Fórum Portal Vídeos Guia de Episódios Sobre



Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]


Portal Chespirito



Criar novo tópico Responder  [ 458 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 27, 28, 29, 30, 31
  Exibir página para impressão

Você aprova o uso de maconha?
Sim 39%  39%  [ 16 ]
Não 61%  61%  [ 25 ]
Total de votos : 41

Re: Maconha • Você aprova o uso de maconha?
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 17 Out 2018, 22:02 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 72656
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 4435 vezes
Foi curtido: 1099 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
https://www.cartacapital.com.br/sociedade/canada-legaliza-maconha-para-uso-recreativo

O Canadá se tornou o segundo país do mundo a legalizar o uso da maconha para fins recreativos.

O primeiro país foi o Uruguai, que adotou a medida em 2013.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Maconha • Você aprova o uso de maconha?
MensagemEnviado: 17 Out 2018, 22:43 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 03 Fev 2009, 01:22
Mensagens: 1943
Localização: Viamão - RS
Curtiu: 139 vezes
Foi curtido: 40 vezes
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Grêmio (dã)
Os traficantes não aprovaram a medida.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Maconha • Você aprova o uso de maconha?
MensagemEnviado: 19 Out 2018, 00:49 
Offline
Membro

Registrado em: 27 Set 2011, 15:42
Mensagens: 3029
Curtiu: 15 vezes
Foi curtido: 181 vezes
Programa CH: Chaves
E.R escreveu:
https://www.cartacapital.com.br/sociedade/canada-legaliza-maconha-para-uso-recreativo

O Canadá se tornou o segundo país do mundo a legalizar o uso da maconha para fins recreativos.

O primeiro país foi o Uruguai, que adotou a medida em 2013.

O Canadá vai se arrepender dessa política liberal em relação a maconha. Aliás, a Holanda já está se arrependendo.

Por que os coffeeshops de Amsterdã estão fechando?
https://epocanegocios.globo.com/colunas ... hando.html

Por que o sindicato da polícia da Holanda afirma que o país está virando um 'narcoestado'?
https://www.bbc.com/portuguese/internacional-43247861

_________________
Pessoal, estou de volta ao Twitter! Agora, com perfil novo!
Sigam-me! https://twitter.com/ItsCamposWave


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Maconha • Você aprova o uso de maconha?
MensagemEnviado: 21 Out 2018, 15:08 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 72656
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 4435 vezes
Foi curtido: 1099 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
https://veja.abril.com.br/mundo/legalizacao-em-grande-escala/

O Canadá tornou-se na quarta-feira o segundo país a legalizar a produção, a venda e o consumo de maconha para fins recreativos. O pioneiro foi o Uruguai, onde essa legislação entrou em vigor há quase cinco anos. Ao justificar a iniciativa, o primeiro-ministro canadense Justin Trudeau explicou o espírito da campanha. “Tem sido muito fácil para nossas crianças adquirir maconha — e para os criminosos colher os lucros”, escreveu ele no Twitter em meados deste ano. De fato, o Canadá é um dos países em que os jovens experimentam a Cannabismais precocemente. Entre os que têm de 11 a 15 anos, cerca de 30% afirmam ter provado a erva (no Brasil, esse índice é de 8%).

Como já havia permissão de venda da maconha para fins medicinais, uma parte da produção legal acabava sendo desviada para o mercado negro e para os jovens. Mas isso não era suficiente. Para atenderem à demanda, grupos ilegais montaram diversas plantações hidropônicas, capazes de gerar uma maconha de alta qualidade. O país hoje é autossuficiente e até exporta a droga para os Estados Unidos. Entre as organizações que operam no Canadá estão a máfia chinesa, os cartéis mexicanos e as gangues locais.

Legalizar uma droga para diminuir seu consumo parece um contrassenso, mas no Canadá pode até dar certo. O país tem um histórico bem-­sucedido em fiscalizar a venda de bebidas alcoólicas e de cigarros a menores de idade. Nos supermercados, é impossível achar vinho ou cerveja. Essas bebidas só estão disponíveis em mercearias. “Ao contrário do que acontece no Brasil, nós temos restrições muito fortes à venda de álcool. Esse ponto, aliás, é um dos motivos por trás da popularidade da Cannabis entre os jovens, pois ela acabou crescendo como uma droga substituta”, diz o canadense Benedikt Fischer, professor de psiquiatria da Universidade de Toronto e um dos que aconselharam os deputados a escrever a nova regulamentação. A lei impõe a idade mínima de 18 anos para a compra de maconha, mas as províncias poderão subir a barreira se quiserem.

Para combater o crime organizado, o governo deu permissão a 120 empresas para plantar maconha. O modelo econômico adotado fica a meio caminho entre o estatismo uruguaio e o liberalismo americano. No Uruguai, a interferência estatal é enorme. O governo só autorizou duas empresas a cultivar a Cannabis e determina as variedades, o teor do princípio ativo (THC), o preço e até o que vai escrito no rótulo. Intencionalmente, a droga tem pouco THC, já que o objetivo é desincentivar o uso. Já nos nove estados americanos que legalizaram a droga, existem mais de 1 500 plantadores, e a maconha é vendida nas mais diversas formas, como cerveja, hambúrguer, comprimidos, bolos e refrigerantes.

Um tópico que tem perdido importância no debate é o da segurança pública. “Há muitos crimes que não têm nada a ver com a maconha. A legalização não é uma panaceia, uma solução mágica”, diz o cientista político americano Bruce Bagley, da Universidade de Miami. Se a questão surgiu no Uruguai como uma solução para a criminalidade, a relação entre as duas coisas ficou nebulosa. “Os homicídios aumentaram, mas isso se deve mais à disputa entre os criminosos por cocaína e crack”, explica o sociólogo uruguaio Marcos Baudean, da Universidade ORT, em Montevidéu. Nos estados fronteiriços americanos, notou-se uma redução de até 15% nos crimes violentos após o início da onda de legalização, porém a fórmula não é replicável. “Essa diminuição só aconteceu porque havia uma associação muito forte entre o crime organizado e a maconha. Mas a realidade do Canadá é distinta”, afirma o sociólogo japonês Takuma Kamada, um dos autores do estudo sobre os efeitos no crime nos Estados Unidos. Com uma taxa de dois homicídios a cada 100 000 habitantes, a criminalidade não é uma grande preocupação no Canadá (no Brasil, são trinta mortes em 100 000).

Poderia ser a legalização uma solução viável para o Brasil? “Em geral, os defensores da ideia têm minimizado os riscos para a saúde, principalmente para o cérebro dos adolescentes”, diz a psicóloga Clarice Sandi Madruga, professora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Quanto mais cedo a maconha é provada, maiores são as sequelas de longo prazo para o raciocínio e para a tomada de decisões. Nos Estados Unidos, a legalização diminuiu a idade da primeira tragada. No Canadá, é possível que o efeito seja o oposto. Mas no Brasil isso parece inteiramente inviável. “Nem sequer conseguimos impedir que os menores peçam bebidas alcoólicas”, diz Clarice.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Maconha • Você aprova o uso de maconha?
MensagemEnviado: 21 Out 2018, 22:17 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 06 Nov 2017, 14:23
Mensagens: 230
Localização: Bucareste, Romênia
Curtiu: 10 vezes
Foi curtido: 33 vezes
Programa CH: Chaves
Eu sou contra o uso recreativo da maconha, mas defendo a legalização, inclusive para fins recreativos.

Parece contraditório, né? Calma, eu explico.

Eu não concordo que uma pessoa use maconha. Não acho isso certo. Porém, isso não muda o fato de que existem pessoas que usam essa droga. Proibir não vai impedi-las de usar, isso é tapar o sol com a peneira. E ainda por cima deixa o comércio desse produto nas mãos do crime organizado. Típico caso de "solução pior do que o problema".

Considerando isso, eu sou a favor de adotar uma medida de redução de danos. Através de observação e pesquisa, vi que os países que menos apresentam problemas com drogas são os que adotam uma legislação mais liberal, como Holanda, Portugal, República Tcheca e Dinamarca. Enquanto isso, na grande maioria dos países proibicionistas, o problemas das drogas não foi resolvido, antes pelo contrário, se agravou. Exemplos clássicos são os Estados Unidos do tempo da Lei Seca, que aumentou consideravelmente o poder da Máfia, e o México que declarou na década passada uma "guerra às drogas", obtendo como resultado uma onda crescente de violência que já acabou com mais de 130.000 vidas.

Em resumo: eu sou contra o uso de drogas, mas isso não me cega para o fato de que usuários de drogas sempre existiram e sempre existirão. Nem nos países onde tanto o tráfico quanto o uso de drogas são punidos com pena de morte, o comércio e o consumo desses produtos não foram completamente eliminados. Portanto, é melhor que pelo menos não hajam mortes violentas decorrentes desse hábito.

Mas é como eu sempre digo; os brasileiros querem viver em uma Dinamarca, mas defendem uma legislação semelhante à das Filipinas. Aí fica difícil...

_________________
Dame, dame, dame, dame todo el power,
para que te demos en la madre,
gimme, gimme, gimme, gimme todo el poder,
so i can come around to joder.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Maconha • Você aprova o uso de maconha?
MensagemEnviado: 22 Out 2018, 11:09 
Offline
Avatar do usuário
Administrador

Registrado em: 28 Jan 2009, 14:29
Mensagens: 38490
Localização: São Carlos (SP)
Curtiu: 1691 vezes
Foi curtido: 3333 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: São Paulo
Eu sou a favor por prezar pelas liberdades civis. Mas acho estranho esse argumento canadense, de legalizar para reduzir o consumo. Aliás, se o argumento do prof. Benedikt Fischer estiver correto (consumo prematuro de maconha devido às restrições rígidas contra o álcool), quem garante que, com a legalização restritiva, o jovem não vai partir da maconha para outra droga mais pesada?


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Maconha • Você aprova o uso de maconha?
MensagemEnviado: 24 Out 2018, 17:44 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 72656
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 4435 vezes
Foi curtido: 1099 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
https://leodias.odia.ig.com.br/colunas/leo-dias/2018/10/5586204-mayte-piragibe-e-detida-com-drogas-no-rio.html

Imagem

A atriz Maytê Piragibe foi detida por policiais militares do batalhão do Leblon, quando trafegava pela Auto Estrada Lagoa Barra com seu Audi modelo A4, na altura do nº 555.

No momento que foi abordada em uma blitz, a artista estava acompanhada do cantor Tiago Nacarato, ex-participante da edição do 'The Voice' de 2017.

Ao efetuar revista pessoal nos dois, os policiais encontraram dois cigarros de maconha contendo 8g da erva.

Maytê Piragibe e Tiago Nacarato foram encaminhados à delegacia do Leblon, onde prestaram esclarecimentos e posteriormente foram liberados.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Maconha • Você aprova o uso de maconha?
MensagemEnviado: 24 Out 2018, 17:49 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 30 Jul 2014, 23:54
Mensagens: 4074
Curtiu: 0 vez
Foi curtido: 473 vezes
Programa CH: Chaves
Uma curiosidade... Já que eu tô com preguiça de reler as páginas passadas pra saber, quem consome maconha levanta a mãozinha aqui pro tio.

_________________


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 458 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 27, 28, 29, 30, 31

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Poliana :) e 1 visitante


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para: