Carros e Motos

Tópico para notícias e discussão sobre veículos.

Espaço para debates sobre assuntos que não sejam relacionados a Chespirito, como cinema, política, atualidades, música, cotidiano, games, tecnologias, etc.
Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 86514
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5348 vezes
Curtiram: 1858 vezes

Re: Carros e Motos

Mensagem por E.R » 23 Jan 2020, 03:49

https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2 ... oras.shtml

As três maiores locadoras de veículos do país – Localiza, Unidas e Movida – faturam mais com a revenda de seminovos do que com a locação de veículos.

A receita dessas vendas varia de 51% a 60% do faturamento bruto dessas empresas, segundo os balanços da companhia referentes a 2019.

O setor é o principal cliente da venda direta, na qual empresas em geral e outros públicos (como pessoas com deficiência e taxistas) podem comprar carros diretamente das montadoras, com benefícios fiscais como alíquotas mais baixas de ICMS e IPI.

As locadoras também se beneficiam de descontos que conseguem das montadoras devido às compras em grandes quantidades.

Como colocam o carro à venda no setor de usados a preço de mercado, conseguem obter margens de lucro maiores que os demais revendedores.

"Conseguem descontos de 15%, ou até mais, em modelos novos que têm vendas mais fracas no varejo. Esses carros rodam na locadora por um tempo e depois são vendidos ao consumidor final ou a concessionárias se a atratividade do carro é menor", diz Milad Kalume, gerente de desenvolvimento da consultoria Jato.

O setor, segundo a Abla (associação das locadoras), é responsável por 20% das compras de carros novos no país –44% de todas as vendas diretas.

As três maiores locadoras responderam por 14,88% de todos emplacamentos de 2019, segundo a Fenabrave (federação das distribuidoras). Juntas, compraram 288 mil veículos.

Segundo o advogado tributarista Rodrigo Prado Gonçalves, sócio do escritório Felsberg, as locadoras não recolhem o ICMS na revenda dos carros por se tratar de ativo imobilizado, sobre o qual não há a incidência desse imposto.

Os incentivos fiscais que beneficiam o setor, porém, têm sido alvo de reclamações. A Fenabrave afirma que as locadoras vendem os usados a preços mais baixos graças aos descontos que têm, o que pressiona as margens do setor como um todo.

"Também compramos na fonte, mas pagamos ICMS [na revenda]. Locadoras, quando vendem, são isentas. É uma assimetria", diz Alarico Assumpção, presidente da Fenabrave.

As discussões chegaram ao Congresso. Há um projeto de lei do deputado Mario Heringer para ampliar o tempo que a locadora deve ficar com o carro antes de poder revendê-lo sem perder o benefício fiscal dos atuais 12 meses para 24 meses.

Essa regra, diz Luca Salvoni, tributarista sócio do Cascione, não é exclusiva de locadoras e pode ser aproveitada por empresas em geral.

Na prática, diz o deputado Mario Heringer, não há controle sobre o prazo mínimo para revenda. "Virou uma bagunça, até porque não existe lei que restrinja, é um acordo. E quem cumpre acordo no Brasil ?", diz.

O deputado usa dados da Fenabrave que apontam que só com o IPI menor para venda direta a União deixou de arrecadar cerca de R$ 2,4 bilhões em 2019 para defender o projeto.

A federação, porém, é contra o projeto de Mario Heringer e defende a manutenção do prazo mínimo de vendas em 12 meses. "O que defendemos é uma fiscalização dos estados para que esse prazo [de 12 meses] seja cumprido. Há empresas que não respeitam esse tempo mínimo", afirma Alarico Assumpção.

São Paulo, Minas Gerais e Paraná, que concentram sedes ou grande parte das operações das principais locadoras, afirmam cobrar 12% de ICMS na venda direta de veículos.

A Secretaria da Fazenda de São Paulo afirmou que fiscaliza as empresas do setor para verificar as operações de revenda.

A Abla (associação das locadoras) diz que as locadoras precisam vender seus carros usados para renovar seus ativos e que essa venda é feita pela tabela Fipe.

"A venda de veículos para renovação de frota tende a superar o valor de faturamento com locação na medida em que, na venda do veículo, é recebido o valor integral do bem, e na locação é recebida somente uma fração do valor", diz a associação.

Especialistas, no entanto, afirmam que, como o resultado da venda de seminovos já passa da metade do faturamento das locadoras, seria necessário uma revisão do modelo de negócio e das isenções às quais o setor tem acesso.

A Localiza, maior empresa do setor, questiona no Supremo Tribunal Federal o prazo de 12 meses para revenda. Pede para poder comercializar os carros antes disso sem pagar o tributo.

"O argumento é que o convênio é inconstitucional, pois bens do ativo imobilizado não são [considerados] mercadorias", afirma o advogado Rodrigo Prado Gonçalves.
Imagem
Imagem

Imagem
SBT, exiba os episódios perdidos mundiais do Chaves e do Chapolin !
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 86514
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5348 vezes
Curtiram: 1858 vezes

Re: Carros e Motos

Mensagem por E.R » 24 Jan 2020, 00:49

Imagem
Imagem

Imagem
SBT, exiba os episódios perdidos mundiais do Chaves e do Chapolin !
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 86514
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5348 vezes
Curtiram: 1858 vezes

Re: Carros e Motos

Mensagem por E.R » 31 Jan 2020, 05:15

https://valor.globo.com/empresas/notici ... iana.ghtml

A Renault anunciou que a aliança com a Nissan e a Mitsubishi chegou a acordo sobre uma nova divisão de atividades e tarefas.

A Renault divulgou que o conselho operacional da aliança ratificou novos termos em uma reunião que ocorreu no Japão, estabelecendo o papel de cada um dos membros da parceria.

A Nissan será o ponto de referência da aliança na China, a Renault para a Europa e a Mitsubishi para o sudeste asiático.

Sob o novo acordo, cada empresa será responsável pelo desenvolvimento de tecnologia, que será subsequentemente distribuída aos outros dois membros.

As três montadoras também apontarão um representante para assumir a liderança de determinados projetos relacionados a motores, projetos de novos veículos e tecnologia.

A pressão para compartilhar tecnologia virou um ponto sensível entre os engenheiros de Renault e Nissan, segundo fontes nas duas empresas.

Alguns engenheiros na Nissan acreditam que a Renault depende muito dos desenvolvimentos japoneses e se incomodam com o tempo gasto acomodando o parceiro.

Do lado da Renault, alguns acreditam que a Nissan é muito resistente a cooperação.

A Renault informou que os planos das montadoras para a aliança no médio prazo serão apresentados em maio.
Imagem
Imagem

Imagem
SBT, exiba os episódios perdidos mundiais do Chaves e do Chapolin !
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 86514
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5348 vezes
Curtiram: 1858 vezes

Re: Carros e Motos

Mensagem por E.R » 31 Jan 2020, 21:08

Imagem
Imagem

Imagem
SBT, exiba os episódios perdidos mundiais do Chaves e do Chapolin !
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 86514
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5348 vezes
Curtiram: 1858 vezes

Re: Carros e Motos

Mensagem por E.R » 01 Fev 2020, 04:59

https://valor.globo.com/empresas/notici ... 2020.ghtml

A General Motors não vai participar do Salão do Automóvel de São Paulo neste ano.

A montadora americana General Motors se junta a Toyota e BMW que já anunciaram que não vão participar do evento.

A GM alega que a estratégia de marketing é baseada na experiência do cliente e cada vez mais digital.

Segundo a GM, 32% das vendas de varejo iniciam-se no ambiente digital. A empresa alega que 93% da rede de concessionários é integrada em uma plataforma única na internet, que conta com o estoque de cada concessionária, de veículos novos e seminovos.

Assim, segundo a montadora, a estratégia é focar cada vez menos em formatos analógicos e apostar mais em plataformas digitais e customizáveis.
Imagem
Imagem

Imagem
SBT, exiba os episódios perdidos mundiais do Chaves e do Chapolin !
Imagem

Avatar do usuário
Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 37272
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3481 vezes
Curtiram: 3006 vezes

Re: Carros e Motos

Mensagem por Victor235 » 01 Fev 2020, 22:00

E.R escreveu:
É impressão minha ou o QR Code nem funcionou no teste que fizeram durante a gravação?
Na luta pela mudança da favicon do fórum.

Avatar do usuário
Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 37272
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3481 vezes
Curtiram: 3006 vezes

Re: Carros e Motos

Mensagem por Victor235 » 01 Fev 2020, 23:08

Imagem
Fabricantes e Detrans dizem que mudanças desconfiguraram placa do Mercosul, que ficou menos segura; governo nega
O governo diz ainda dois elementos de segurança foram retirados (no ano passado) porque eles encareciam a placa. Em um deles, o motivo seria o pagamento de royalties — mas a empresa detentora dessa patente afirmou ao G1 que já tinha aberto mão de seus direitos.
Não há consenso sobre as placas terem ficado mais baratas: um levantamento junto aos estados aponta locais em que elas ficaram ou deverão ficar mais caras, segundo Detrans.
O lacre, fixado na placa traseira, é apontado como o principal recurso de segurança das placas cinzas, com as quais a maioria dos veículos brasileiros ainda vão circular.
Ainda assim, criminosos também acabam falsificando a peça, para tentar despistar as autoridades. Nesse caso, diz o delegado titular da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Curitiba, Eric Guedes, é ainda mais difícil descobrir se um carro foi clonado.
O governo defende que o QR Code, mantido desde a apresentação da placa do Mercosul, em 2014, será suficiente para reduzir os riscos, "herdando", inclusive, as funções do lacre — que foi retirado do padrão em 2018.
Já existem, no entanto, relatos de clonagem de placas do Mercosul. Em julho passado, dois homens foram presos em São Paulo com carros cujas placas seguiam o novo modelo. Em setembro, o jornal "Extra" relatou o roubo de placas no Rio de Janeiro.
https://g1.globo.com/carros/noticia/202 ... nega.ghtml
Na luta pela mudança da favicon do fórum.

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 86514
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5348 vezes
Curtiram: 1858 vezes

Re: Carros e Motos

Mensagem por E.R » 02 Fev 2020, 02:39

Victor235 escreveu:É impressão minha ou o QR Code nem funcionou no teste que fizeram durante a gravação?
Não reparei, não sou tão detalhista que nem você. :lol:

Acho importante que se use o QR Code nas placas, mesmo deixando as placas mais caras.
Imagem
Imagem

Imagem
SBT, exiba os episódios perdidos mundiais do Chaves e do Chapolin !
Imagem

Avatar do usuário
Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 37272
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3481 vezes
Curtiram: 3006 vezes

Re: Carros e Motos

Mensagem por Victor235 » 02 Fev 2020, 21:04

Eu só não consigo entender como alguém tem um senso estético tão feio. Não importa que tais placas sejam mais seguras, não me entra na cabeça como aprovaram um projeto de placa TÃO HORROROSO quanto esta placa do Mercosul. É pagar pra estragar o carro. Pra piorar, não mostra a cidade de forma direta, o que acho bem ruim.
Na luta pela mudança da favicon do fórum.

Avatar do usuário
gusta dos biscoitos
Membro
Membro
Mensagens: 9501
Registrado em: 24 Jul 2018, 12:05
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Grêmio
Localização: RSRSRSRS
Curtiu: 4001 vezes
Curtiram: 820 vezes

Re: Carros e Motos

Mensagem por gusta dos biscoitos » 02 Fev 2020, 21:59

Modelo antigo >>>>>>>>

Nele é até mais fácil de ler a placa do carro.
Atchim!

gusta pegou o banidovírus

KKKKKKKKK

Avatar do usuário
Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 37272
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3481 vezes
Curtiram: 3006 vezes

Re: Carros e Motos

Mensagem por Victor235 » 02 Fev 2020, 22:07

Não tem nada mais feio que essa placa.
Na luta pela mudança da favicon do fórum.

Avatar do usuário
Barbano
Administrador
Administrador
Mensagens: 41319
Registrado em: 28 Jan 2009, 13:29
Time de Futebol: São Paulo
Localização: São Carlos (SP)
Curtiu: 1799 vezes
Curtiram: 3635 vezes

Re: Carros e Motos

Mensagem por Barbano » 04 Fev 2020, 10:04

Único defeito da placa é essa marca d'água nas letras e números. Se fossem totalmente pretas, seria perfeita (bem mais bonita que a antiga).

Outra coisa que faria diferente: letras sempre pretas. Só mudaria a cor de fundo do "Brasil", de azul para vermelho nos veículos de aluguel (como ônibus e caminhões).

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 86514
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5348 vezes
Curtiram: 1858 vezes

Re: Carros e Motos

Mensagem por E.R » 08 Fev 2020, 07:57

Imagem
Imagem

Imagem
SBT, exiba os episódios perdidos mundiais do Chaves e do Chapolin !
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 86514
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5348 vezes
Curtiram: 1858 vezes

Re: Carros e Motos

Mensagem por E.R » 14 Fev 2020, 09:29

https://veja.abril.com.br/economia/a-de ... utomoveis/

Embora a indústria brasileira tenha demonstrado algum otimismo após o registro do terceiro ano seguido de alta no emplacamento de veículos no país, uma novidade inconveniente disparou um sinal de alerta no setor : a decisão de pelo menos uma dezena de grandes montadoras de não participar do Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, marcado para novembro próximo.

Entre as que já anunciaram a ausência (ou ainda avaliam a participação), destacam-se a General Motors, fabricante do Onix, o carro mais popular do Brasil, a Toyota, que produz o modelo mais vendido no mundo, o Corolla, e algumas marcas de luxo como BMW, Audi, Jaguar e Land Rover — todas elas alvo da atenção de boa parte dos mais de 740 000 presentes à última edição do salão, realizada em 2018.

Antes que alguém acuse os organizadores do evento paulista de incompetência, cabe uma ponderação : a crise das feiras de automóveis é um fenômeno global.

As fabricantes de veículos estão deixando de ver valor nessa tradicional vitrine da indústria.

Na Alemanha, sede do maior conglomerado do mundo, o grupo Volkswagen, a próxima edição do Salão de Frankfurt está ameaçada.

O Salão de Detroit, realizado no local que um dia ostentou o apelido de “Cidade do Motor”, dada a concentração de fabricantes, anunciou que neste ano sua edição, tradicionalmente realizada em janeiro, será adiada para junho, durante o verão americano.

Mesmo assim, não é garantida a presença das grandes marcas. A decisão de alterar a data foi tomada para evitar a concorrência de outra feira, a Consumer Electronics Show (CES), voltada à tecnologia e realizada nas primeiras semanas do ano, em Las Vegas.

Um problema identificado no formato atual dos salões diz respeito à garantia do retorno sobre o investimento nesse tipo de evento. Em São Paulo, o custo do metro quadrado para instalar um estande no salão pode superar os 1 000 reais. “Para cada real que eu gasto na compra do espaço, preciso de outros 3 para montar a estrutura e fazer a ativação comercial”, diz o responsável pelo marketing de uma grande marca.

Considerando-se os diferentes tamanhos dos estandes, a conta fica entre 5 milhões e 20 milhões de reais por montadora. Entretanto, mesmo com um investimento tão alto, não existe nenhum parâmetro que permita avaliar a capacidade de gerar vendas. “É melhor fazer um evento menor, exclusivo, em que eu não tenha a concorrência de outras marcas e consiga falar diretamente com meus clientes”, declarou outro porta-voz.

Mais do que exibir um carro possante ao lado de uma bela modelo — sim, as montadoras também estão preocupadas com críticas de sexismo — a estratégia agora é atrair potenciais compradores com mimos exclusivos. Marcas voltadas ao mercado off-road, por exemplo, oferecem desde provas de rali até viagens a cenários paradisíacos do Brasil.

Outras, do segmento esportivo, convidam para testes em autódromos. Com seus estandes, luzes e aglomerações, os salões se tornaram anacrônicos diante de uma realidade em que o próprio futuro do negócio automotivo está em uma encruzilhada, seja pelo acelerado desenvolvimento de modelos elétricos, seja pelos serviços de compartilhamento de veículos no lugar da venda dos modelos em si.
Imagem
Imagem

Imagem
SBT, exiba os episódios perdidos mundiais do Chaves e do Chapolin !
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 86514
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5348 vezes
Curtiram: 1858 vezes

Re: Carros e Motos

Mensagem por E.R » 18 Fev 2020, 12:23

https://g1.globo.com/jornal-nacional/no ... tins.ghtml

Motoristas de dois estados do Brasil não conseguiram mudar as placas dos carros para o padrão Mercosul.

Tocantins e Minas Gerais já aderiram à placa Mercosul. Mas os Detrans desses estados ainda não começaram os emplacamentos por problemas operacionais.

Na capital mineira, teve fila.

“Cheguei cedo também, estou esperando, vamos ver o que vai decidir”, disse um motorista.

A previsão do Detran de Minas Gerais é que o sistema volte a funcionar na terça-feira (17) e que os motoristas já saiam pelas ruas com o novo modelo de placa.

Em Tocantins, o serviço também deve ser retomado na terça.

A nova placa tem uma combinação de quatro letras e três números. A tarja azul traz o nome do Brasil e a bandeira verde e amarela, além do emblema do Mercosul.

Não há registro da cidade ou estado. Ela poderá ser rastreada porque vai ter um código de segurança que vai dificultar a clonagem e a falsificação.

“Ela aumenta o nível de segurança para o cidadão, devido ao processo, desde o início da fabricação dela até a estampadora. O proprietário do veículo adquirir, há um rastreamento dessa placa, então, a gente consegue identificar se está tendo alguma fraude”, explicou o diretor do Detran de Minas Gerais, Kleyverson Rezende.

A nova placa é obrigatória em veículos novos, em casos de mudança de município, de categoria ou ainda se a placa for roubada, furtada ou danificada.

O aposentado Ilton Figueiredo é de São Paulo e vai se mudar para o interior de Minas Gerais. Já quer trocar a placa.

“Dizem que vai ser mais seguro para os brasileiros. Se for seguro para nós será melhor”, afirmou.
Imagem
Imagem

Imagem
SBT, exiba os episódios perdidos mundiais do Chaves e do Chapolin !
Imagem

Responder