Fórum Portal Vídeos Guia de Episódios Sobre



Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]


Portal Chespirito Chico Rei



Criar novo tópico Responder  [ 354 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 17, 18, 19, 20, 21, 22, 23, 24  Próximo
  Exibir página para impressão

Re: Turismo e Viagens • Tópico sobre formas de turismo, viagens que você fez e demais atrações
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 03 Fev 2017, 19:59 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 63865
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3426 vezes
Foi curtido: 801 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
http://viagemeturismo.abril.com.br/materias/avioes-da-american-airlines-nao-tem-televisao-embutida/

Uma remessa de 100 novos aviões (Boeing 737) da American Airlines, por opção da empresa, vêm sem o monitor de televisão embutido nos encostos das poltronas.

Em contrapartida, os passageiros terão Wi-Fi e acesso a uma rede de streaming (muito provável que com Netflix) com filmes e séries em HD (alta definição) sem custo aos passageiros que têm um smartphone, notebook ou tablet.

Essa medida foi adotada, por enquanto, apenas para voos domésticos nos Estados Unidos, após a empresa notar que muitos passageiros preferem usar seus próprios equipamentos do que o serviço de entretenimento a bordo.

De acordo com a companhia, “mais de 90% dos passageiros já traz seus equipamentos eletrônicos para os voos”.

Assim, a prioridade está em oferecer uma conexão Wi-Fi de qualidade do começo ao fim da viagem.

A mudança por enquanto só foi implementada em voos domésticos nos Estados Unidos.

Os voos internacionais continuam com monitor.

Se livrar desse sistema acaba deixando as aeronaves mais leves e consequentemente reduz a quantidade de combustível necessária.

Se você ainda não viu o lado positivo dessa tendência, o fato de veículos internacionais afirmarem que poltronas sem o sistema de TV instalado (umas caixas de metal que ficam sob alguns assentos) podem aumentar em até 20% o espaço para as pernas pode te convencer.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Turismo e Viagens • Tópico sobre formas de turismo, viagens que você fez e demais atrações
MensagemEnviado: 04 Fev 2017, 11:41 
Offline
Avatar do usuário
Administrador

Registrado em: 28 Jan 2009, 14:29
Mensagens: 35280
Localização: São Carlos (SP)
Curtiu: 1214 vezes
Foi curtido: 2123 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: São Paulo
Fantasias: Não utilizo
Sim, em pouco tempo esse serviço se tornou obsoleto. Algumas empresas de ônibus começaram a comprar veículos com monitores individuais, e hoje já é mais útil o Wi-Fi e as tomadas USB nas poltronas.

_________________
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Turismo e Viagens • Tópico sobre formas de turismo, viagens que você fez e demais atrações
MensagemEnviado: 08 Fev 2017, 04:39 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 63865
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3426 vezes
Foi curtido: 801 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2016/07/empresarios-criam-comissao-para-tentar-alavancar-economia-do-df.html (2016)

Empresários do Distrito Federal criaram uma câmara de desenvolvimento para tentar alavancar projetos e diminuir o impacto da crise na economia local.

A lista de iniciativas de maior interesse inclui a instalação de um parque da Disney no Distrito Federal – há tratativas em curso desde 2013, segundo eles.

O governador Rodrigo Rollemberg afirmou ao G1 que o Governo do Distrito Federal pode abrir mão de impostos como ICMS e ISS para atrair empresas.

A câmara reúne o setor produtivo local, órgãos públicos, entidades do setor financeiro e organizações internacionais e é ligada à Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio).

Segundo os empresários, o principal objetivo das reuniões é apoiar a implantação de "grandes empreendimentos", como o parque da Disney.


Essa notícia é do ano passado. Com a política de vistos cada vez mais dura desde o governo Obama e mais ainda no governo Trump, a Disney devia sim pensar na possibilidade de construir um parque no Brasil ou no México, em países que não precisam de vistos e que não sejam tão caros de viajar como a França ou o Japão, onde a Disney tem parques.

-

https://disneyparks.disney.go.com/blog/2016/10/it-is-time-to-celebrate-disneyland-paris-25th-anniversary-coming-in-2017/

No dia 12 de abril de 2017, a Disneyland Paris, na França, vai completar 25 anos.

Em 2017, vai acontecer a reabertura da Star Tours : The Adventures Continue e da Space Mountain no parque.

O parque também terá novos meet-and-greets com os personagens da Disney.

O parque também terá um novo show no Animagique Theatre, o Mickey and the Magician.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Turismo e Viagens • Tópico sobre formas de turismo, viagens que você fez e demais atrações
MensagemEnviado: 15 Fev 2017, 23:19 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 63865
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3426 vezes
Foi curtido: 801 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/politica/2017/02/11/interna_politica,688711/felipe-carreras-o-turismo-no-brasil-e-a-reciprocidade-do-visto-para-o.shtml

O ministro do Turismo, Marx Beltrão defende a isenção do visto para os americanos que desejarem entrar no Brasil nos próximos dois anos.

Uma decisão acertada diante de uma economia fragilizada e da necessidade de impulsionarmos ainda mais o turismo no país como uma das soluções para diminuir a situação delicada pela qual passamos.

Diante de um país como o nosso, com um litoral único, uma gastronomia admirada, uma cultura singular, uma riqueza histórica e um povo acolhedor, é impossível recebermos apenas cerca de 600 mil norte-americanos por ano.

Apesar de eles estarem em segundo lugar no ranking de emissores de turistas para o Brasil, atrás apenas da Argentina, com dois milhões de visitantes durante o mesmo período, acredito que este número poderia ser muito maior caso a reciprocidade do visto deixasse de existir.

A própria Organização Mundial do Turismo (OMT) apontou a exigência do documento como uma das principais barreiras para o crescimento das atividades turísticas em qualquer país.

O que é preciso deixar bem claro é que as motivações para a reciprocidade são totalmente diferentes. Os Estados Unidos criaram uma barreira para evitar uma chegada desenfreada de imigrantes, seja de brasileiros ou de qualquer outra nacionalidade, com outros objetivos que não sejam o turismo.

O Brasil começou a exigir o visto porque os EUA exigiam. É uma espécie de resposta sem muita explicação lógica. Ao contrário do que muitos pensam, não existe uma demanda reprimida de norte-americanos por virem ao nosso país. Existe apenas uma dificuldade para eles virem. E se existe dificuldade, eles têm uma série de outros locais para viajar com a família e deixarem seus dólares.

Enquanto existir a exigência do visto, o Brasil vai perder a oportunidade de receber turistas dos Estados Unidos.

Atualmente, os norte-americanos são os que mais passam tempo no país. São cerca de 20 dias. O gasto médio deles também é o maior.

Quando criamos este tipo de barreira, estamos deixando escapar a chance de promovermos o incremento nas atividades turísticas, gerar empregos, movimentar a economia e captar cada vez mais famílias dos EUA para visitar todo o país.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Turismo e Viagens • Tópico sobre formas de turismo, viagens que você fez e demais atrações
MensagemEnviado: 16 Fev 2017, 17:30 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 63865
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3426 vezes
Foi curtido: 801 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
http://economia.estadao.com.br/noticias/negocios,no-governo-aerea-com-capital-100-externo-e-consenso,70001667491

Responsável por conduzir a elaboração da medida provisória que reforçará o setor de turismo, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse que a ideia de abrir totalmente o capital das companhias aéreas nacionais ao capital estrangeiro já virou consenso dentro do governo.

O assunto tem sido discutido entre integrantes da cúpula do governo, no Planalto, com os ministérios do Planejamento, do Turismo e das Relações Exteriores.

A medida faz parte de um pacote para incentivar o turismo no Brasil, que também deverá incluir outras duas ações : a criação da Agência Brasileira de Turismo (Abratur) para promover o setor no exterior e a suspensão, por dois anos, da exigência de vistos para turistas dos quatro países que mais enviam visitantes ao Brasil – Estados Unidos, Canadá, Japão e Austrália – e têm um padrão de gastos relativamente alto.

“A abertura de 100% do capital estrangeiro nas companhias aéreas é ponto pacificado dentro do governo. Essa questão será colocada na MP”, afirmou Eliseu Padilha.

O debate sobre o aumento da participação estrangeira nas aéreas atravessa governos, mas nunca caminhou até hoje.

Os defensores, porém, alegam que nenhum dos antecessores teve a força política do presidente Michel Temer no Congresso para aprovar medidas polêmicas.

Além disso, o governo avalia que as quatro maiores empresas brasileiras – Latam, Gol, Avianca e Azul – já têm, de alguma forma, participação de capital estrangeiro bem maior do que os 20% previstos em lei.

Conforme o Estado apurou, as empresas não se opõem à abertura total, com exceção da Azul.

Na avaliação prévia do governo, apenas quatro empresas estrangeiras teriam interesse em operar novos voos domésticos no Brasil.

Isso teria impacto positivo na malha aérea, que incluiria um número maior de destinos, e também nas tarifas, porque a concorrência tenderia a baixar os preços das passagens.

Isso ajudaria também a atrair turistas estrangeiros para o Brasil, com ofertas de voos para locais que hoje são atrativos para visitantes estrangeiros, mas são considerados pouco rentáveis pelas aéreas locais.

A abertura total do setor aéreo para estrangeiros chegou a ser aprovada pelo Congresso em julho passado, dentro da MP 714. O texto original, encaminhado pela ex-presidente Dilma Rousseff, previa aumento do limite de 20% para 49%.

Na Câmara, foi aprovada uma emenda para liberar os 100%.

Porém, resistências no Senado fizeram Michel Temer vetar a questão após um acordo.

O consenso era de que o tema era muito complexo para ser avaliado junto com outros assuntos.

É por isso que, agora, a participação estrangeira volta dentro de um pacote voltado ao turismo.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Turismo e Viagens • Tópico sobre formas de turismo, viagens que você fez e demais atrações
MensagemEnviado: 17 Fev 2017, 12:27 
Offline
Avatar do usuário
Moderador Global

Registrado em: 25 Mar 2012, 22:58
Mensagens: 4847
Localização: São José do Sul-RS
Curtiu: 2167 vezes
Foi curtido: 295 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Grêmio
Fantasias: Não utilizo
E.R escreveu:
http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/politica/2017/02/11/interna_politica,688711/felipe-carreras-o-turismo-no-brasil-e-a-reciprocidade-do-visto-para-o.shtml

O ministro do Turismo, Marx Beltrão defende a isenção do visto para os americanos que desejarem entrar no Brasil nos próximos dois anos.

Uma decisão acertada diante de uma economia fragilizada e da necessidade de impulsionarmos ainda mais o turismo no país como uma das soluções para diminuir a situação delicada pela qual passamos.

Diante de um país como o nosso, com um litoral único, uma gastronomia admirada, uma cultura singular, uma riqueza histórica e um povo acolhedor, é impossível recebermos apenas cerca de 600 mil norte-americanos por ano.

Apesar de eles estarem em segundo lugar no ranking de emissores de turistas para o Brasil, atrás apenas da Argentina, com dois milhões de visitantes durante o mesmo período, acredito que este número poderia ser muito maior caso a reciprocidade do visto deixasse de existir.

A própria Organização Mundial do Turismo (OMT) apontou a exigência do documento como uma das principais barreiras para o crescimento das atividades turísticas em qualquer país.

O que é preciso deixar bem claro é que as motivações para a reciprocidade são totalmente diferentes. Os Estados Unidos criaram uma barreira para evitar uma chegada desenfreada de imigrantes, seja de brasileiros ou de qualquer outra nacionalidade, com outros objetivos que não sejam o turismo.

O Brasil começou a exigir o visto porque os EUA exigiam. É uma espécie de resposta sem muita explicação lógica. Ao contrário do que muitos pensam, não existe uma demanda reprimida de norte-americanos por virem ao nosso país. Existe apenas uma dificuldade para eles virem. E se existe dificuldade, eles têm uma série de outros locais para viajar com a família e deixarem seus dólares.

Enquanto existir a exigência do visto, o Brasil vai perder a oportunidade de receber turistas dos Estados Unidos.

Atualmente, os norte-americanos são os que mais passam tempo no país. São cerca de 20 dias. O gasto médio deles também é o maior.

Quando criamos este tipo de barreira, estamos deixando escapar a chance de promovermos o incremento nas atividades turísticas, gerar empregos, movimentar a economia e captar cada vez mais famílias dos EUA para visitar todo o país.

É a velha história de quem quer estender a mão pra quem te arranca o braço.

_________________
Rebecca R. Snowcraft escreveu:
vai a merda


iago83 escreveu:
Não, muito obrigado. Prefiro ir ao meu computador, que lá eu crio minhas animações à vontade ou ao Coral Jovem da minha igreja.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Turismo e Viagens • Tópico sobre formas de turismo, viagens que você fez e demais atrações
MensagemEnviado: 17 Fev 2017, 15:03 
Offline
Avatar do usuário
Administrador

Registrado em: 28 Jan 2009, 14:29
Mensagens: 35280
Localização: São Carlos (SP)
Curtiu: 1214 vezes
Foi curtido: 2123 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: São Paulo
Fantasias: Não utilizo
Na verdade eles não fizeram nada contra nós. E aumentar o turismo de americanos por aqui ajudaria bastante no crescimento desse setor.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Turismo e Viagens • Tópico sobre formas de turismo, viagens que você fez e demais atrações
MensagemEnviado: 17 Fev 2017, 18:11 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 63865
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3426 vezes
Foi curtido: 801 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
Canadá e Estados Unidos tem visto, o Japão também.

Tinha que ter um parque da Disney e um parque da Universal em algum país das Américas ou em algum país africano ou da Oceania que não tivesse a exigência de visto.

Ou no México ou no Brasil ou em algum outro país que tivesse condições de fazer.

Alguns países que poderiam ter esses parques :

. África do Sul
. Brasil
. México
. Nova Zelândia
. Costa Rica

--

2 parques desses no México, por exemplo, reduziria e muito o número de brasileiros que pediriam visto para os Estados Unidos e muita gente iria para o México.

--

http://oglobo.globo.com/boa-viagem/area-de-avatar-na-disney-sera-inaugurada-dia-27-de-maio-20891262

Imagem

Uma das atrações mais aguardadas dos parques temáticos de Orlando já tem data para abrir as portas.

A Walt Disney Company anunciou que Pandora, a área dedicada ao filme "Avatar", no Animal Kingdom, na Flórida, será inaugurada dia 27 de maio de 2017.

A land (como são chamadas as áreas dentro dos parques temáticos) Pandora - The world of Avatar irá reproduzir o universo idealizado pelo cineasta James Cameron, diretor do filme "Avatar" (2009).

Visitantes explorarão canais em barcos, verão plantas fosforescentes, montanhas que flutuam no tranquilo passeio Na'vi River Journey.

Depois, poderão voar a bordo de um banshees, aqueles grandes animais voadores, no simulador Avatar Flight of Passage.

Na área também haverá opções para comidas e bebidas temáticas, como o restaurante Satu'li Canteen e o bar Pongu Pongu.

Sem falar nas lojinhas, claro.

O projeto surgiu em 2011 e desde o início das obras, em janeiro de 2014, a área é uma das mais aguardadas entre os visitantes do parque justamente pelos avanços tecnológios que promete apresentar.

O próprio James Cameron e sua produtora Lightstorm participaram diretamente de todas as etapas de criação da atração, que se comunicará diretamente com a continuação da franquia nos cinemas. "Avatar 2", no entanto, não tem previsão de estreia.

O anúncio foi feito pelo CEO da Walt Disney Company, Bob Iger, no evento Walt Disney Company Q1 FY17, na última terça-feira.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Turismo e Viagens • Tópico sobre formas de turismo, viagens que você fez e demais atrações
MensagemEnviado: 20 Fev 2017, 22:06 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 04 Dez 2011, 23:00
Mensagens: 23854
Curtiu: 1937 vezes
Foi curtido: 1248 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Fantasias: Não utilizo
Projeto de lei pode derrubar nova regra da Anac sobre bagagem
http://blogs.oglobo.globo.com/lauro-jar ... gagem.html


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Turismo e Viagens • Tópico sobre formas de turismo, viagens que você fez e demais atrações
MensagemEnviado: 21 Fev 2017, 03:09 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 63865
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3426 vezes
Foi curtido: 801 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
Demorou muito para alguém no Congresso se mexer contra essa decisão do Anac.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Turismo e Viagens • Tópico sobre formas de turismo, viagens que você fez e demais atrações
MensagemEnviado: 21 Fev 2017, 10:24 
Offline
Avatar do usuário
Administrador

Registrado em: 28 Jan 2009, 14:29
Mensagens: 35280
Localização: São Carlos (SP)
Curtiu: 1214 vezes
Foi curtido: 2123 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: São Paulo
Fantasias: Não utilizo
Acho que cada um deve pagar pelos serviços que utiliza.

Quer levar bagagem? Pague por isso. Quer comer a bordo? Pague por isso. Em aviação tudo tem um custo considerável, e não faz sentido que o passageiro que só quer se deslocar de uma cidade para outra pague a conta dos demais.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Turismo e Viagens • Tópico sobre formas de turismo, viagens que você fez e demais atrações
MensagemEnviado: 21 Fev 2017, 10:37 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 63865
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3426 vezes
Foi curtido: 801 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
Na questão da comida, eu concordo.

Na da bagagem, acho que dá pra chegar em um meio termo, o preços das passagens já é muito caro e o passageiro tem que receber uma compensação no caso de quanto bagagem pode levar. Quem extrapolar, que pague sim a mais. Mas existe uma quantidade média que as pessoas normais levam de bagagem.

Se a decisão da Anac for acatada, nada garante que o preço das passagens vai dimunir.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Turismo e Viagens • Tópico sobre formas de turismo, viagens que você fez e demais atrações
MensagemEnviado: 01 Mar 2017, 02:23 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 63865
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3426 vezes
Foi curtido: 801 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
http://economia.estadao.com.br/noticias/negocios,cobranca-de-bagagem-nao-garantira-reducao-de-preco-de-passagem-diz-gol,70001681641

O início da cobrança de bagagem pelas companhias aéreas, que deverá ocorrer a partir de 14 de março, quando entrar em vigor a nova norma da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), não garantirá bilhetes de voo mais baratos, na comparação com os patamares atuais.

Segundo o presidente da Gol, Paulo Kakinoff, é certo que a tarifa para quem viajar sem mala será menor do que o preço pago por quem despachar bagagem.

O executivo disse, porém, que não há projeção de redução de preço por parte da Gol. “(O consumidor) não vai comparar meu preço antes e depois da regra. Vai comparar o meu preço com o do meu competidor (no dia em que quiser viajar).”

Paulo Kakinoff acrescentou ainda que as tarifas aéreas são dinâmicas, variando conforme procura, data da viagem e câmbio – já que cerca de 50% dos custos do setor estão atrelados ao dólar.

A nova regra da Anac atende a uma demanda antiga do setor aéreo, que defendia o fim da franquia de bagagem gratuita, de até 23 kg por passageiro nos voos nacionais, com o argumento de aproximar as normas brasileiras aos padrões internacionais.

Hoje, apenas Venezuela, Rússia e México também exigem que as companhias aéreas transportem pelo menos uma mala sem cobrar, segundo a própria agência reguladora.

Para Paulo Kakinoff, o fim da franquia deverá aumentar a concorrência entre as companhias aéreas, o que poderá acabar beneficiando o consumidor. “A possibilidade de poder cobrar a mala não traz outra coisa senão a intensificação da competição. Cada companhia vai precificar o que cobrar da mala e se vai ou não cobrar.”

O executivo diz que, a bagagem grátis ou uma tarifa de despacho menor podem ser itens importantes na hora de conquistar a preferência do cliente.

Hoje, a Gol tem 38,8% de participação no segmento de voos domésticos, enquanto a Latam fica na segunda posição, com 31,3%.

Paulo Kakinoff afirmou ainda que a estratégia da empresa tem sido o corte de despesas. Entre as medidas adotadas pela Gol para sobreviver a 2016, um dos piores anos da história do setor, foi diminuir a oferta de assentos. O executivo diz que, no cenário econômico atual, não está descartada a hipótese de a empresa devolver aeronaves neste ano para reduzir ainda mais essa oferta.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Turismo e Viagens • Tópico sobre formas de turismo, viagens que você fez e demais atrações
MensagemEnviado: 01 Mar 2017, 12:21 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 14 Nov 2012, 00:45
Mensagens: 4518
Localização: Quinto dos Infernos
Curtiu: 34 vezes
Foi curtido: 321 vezes
Programa CH: Chespirito
Time de Futebol: AHS,S Futebol Clube
Fantasias: Não utilizo
O mesmo cara que disse que as passagens iriam baixar agora está se contradizendo... Impressionante.

_________________
Imagem

VENCER NÃO É TUDO, É PRECISO TAMBÉM HUMILHAR O ADVERSÁRIO...


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Turismo e Viagens • Tópico sobre formas de turismo, viagens que você fez e demais atrações
MensagemEnviado: 01 Mar 2017, 18:37 
Offline
Avatar do usuário
Administrador

Registrado em: 28 Jan 2009, 14:29
Mensagens: 35280
Localização: São Carlos (SP)
Curtiu: 1214 vezes
Foi curtido: 2123 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: São Paulo
Fantasias: Não utilizo
Citação:
Hoje, apenas Venezuela, Rússia e México também exigem que as companhias aéreas transportem pelo menos uma mala sem cobrar, segundo a própria agência reguladora.

Precisa falar mais alguma coisa?

Lembrando que nesse mercado os preços são livres. Se as empresas quiserem ganhar mais dinheiro em cima do consumidor, podem fazer isso aumentando o valor das passagens. A cobrança do transporte de bagagens não interfere nisso.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 354 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 17, 18, 19, 20, 21, 22, 23, 24  Próximo

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para: