
E por que não comem?
Porque não há comida!
E por que não há comida?
Porque acabou!
E por que acabou?
Porque comeram!
E por que comeram?
Porque tinham fome!
Tá vendo, deveriam ter esperado!



Imagem

Imagem

Imagem

Dá licença, gente! Tô passando pelo tópico!!!


Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Dilma Rousseff
MensagemEnviado: 30 Jan 2014, 16:57 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 69407
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 4198 vezes
Foi curtido: 996 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2014/01/30/dilma-anuncia-troca-de-ministros-na-educacao-casa-civil-e-saude.htm

Após muita especulação, a presidente Dilma Rousseff deu início nesta quinta-feira (30) à reforma ministerial com o anúncio oficial, por meio de nota, dos novos titulares para três pastas: Educação, Casa Civil e Saúde. As primeiras trocas já apontam para o cenário de possíveis candidatos para as eleições que ocorrem em outubro.

Aloizio Mercadante deixa o Ministério da Educação e vai para a Casa Civil na vaga de Gleisi Hoffmann, que sai para concorrer ao governo do Paraná nas eleições de outubro.

A chegada de Aloizio Mercadante à Casa Civil devolve à pasta um perfil mais político, que deverá ganhar novamente status de superministério. O novo cargo dá mais visibilidade ao petista, que vem conquistando progressivamente mais importância no governo Dilma.

Para o lugar de Aloizio Mercadante, será alçado José Henrique Paim Fernandes para o Ministério da Educação, José Henrique Paim Fernandes era até então secretário-executivo do órgão.

Economista, ele ocupava o cargo de secretário-executivo desde 2006.

Antes, ele já havia presidido o FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), autarquia federal responsável pela execução de políticas educacionais do MEC.

No Ministério da Saúde, a vaga de Alexandre Padilha, pré-candidato do PT ao governo de São Paulo, será ocupada por Arthur Chioro, que comandava a secretaria de Saúde de São Bernardo do Campo (Grande SP).

Arthur Chioro recentemente foi alvo de polêmica por ser sócio de uma empresa de consultoria na área de saúde ao mesmo tempo em que estava à frente da secretaria. O novo ministro, que é investigado pelo Ministério Público de São Paulo por improbidade administrativa, nega qualquer irregularidade, mas pediu afastamento da empresa e cedeu as suas ações na empresa para sua mulher.

A posse dos novos ministros será na segunda-feira (3), às 11 horas, no Palácio do Planalto.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Dilma Rousseff
MensagemEnviado: 31 Jan 2014, 23:26 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Mensagens: 26181
Curtiu: 2212 vezes
Foi curtido: 1404 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
De outra fonte, com mais informações:

Dilma anuncia troca de três ministros: Casa Civil, Saúde e Educação
Por iG São Paulo | 30/01/2014 14:57 - Atualizada às 31/01/2014 18:44

Mercadante troca Educação pela Casa Civil e Chioro assume o ministério da Saúde. Posse será na segunda-feira

A presidente Dilma Rousseff anunciou nesta quinta-feira (30) a troca de três ministros de sua equipe dando início à reforma ministerial: Casa Civil, Saúde e Educação. As informações são do blog do Planalto.

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, deixarão seus cargos para concorrer nas eleições deste ano. A primeira ao governo do Paraná e o segundo, ao de São Paulo.

Para a chefia da Casa Civil, a presidente indicou o ministro da Educação, Aloizio Mercadante. O novo ministro da Saúde será o médico Arthur Chioro. No lugar de Mercadante na Educação, Dilma escolheu José Henrique Paim Fernandes, atual secretário-executivo da pasta.

A posse dos novos ministros será na segunda-feira, às 11 horas, no Palácio do Planalto.

Dilma ainda precisa acertar o espaço dos partidos aliados em seu governo: PMDB, PROS e PTB. O Ministério da Integração Nacional, cujo orçamento para 2014 soma R$ 8,5 bilhões, é um dos principais alvos da disputa.

O PROS confia na “paixão de Dilma pelo Ciro Gomes”, como definiu ao iG o líder do partido na Câmara, Givaldo Carimbão (AL).

Veja o perfil dos novos ministros:

Antes de comandar a parta da Educação, Aloizio Mercadante, de 59 anos, chefiou o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação durante um ano. Doutor em economia pela Universidade de Campinas (Unicamp), ele começou sua trajetória política em entidades estudantis. Mercadante foi eleito três vezes deputado federal e uma vez senador.

Em 1994, foi indicado a vice-presidente na chapa encabeçada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O ministro também ocupou o cargo de vice-presidente nacional do PT e participou da formulação dos programas de governo do partido e da campanha presidencial do partido nas eleições de 1989 e 2002. Em 2010, disputou a eleição para o governo de São Paulo, perdendo para Geraldo Alckmin, do PSDB.

Graduado em economia, José Henrique Paim, de 47 anos, é secretário executivo do Ministério da Educação (MEC) desde 2006. Mercadante deixa o MEC após chefiá-lo por dois anos. Entre 2004 e 2006, o gaúcho Henrique Paim presidiu o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), responsável pelo repasse de recursos para as políticas educacionais em todos os estados e municípios brasileiros.

Paim também foi subsecretário da Secretaria Especial do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República, em 2003. Esta não é a primeira vez que um secretário executivo assume definitivamente a Educação. Em 2005, o petista Fernando Haddad substituiu Tarso Genro após passar pelo cargo de número 2 do MEC.

Ademar Arthur Chioro dos Reis é graduado em medicina pela Fundação Educacional Serra dos Órgãos, com residência em medicina preventiva e social pela Unesp. Mestre em saúde coletiva pela Unicamp, Chioro concluiu em 2011 doutorado em ciências pelo Programa de Saúde Coletiva da Unifesp.

Entre 2003 e 2005, Chioro trabalhou no Ministério da Saúde, como diretor do Departamento de Atenção Especializada. Em Santos, São Paulo, foi professor de saúde coletiva da Faculdade de Fisioterapia e da Faculdade de Medicina. Secretário de Saúde de São Bernardo do Campo desde 2009, Chioro tornou-se presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo no ano de 2011.

Recentemente, Arthut Chioro anunciou que se afastaria da Consaúde - Consultoria, Auditoria e Planejamento, empresa que dirigia desde 1997, alegando ser exigência da legislação. Na empresa, Chioro prestava consultoria na área de planejamento e gestão de sistemas e serviços de saúde.

Com Agência Brasil
http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2014-01-30/dilma-anuncia-troca-de-tres-ministros-casa-civil-saude-e-educacao.html


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Dilma Rousseff
MensagemEnviado: 11 Fev 2014, 08:15 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 69407
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 4198 vezes
Foi curtido: 996 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
FOLHA DE S.PAULO

A presidente Dilma Rousseff fez ontem duras críticas a opositores de seu governo, a quem chamou de "pessimistas" e "caras de pau".

Segundo Dilma, dizer que o modelo de governo do PT está esgotado "é mais do que uma mentira, mas uma agressão ao bom senso e à autoestima dos brasileiros".

"Eles têm a cara de pau de dizer que o ciclo do PT acabou", afirmou Dilma ao discursar por 40 minutos no evento realizado em São Paulo para comemorar os 34 anos do partido e que serviu como lançamento da pré-campanha da presidente à reeleição.

"Esses pessimistas agora aproveitam alguns desequilíbrios da conjuntura internacional, muito difícil para todos os países, para dizer que o fim do mundo chegou. O fim do mundo chegou sim, mas chegou para eles, e isso faz muito tempo", afirmou.

Apesar de não citar nomes, a fala de Dilma responde ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) e ao governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), prováveis adversários da presidente na disputa ao Planalto. Ambos vêm afirmando que o ciclo do PT se encerrou.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Dilma Rousseff
MensagemEnviado: 02 Mar 2014, 06:11 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 69407
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 4198 vezes
Foi curtido: 996 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
FOLHA DE S.PAULO

O típico eleitor brasileiro de 2014 tem entre 25 e 34 anos, possui ensino médio e renda familiar mensal baixa, de até R$ 1.448. Mora na região Sudeste, em município pequeno do interior, com menos de 50 mil habitantes.

O candidato que conseguir convencer esse cidadão dificilmente deixará de chegar à reta final como favorito.

Hoje, quem chega mais perto desse eleitor médio nacional é a presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT. Seus simpatizantes são os que reúnem as características mais parecidas com as do perfil social mais numeroso da população.

Não por acaso, Dilma é a líder em intenções de voto, com 47% no cenário mais provável, o suficiente para vencer no primeiro turno.

Essas conclusões foram tiradas de cruzamentos de dados apurados pelo Datafolha em 19 e 20 de fevereiro junto a 2.614 pessoas, com margem de erro de dois pontos.

Os dados também mostram onde cada candidato se sobressai. "É um mapa para saberem o que devem atacar e o que devem proteger", afirma o diretor-geral do Datafolha, Mauro Paulino.

Dilma é a única cuja maioria absoluta de seus eleitores (51%) têm renda familiar mensal de até R$ 1.448, o recorte mais baixo da estratificação e o grupo mais numeroso da população.

Outra marca forte dos dilmistas é a baixa escolaridade : 44% deles têm ensino fundamental, 44% têm ensino médio, índices próximos do padrão mais frequente na população. A única característica fortemente destoante é a regional. Adeptos de Dilma são proporcionalmente menos numerosos no Sudeste e mais presentes no Nordeste.

Já os eleitores de Aécio Neves (PSDB) destacam-se pela alta concentração no Sudeste (57%), pela preponderância de homens (57%) e pelos perfis mais abastados, o que sugere uma possível repetição das divisões de classe dos pleitos de 2006 e 2010.

No grupo dos simpatizantes do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), também despontam moradores do Nordeste, mas de cidades médias, de 50 a 200 mil habitantes.

--

O profissional liberal João André do Nascimento Filho, 23, já definiu o voto de outubro : digitará o número da presidente Dilma Rousseff (PT), classificada por ele de "corajosa" e "prestativa".

Pai de um menino de dois anos e padrasto de uma menina de seis, ele vive do conserto de celulares em Madalena, município do sertão cearense com 18 mil habitantes e a 180 km de Fortaleza.

Recebe para isso em torno de R$ 200 mensais, mesmo valor do aluguel da casa de dois quartos em um bairro longe do centro. A renda é completada pelos R$ 130 mensais do Bolsa Família recebidos por sua mulher, Magda Crispim, 23.

Fora o benefício, Magda arrecada até R$ 20 por festa desenhando enfeites em aniversários de criança. "Nos últimos três meses não consegui nada. Estou parada", afirma.

Além da mulher, duas de suas irmãs também são contempladas pelo programa. "Se não fosse isso (Bolsa Família), toda minha família estaria passando fome", diz João André do Nascimento Filho.

Para João André do Nascimento Filho, Dilma é "bem intencionada". "Mas o PT tem um projeto maior que vem do Lula. Ele começou a mudança com o Bolsa Família e deixou a Dilma para tomar conta", diz.

O eleitor diz ter acompanhado o julgamento do mensalão. E diz: "Os petistas presos não têm ligação com o Lula e com a Dilma. :panc: São pessoas que só queriam roubar. Lula e Dilma são diferentes".

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Dilma Rousseff
MensagemEnviado: 12 Mar 2014, 11:26 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 69407
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 4198 vezes
Foi curtido: 996 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2014/03/12/derrota-simbolica-por-merval-pereira-526374.asp

A derrota do governo na votação do requerimento da criação de uma comissão externa para investigar na Holanda denúncias de corrupção na Petrobras foi o resultado de um dia inteiro de negociações para contornar a rebelião dos partidos da base, comandados pelo PMDB da Câmara.

Há duas facetas nesta crise política. A primeira, mais aparente, é a dissidência interna que revela o incômodo com a falta de reciprocidade do governo ao apoio dos partidos da aliança governista e, sobretudo, do próprio PMDB, que se sente sub-representado no governo Dilma Rousseff.

Esse seria, na visão que o governo gosta de divulgar, o interesse fisiológico do PMDB, sobretudo na bancada da Câmara, que está em estado de rebelião e ontem se declarou avalista da ação do líder Eduardo Cunha, que o governo tentou em vão isolar dentro do partido.

Outra faceta, acobertada politicamente, é o projeto hegemônico do PT que, a longo prazo, pretende se ver livre não apenas do PMDB mas da maioria dos partidos que fazem parte da bancada aliada no Congresso.

O que mais se ouviu ontem nos discursos dos deputados, durante a votação do requerimento, foi que o governo Dilma tentou arrogantemente esmagar a ação do PMDB e dos demais partidos da base governista.

O próprio presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, ajudou a votação do requerimento, recusando o pretexto que o deputado Sibá Machado lhe deu, citando uma longínqua decisão da Câmara.

A bancada do Senado do PMDB tentou desqualificar a liderança do deputado Eduardo Cunha, como se ela não representasse a vontade da maioria real dos deputados do partido.

E a vontade da maioria da Câmara foi tão clara que alguns partidos da base, como o PR, votaram unanimemente contra o governo que apoiam.

A sensação dos deputados era de uma declaração de independência em relação ao governo central, mesmo daqueles que não querem deixar de apoiar a presidente Dilma por ainda estarem convencidos de que ela é favorita na corrida presidencial.

De qualquer maneira, surgiu ontem no plenário da Câmara um movimento de pressão contra a maneira como o Palácio do Planalto vem lidando com seus ainda aliados. O que une essa maioria que apareceu no placar eletrônico é a rejeição à ação autoritária da presidente Dilma e, sobretudo, ao projeto de hegemonia do PT, de longo prazo e com objetivos claros de não precisar de apoios para governar o país.

Muitos deputados aproveitaram para desabafar na tribuna da Câmara, na tentativa de deixar portas abertas para uma retomada das discussões, pedindo uma relação mais adequada. Mas o fortalecimento da liderança do deputado federal Eduardo Cunha deve dificultar uma mudança do quadro, pois o que o Palácio do Planalto queria ontem era uma prova de que Eduardo Cunha não representava a linha política do PMDB, o que foi desmentido pela votação do requerimento e, sobretudo, pelo documento de apoio da bancada à sua liderança.

O presidente do PMDB Valdir Raupp chegou a dar uma declaração forte desautorizando a atuação de Eduardo Cunha, mas os fatos falaram mais alto. Em se tratando do PMDB, não será de se estranhar se a cúpula do partido reconhecer que a tendência da bancada de deputados é, na verdade, a da maioria das bases do partido.

Uma vitória como a de ontem, que chegou a ser comemorada por deputados de oposição como sendo o início do fim do governo Dilma, num evidente exagero, tem um peso político que não pode, no entanto, ser desprezado. Resta saber agora se a presidente Dilma terá capacidade de rever seus métodos de negociação com os partidos da base aliada.

Para isso, ela teria que ter uma humildade que não tem sido sua característica nos últimos anos. Ao contrário, a expectativa na Câmara ontem era de que ela tentaria retaliar a decisão do plenário, o que só dificultaria as relações já tão conturbadas na base aliada.

Dilma Rousseff está convencida de que brigar com os políticos reforça a imagem de austeridade que agrada a classe média, pode ser que a presidente tente radicalizar em vez de negociar com os deputados do PMDB.

Ontem foi o dia em que a presidente Dilma ficou menor que o deputado Eduardo Cunha.


--

Imagem

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Dilma Rousseff
MensagemEnviado: 27 Mar 2014, 19:05 
Offline
Avatar do usuário
Moderador

Registrado em: 02 Fev 2009, 12:40
Mensagens: 47087
Localização: Indaial/SC
Curtiu: 246 vezes
Foi curtido: 730 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Avaliação do Governo Dilma (fevereiro 2014):

Imagem

_________________
Meus títulos e conquistas no FCH:

Moderador Global do FCH (2012 à 2014 / desde 2016)
Moderador do Meu Negócio é Futebol (2010 à 2012 / 2015 à 2016)
Eleito o 1º vencedor do Usuário do Mês - Março 2010
Campeão do Bolão da Copa do FCH 2010
Campeão do 13º Concurso de Piadas 2011
Bicampeão do Bolão do FCH - Brasileirão (2011 e 2012)
Campeão do Bolão do FCH - Liga dos Campeões (2011/2012)
Campeão de A Casa dos Chavesmaníacos 10 (2012)
Campeão do Foot Beting (2014)
Tetracampeão da Chapoliga (2014, 2015, 2016 e 2017)
Campeão de O Sobrevivente - Liga dos Campeões (2016/2017)


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Dilma Rousseff
MensagemEnviado: 27 Mar 2014, 19:08 
Offline
Avatar do usuário
Moderador

Registrado em: 07 Mai 2010, 19:59
Mensagens: 18288
Localização: The Twilight Zone
Curtiu: 503 vezes
Foi curtido: 2630 vezes
Programa CH: La Chicharra
Parece que o Marco Civil veio tarde demais UHEAHUEAHHUEHAUHUEAUHHEAUHEAUHEAHHUEAUHUHAHUUHEA

_________________


[17/07/2018] Sonic Mania Plus
[30/06/2018] Crash Bandicoot N.Sane Trilogy (PC Version)
[03/08/2018] Boku no Hero Academia The Movie: Futari no Hero
[??/10/2018] Doctor Who (Series 11)
[16/11/2018] Fantastic Beasts: The Crimes of Grindelwald
[14/12/2018] Dragon Ball Super Movie
[??/??/2018] Code Geass R3: Fukkatsu no Lelouch
[??/??/????] Love Live! Sunshine!! The Movie


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Dilma Rousseff
MensagemEnviado: 28 Mar 2014, 17:31 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 69407
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 4198 vezes
Foi curtido: 996 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
http://g1.globo.com/politica/noticia/2014/03/planalto-anuncia-berzoini-para-o-lugar-de-ideli-nas-relacoes-institucionais.html

Imagem

O Palácio do Planalto anunciou nesta sexta-feira (28) que o deputado Ricardo Berzoini (PT-SP) vai assumir a Secretaria de Relações Institucionais no lugar de Ideli Salvatti.

Apesar de sair das Relações Institucionais, Ideli Salvatti vai continuar no governo. Ideli Salvatti substitui a ministra Maria do Rosário na Secretaria de Direitos Humanos.

Maria do Rosário será candidata a governadora.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 2802 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10 ... 187  Próximo

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para: