Fórum Portal Vídeos Guia de Episódios Sobre



Todos os horários são GMT - 3 horas


Portal Chespirito



Criar novo tópico Responder  [ 89 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Próximo
  Exibir página para impressão

Re: Europa
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 30 Out 2018, 06:41 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 79605
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5427 vezes
Foi curtido: 1551 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2018/10/merkel-nao-buscara-novo-mandato-como-chanceler-da-alemanha.shtml

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse que não buscará um quinto mandato na chefia de governo em 2021 e que deixará a liderança da União dos Democratas Cristãos (CDU) no fim de 2018.

“É hora de dar início a um novo capítulo”, afirmou à imprensa, na saída de uma reunião com correligionários, acrescentando que a mudança traz mais oportunidades do que riscos.

“Em 2021, não voltarei a disputar a chancelaria nem uma cadeira no Parlamento. E não concorrerei mais a cargos políticos.”

Merkel, 64, disse assumir a responsabilidade pelas trepidações dos primeiros meses de sua quarta gestão como chanceler e reconheceu a perda progressiva de credibilidade de seu grupo.

Ela está à frente do país desde 2005 e comanda os democratas cristãos há ainda mais tempo, desde 2000. Havia se mostrado disposta a buscar a recondução a esse último cargo (por um período de dois anos) na votação prevista para dezembro deste ano.

Voltou atrás, porém, depois de resultados desfavoráveis, em eleições regionais, para os partidos da coligação que a sustenta.

No domingo , sua CDU teve uma vitória de Pirro na votação no estado de Hesse : foi a primeira colocada, mas, com cerca de 27% dos sufrágios, registrou seu pior desempenho local em mais de 50 anos.

“Os resultados foram decepcionantes. Não podemos continuar como se nada fosse”, observou Merkel na fala de segunda-feira.

Os sociais-democratas, parceiros dela na situação, alcançaram um segundo lugar com ainda mais sabor de derrota, em virtual empate com os verdes e tendo sua marca mais baixa em mais de 70 anos.

Para complicar, o partido ultradireitista Alternativa para a Alemanha (AfD), hoje a principal força de oposição no Parlamento nacional, obteve votos suficientes para aceder ao último Legislativo estadual em que ainda não tinha assentos.

No último dia 14, a frente governista havia sofrido baque semelhante no pleito da Baviera. Ali, a CSU, “irmã” local da CDU, perdeu 16 cadeiras legislativas, e a SPD (social-democracia) se viu superada em porcentagem de votos pela AfD, mas não só –terminou a disputa numa incômoda quinta colocação.

Na eleição nacional de 2017, a maré já começara a virar, com a ascensão da AfD ao Bundestag e um período de limbo de inacreditáveis seis meses até a formação do atual governo.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Europa
MensagemEnviado: 15 Jan 2019, 17:35 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 79605
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5427 vezes
Foi curtido: 1551 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
. Por 432 votos a 202 votos , Theresa May é derrotada e Parlamento do Reino Unido rejeita acordo para o Brexit- https://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/7870347/theresa-may-e-derrotada-e-parlamento-do-reino-unido-rejeita-acordo-para-o-brexit

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Europa
MensagemEnviado: 17 Jan 2019, 23:28 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 79605
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5427 vezes
Foi curtido: 1551 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Europa
MensagemEnviado: 25 Jan 2019, 07:10 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 79605
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5427 vezes
Foi curtido: 1551 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
https://veja.abril.com.br/mundo/golpe-a-moda-inglesa/

“Ordem, ordem.” A voz empolada e estridente de John Bercow, presidente da Câmara dos Comuns britânica, entrando em cena para conter políticos em pé de guerra, virou um meme popular nestes tempos de Brexit.

John Bercow é praticamente a rainha da Inglaterra do Parlamento : por força do cargo, não tem partido, não manda em nada e está lá justamente para manter a ordem dos trabalhos.

Mesmo assim, é figura central em um movimento com contornos revolucionários para os padrões de Westminster, ao não fazer nada, a não ser berrar, para deter uma série de moções apresentadas por parlamentares que pretendem tirar das mãos da primeira­-ministra Theresa May as rédeas do divórcio da União Europeia.

As leis não escritas que regem o Parlamento britânico o impedem de tomar a iniciativa em questões de governo. Ele está lá para reagir ao que o primeiro-ministro propõe. Mas, como tudo o que Theresa May propôs até agora bateu na barreira de uma Câmara inapelavelmente rachada — e o prazo final para o Brexit, 29 de março, está chegando — pelo menos uma dezena de moções em andamento têm o objetivo de mudar esse estado de coisas.

As duas votações mais relevantes em pauta são para impedir definitivamente o divórcio sem acordo prévio e determinar o adiamento do fatídico prazo da separação.

