Bebidas

O que vocês gostam de beber?

Espaço para debates sobre assuntos que não sejam relacionados a Chespirito, como cinema, política, atualidades, música, cotidiano, games, tecnologias, etc.
Avatar do usuário
Barbano
Administrador
Administrador
Mensagens: 41311
Registrado em: 28 Jan 2009, 13:29
Time de Futebol: São Paulo
Localização: São Carlos (SP)
Curtiu: 1798 vezes
Curtiram: 3632 vezes

Re: Bebidas

Mensagem por Barbano » 18 Mai 2020, 13:20

Hyuri Augusto escreveu:Através do Ifood/Uber Eats. Eles também prestam serviços para adegas.
Obviamente o decreto também proíbe a venda por essas plataformas. Elas não estão à margem da lei.
Imagem

Avatar do usuário
Rondamon
Membro
Membro
Mensagens: 5112
Registrado em: 30 Jul 2012, 11:48
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: São Paulo
Localização: Caieiras, SP
Curtiu: 271 vezes
Curtiram: 248 vezes

Bebidas

Mensagem por Rondamon » 18 Mai 2020, 13:44

Muitas lives estão sendo patrocinadas por delivery de cerveja. Certamente não se aplicam por lá.
Há 7 anos no Fórum Chaves! :vitoria:

Avatar do usuário
Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 37272
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3481 vezes
Curtiram: 3001 vezes

Bebidas

Mensagem por Victor235 » 19 Mai 2020, 00:58

Não conheço ninguém que pediu cerveja assim. Será que dá certo, chega gelada e talz? E outra, se você for sozinho, vai pedir pra entregarem 1 ou 2 cervejas apenas?
Na luta pela mudança da favicon do fórum.

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 86494
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5347 vezes
Curtiram: 1856 vezes

Bebidas

Mensagem por E.R » 20 Mai 2020, 01:29

NOTÍCIAS
https://geekpublicitario.com.br/47439/b ... e-1-litro/

O Bob’s decidiu lançar um super milkshake com 1 litro da bebida.

A novidade está disponível nas plataformas de delivery iFood, Uber Eats e Rappi.
Imagem
Imagem

Imagem
SBT, exiba os episódios perdidos mundiais do Chaves e do Chapolin !
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 86494
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5347 vezes
Curtiram: 1856 vezes

Bebidas

Mensagem por E.R » 20 Mai 2020, 13:02

NOTÍCIAS
https://exame.com/marketing/e-commerce- ... egam-a-65/

A plataforma de vendas e clube de assinatura de vinhos Wine vai zerar os impostos de mais de 500 produtos entre os dias 20 e 24 de maio.

Na campanha de marketing Imposto Zero Day os descontos chegam a 65% para sócios e 60% para não-sócios. No período da ação, quem assinar o clube por 12 meses tem 23% de desconto e taças de brinde, no plano mensal o desconto é 6 meses com 15% de desconto.
Imagem
Imagem

Imagem
SBT, exiba os episódios perdidos mundiais do Chaves e do Chapolin !
Imagem

Avatar do usuário
Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 37272
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3481 vezes
Curtiram: 3001 vezes

Bebidas

Mensagem por Victor235 » 20 Mai 2020, 22:32

E.R escreveu:
20 Mai 2020, 01:29
O Bob’s decidiu lançar um super milkshake com 1 litro da bebida.
Já fico "pesado" com 400 mL :P
Na luta pela mudança da favicon do fórum.

Avatar do usuário
Phoebe Buffay
Membro
Membro
Mensagens: 7775
Registrado em: 13 Nov 2012, 23:45
Programa CH: Chespirito
Localização: Casa nº 21
Curtiu: 17 vezes
Curtiram: 668 vezes

Bebidas

Mensagem por Phoebe Buffay » 22 Mai 2020, 01:03

Eu hein, isso é fomentar a obesidade em um país cheio de mortos de fome. 1 litro de gordura e açúcar indo para o seu corpo e fazer você defecar escuro depois.
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 86494
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5347 vezes
Curtiram: 1856 vezes

Bebidas

Mensagem por E.R » 22 Mai 2020, 10:04

NOTÍCIAS
https://veja.abril.com.br/ideias/cresce ... o-de-casa/

Com o desconcertante impacto do novo coronavírus na economia, vai demorar algum tempo para que o setor de cerveja no Brasil possa voltar a erguer um brinde.

Diante da necessidade imperiosa de confinamento dos clientes, a demanda pela bebida, especialmente no caso das cervejarias premium — que em 2019 haviam experimentado um crescimento de 30% — despencou.

A avaliação do setor é que, em decorrência da quarentena, 49% das quase 1 200 marcas existentes no país poderão desaparecer do mercado até agosto.

Na contramão desse cenário, no entanto, uma boa notícia : o gosto dos brasileiros pelas geladas, sobretudo as que levam ingredientes mais nobres na receita, parece não ter diminuído.

A diferença é que o prazer de beber está vindo combinado com o de produzir a própria cerveja dentro de casa.

No Google, as pesquisas sobre métodos de fabricação da bebida aumentaram mais de 500% nos últimos meses. O número coincide com a baixa na venda dos rótulos artesanais nos supermercados — bares e restaurantes, como se sabe, estão fechados — que seguem amargando nas prateleiras.

O interesse dos candidatos a mestre-cervejeiro é atestado pelo casal carioca Anderson Senne e Amanda Henriques, que comanda desde 2013 o Maria Cevada, site e canal no YouTube especializado na bebida, que soma mais de 100 000 fãs nas redes sociais.

Eles tiveram um crescimento próximo de 20% na audiência durante a intensificação da quarentena. Os novos inscritos chegam, quase sempre, interessados em aprender a fazer cerveja usando equipamentos simples, encontrados em qualquer cozinha, como panelas e peneira comuns. “Notamos que se detêm nos vídeos mais generalistas os curiosos que procuram aleatoriamente um hobby enquanto estão no isolamento, mas quem quer aprender mesmo a produzir a bebida fica atento aos posts de conteúdo mais denso”, explica. “Até mesmo porque fazer a cerveja é um processo que consumirá um dia inteiro de dedicação da pessoa, e o resultado de tanto esforço só poderá ser provado depois de três ou quatro semanas, quando a fermentação estiver concluída”, afirma.

Apesar de as cervejarias artesanais ainda estarem examinando estratégias para superar a crise, há no setor quem aposte que uma das saídas possa estar na nova leva de cervejeiros. Como deve existir certa ociosidade dos equipamentos de produtores profissionais, as máquinas poderão ser alugadas para os novatos “cervejeiros ciganos”, termo utilizado para designar aqueles que, de forma nômade, vão dando conta de fabricar a bebida.

Nesse caso, a receita artesanal será testada e validada por uma empresa com autorização do Ministério da Agricultura. Assim, é possível que uma cerveja criada em casa — durante este pesado período de distanciamento social obrigatório para tentar brecar a propagação do Sars-CoV-2 — venha a ser aprimorada e vendida do mesmo modo que as marcas tradicionais.

Atualmente, segundo a Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva), existem cerca de 2 000 cervejarias ciganas no país.

O número aumenta de 30% a 40% ao ano, ritmo que deve ser mantido mesmo no pós-pandemia, já que a atividade se tornará uma das maneiras capazes de garantir a sobrevivência de muitos rótulos.

Se, contudo, em meio à quarentena, não houver disposição para arregaçar as mangas, separar ingredientes e, com paciência, se lançar à deliciosa aventura de fabricar uma cerveja para chamar de sua — tampouco a intenção de ir ao mercado — existe sempre, é claro, a alternativa de recorrer ao delivery.

As cervejarias artesanais estão intensificando os descontos para fidelizar a clientela. Desde que o confinamento se acentuou, em março, há marcas que já elevaram em quase dez vezes seu faturamento por meio de apps.
Imagem
Imagem

Imagem
SBT, exiba os episódios perdidos mundiais do Chaves e do Chapolin !
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 86494
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5347 vezes
Curtiram: 1856 vezes

Bebidas

Mensagem por E.R » 25 Mai 2020, 12:28

NOTÍCIAS
https://valor.globo.com/agronegocios/no ... anja.ghtml

Imagem

Os estoques de suco de laranja brasileiro na rede de distribuição das grandes indústrias exportadoras representadas pela CitrusBR (Citrosuco, Cutrale e Louis Dreyfus Commodities) deverão somar 420,8 mil toneladas no fim desta temporada 2019/2020, em 30 de junho.

O volume é 1,9% superior ao previsto em fevereiro e, se confirmado, representará um aumento de 66% em relação ao total apurado ao término do ciclo 2018/2019 (253,2 mil toneladas).

De modo geral, o rendimento industrial das indústrias do ramo melhorou graças ao clima.
Imagem
Imagem

Imagem
SBT, exiba os episódios perdidos mundiais do Chaves e do Chapolin !
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 86494
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5347 vezes
Curtiram: 1856 vezes

Bebidas

Mensagem por E.R » Ontem, 20:22

NOTÍCIAS
https://exame.com/marketing/consumo-do- ... a-premium/

O café faz parte do dia a dia dos brasileiros.

Em 2019, o Brasil foi o país com segundo maior consumo da bebida, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.

Durante a pandemia do novo coronavírus o consumo aumentou ainda mais, com crescimento de 35%, segundo a Asssociação Brasileira da Indústria do Café.

Neste cenário, a Nestlé, que vinha numa onda de lançamentos com 12 novos produtos em 2019 na marca Nescafé, aproveita o momento para desenvolver o paladar dos consumidores locais.

Sobre as estratégias de fortalecimento em meio à pandemia, Rachel Müller, diretora de cafés da Nestlé falou com exclusividade à Exame.

Como a Nestlé tem aproveitado o crescimento no consumo de café ?

O café tem um papel importante na cultura do brasileiro e, neste momento, cumpre o papel de normalização de ritual conhecido e de segurança emocional. Percebemos também que as pessoas estão dispostas a experimentar novos produtos que permitam uma novidade no dia a dia, especialmente das que podem estar em casa.

Como a Nestlé tem incentivado essas experimentações ?

Como a experimentação está acontecendo fora das cafeterias, que estão fechadas, mandamos amostras de cafés especiais para quem compra no e-commerce próprio. Este canal cresceu 30% no período da quarentena. É uma importante estratégia porque quem gosta do premium dificilmente vai retroceder no paladar.

Estamos vendo todo o impacto econômico que a pandemia gera. As pessoas estão dispostas a pagar mais pelo produto premium ?

Temos conversado muito sobre o desafio do desembolso financeiro, mas percebemos que o premium tem sido bem aceito. No ano passado, por exemplo, foram 12 lançamentos na marca Nescafé e os resultados são bons desde então. Vendemos mais de 1 milhão de produtos nessas novas linhas e pensamos na comercialização de diferentes tamanhos.
Imagem
Imagem

Imagem
SBT, exiba os episódios perdidos mundiais do Chaves e do Chapolin !
Imagem

Responder