Tudo teria de passar pela aprovação do governo para entrar em vigor, mas a esperança dos autores das propostas é que elas obtenham maioria tão acachapante que Theresa May seja forçada a assinar embaixo e, na prática, entregar ao Parlamento o controle do processo. “Estamos atravessando um daqueles momentos excepcionais de mudança constitucional”, avalia Ian Dunt, analista político que se opõe ao Brexit.

A primeira-ministra, enquanto isso, teimosamente segue seu périplo para manter de pé o acordo que negociou por dois anos e meio e foi derrotado por 230 votos, em sessão histórica, há duas semanas.

Na segunda-feira, obedecendo à regra do jogo, ela apresentou seu plano B — que de diferente do A só tem mesmo a extinção de uma taxa para não britânicos continuarem morando no país.

Theresa May aposta agora na urgência do acordo para, no corpo a corpo, cooptar aliados e sair da nova votação derrotada, sim, porém com uma margem mais confortável de apoio, que lhe permita voltar à União Europeia e renegociar pontos polêmicos.

No cenário da primeira-ministra está a votação de uma terceira proposta de acordo, mais palatável e mais premente ainda, em meados de fevereiro. “Ela não quer desistir. Acredita que tem fôlego para tirar novas concessões da União Europeia”, diz o cientista político irlandês Richard McMahon, da University College London.

O plano B será submetido ao Parlamento no dia 29, a mesma data da votação das moções “rebeldes”.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Europa
MensagemEnviado: 15 Mar 2019, 09:56 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 79605
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5427 vezes
Foi curtido: 1551 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Europa
MensagemEnviado: 24 Mar 2019, 14:18 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 79605
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5427 vezes
Foi curtido: 1551 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/03/24/ministro-diz-que-parlamento-decidira-futuro-do-brexit-na-proxima-semana.ghtml

O ministro de Economia do Reino Unido, Philip Hammond, afirmou neste domingo (24) que a Câmara dos Comuns decidirá na próxima semana qual será o futuro do "Brexit".

Em entrevista à emissora "Sky News", o político do Partido Conservador, liderado pela primeira-ministra britânica, Theresa May, disse que, de um modo ou de outro, os parlamentares terão a chance de discutir nos próximos dias o que fazer com o "Brexit".

"Espero que aproveitem a oportunidade para, caso não possam apoiar o acordo da primeira-ministra, dizerem claramente e sem ambiguidades o que é que eles podem apoiar", afirmou o ministro.

Philip Hammond não esclareceu se os conservadores terão liberdade de voto na hora de se posicionar sobre o futuro do "Brexit". Mas reconheceu que a defesa de um segundo referendo é uma posição "perfeitamente coerente" de ser adotada.

Mais de 1 milhão de pessoas foram às ruas de Londres no último sábado (23) defender que o povo britânico seja consultado mais uma vez se deseja sair da União Europeia (UE). Para Philip Hammond, a manifestação mostra que o segundo referendo é uma opção que deve ser considerada.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Europa
MensagemEnviado: 27 Mar 2019, 10:55 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 79605
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5427 vezes
Foi curtido: 1551 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Europa
MensagemEnviado: 27 Mar 2019, 12:12 
Offline
Avatar do usuário
Moderador

Registrado em: 06 Fev 2009, 23:33
Mensagens: 3846
Localização: Porto Alegre - RS
Curtiu: 3531 vezes
Foi curtido: 1115 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Inter
E.R escreveu:
Para Philip Hammond, a manifestação mostra que o segundo referendo é uma opção que deve ser considerada.


E que se dane a maioria que votou a favor do Brexit no primeiro referendo e que, até agora, não teve sua decisão cumprida.

Tá parecendo a turma do Chávez/Maduro: só vale resultado da eleição se eu ganho. Se eu perder, repetimos a eleição até eu ganhar...

_________________
Puxa! Re-Puxa! Super-Ultra-Puxa!


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Europa
MensagemEnviado: 27 Mar 2019, 13:55 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 07 Mai 2010, 19:59
Mensagens: 19916
Localização: The Twilight Zone
Curtiu: 558 vezes
Foi curtido: 3310 vezes
Programa CH: La Chicharra
Mas o Brexit aconteceu ué. Só que foi uma decisão desinformada que arrombou o ânus da economia britânica. Por isso o clamor pelo segundo referendo, pra tentar salvar alguma prega econômica que sobrou na bunda politica do Reino Unido.

_________________
ImagemImagem

FacebookMyAnimeListSteamYouTubeTwitter

La diferencia es que el Caminante del Mayab va caminando y la Cucaracha ya no puede caminar


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Europa
MensagemEnviado: 27 Mar 2019, 16:36 
Offline
Avatar do usuário
Moderador

Registrado em: 06 Fev 2009, 23:33
Mensagens: 3846
Localização: Porto Alegre - RS
Curtiu: 3531 vezes
Foi curtido: 1115 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Inter
Bernkastel escreveu:
Mas o Brexit aconteceu ué. Só que foi uma decisão desinformada que arrombou o ânus da economia britânica. Por isso o clamor pelo segundo referendo, pra tentar salvar alguma prega econômica que sobrou na bunda politica do Reino Unido.
Não, não aconteceu. O Reino Unido continua sendo parte da UE, e até agora está em debate no Parlamento de lá se haverá uma saída com acordo ou sem acordo (Hard Brexit).

Tentar forçar um novo referendo é passar por cima da decisão popular que ainda não foi atendida.

_________________
Puxa! Re-Puxa! Super-Ultra-Puxa!


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Europa
MensagemEnviado: 27 Mar 2019, 20:03 
Offline
Avatar do usuário
Usuário do Mês

Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Mensagens: 31684
Curtiu: 3456 vezes
Foi curtido: 2747 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
E.R escreveu:
É hoje que o @Barbano muda pra Europa.

_________________
No site do ECAD, encontrei um indício de que o SBT produzia aberturas próprias para as séries CH em 1986. Confira também outras descobertas e especulações no tópico da BGM do Chapolin.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Europa
MensagemEnviado: 27 Mar 2019, 20:41 
Offline
Avatar do usuário
Administrador

Registrado em: 28 Jan 2009, 13:29
Mensagens: 40034
Localização: São Carlos (SP)
Curtiu: 1983 vezes
Foi curtido: 3923 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: São Paulo
Nem que a vaca tussa. Sem horário de verão, sem credibilidade.

_________________
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Europa
MensagemEnviado: 27 Mar 2019, 20:59 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 07 Mai 2010, 19:59
Mensagens: 19916
Localização: The Twilight Zone
Curtiu: 558 vezes
Foi curtido: 3310 vezes
Programa CH: La Chicharra
Bugiga escreveu:
Não, não aconteceu. O Reino Unido continua sendo parte da UE, e até agora está em debate no Parlamento de lá se haverá uma saída com acordo ou sem acordo (Hard Brexit).

Tentar forçar um novo referendo é passar por cima da decisão popular que ainda não foi atendida.
Pela formalidade, sim, o Reino Unido esteve tecnicamente legalmente atrelado a UE o tempo todo. Porém os financiamentos já haviam parado, e com eles entrando em vigor cortes de gastos absurdos.

Pra falar a verdade, eu até queria estar a favor de algo que a BBC não gosta (afinal, "se a BBC apoia então é ruim pro país" costuma ser uma regrinha confiável). Mas o horizonte que eu vejo pro UK fora da UE parece meio fodidinho.

_________________
ImagemImagem

FacebookMyAnimeListSteamYouTubeTwitter

La diferencia es que el Caminante del Mayab va caminando y la Cucaracha ya no puede caminar


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Europa
MensagemEnviado: 30 Mar 2019, 21:43 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 79605
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5427 vezes
Foi curtido: 1551 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
O GLOBO

Os dissabores da primeira ministra britânica, Theresa May, na condução do processo de desligamento da Grã-Bretanha da União Europeia, o Brexit, têm ocorrido em pílulas.

O último acordo negociado por May com a UE, para uma saída minimamente organizada, foi pela terceira e última vez derrotado no Parlamento.

O campo de manobra da primeira-ministra se estreitou ao extremo.

Mesmo tendo ela se comprometido a abandonar o cargo, caso a Câmara dos Comuns avalizasse desta vez seu plano. A promessa foi uma tentativa de atrair votos, inclusive do seu partido, o Conservador, também dividido diante do resultado do referendo de 2016 que aprovou por pequena margem o Brexit.

A divisão britânica, refletida no Parlamento, chegou ao ponto de fazer com que nenhuma das oito propostas alternativas à de May, formuladas na Câmara dos Comuns, fosse aceita.

Com a derrota de ontem de Theresa May — no dia previsto para o Brexit propriamente dito — está fixado 12 de abril, a segunda sexta-feira do mês, como nova data para a saída da Grã-Bretanha do bloco.

O governo tem duas semanas para costurar uma alternativa de cumprimento do Brexit, conforme estabelecido pelo referendo de 2016, mas que permita a separação de forma ordenada.

Para evitar o previsível caos no comércio exterior e nas transações financeiras da Grã-Bretanha. Afinal, ao se separar da UE, os britânicos terão exportações e importações de bens e serviços submetidas a um tratamento tarifário não preferencial.

Eis por que há fuga de empresas, principalmente de sedes de instituições financeiras, para evitar taxações.

Portanto, é vital que haja um acordo com a UE, a fim de reduzir danos. Não se descarta um pedido de prorrogação do 12 de abril — que terá de ser aprovado por unanimidade pelos 27 países da União Europeia.

Uma alternativa é a convocação de eleições gerais, indicada em impasses como este.

E, à margem, cresce o apoio a um novo referendo. Há uma semana, numa petição online com este objetivo havia 5 milhões de assinaturas.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Europa
MensagemEnviado: 15 Abr 2019, 16:10 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 79605
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5427 vezes
Foi curtido: 1551 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 89 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Próximo

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para: