Jornalismo

Espaço para debates sobre assuntos que não sejam relacionados a Chespirito, como cinema, política, atualidades, música, cotidiano, games, tecnologias, etc.
Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 91336
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5592 vezes
Curtiram: 2044 vezes

Jornalismo

Mensagem por E.R » 08 Ago 2020, 00:16

NOTÍCIAS
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 91336
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5592 vezes
Curtiram: 2044 vezes

Jornalismo

Mensagem por E.R » 01 Set 2020, 02:27

NOTÍCIAS
https://www1.folha.uol.com.br/poder/202 ... olha.shtml

As jornalistas Ana Cristina Rosa, 50, e Cristina Serra, 57, que escreviam ocasionalmente à Folha, passam a ser colunistas fixas do jornal a partir desta semana.

Reflexões sobre cotidiano, racismo, meio ambiente e direitos humanos estão entre os temas prioritários das novas articulistas.

Cristina Serra escreverá às terças e sábados.

Ana Cristina Rosa escreverá às segundas-feiras.

As colunas serão publicadas na página A2 do jornal impresso e em todas as plataformas da versão digital da Folha.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 91336
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5592 vezes
Curtiram: 2044 vezes

Jornalismo

Mensagem por E.R » 29 Set 2020, 12:07

NOTÍCIAS
https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia ... -sbt-43303

A jornalista Rachel Sheherazade foi contratada pelo site Metrópoles, onde apresentará um programa de entrevistas e debates nas plataformas digitais do portal de notícias.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
Phoebe Buffay
Membro
Membro
Mensagens: 8068
Registrado em: 13 Nov 2012, 23:45
Programa CH: Chespirito
Localização: Casa nº 21
Curtiu: 22 vezes
Curtiram: 698 vezes

Jornalismo

Mensagem por Phoebe Buffay » 29 Set 2020, 12:13

E.R escreveu:
16 Jul 2020, 04:37
NOTÍCIAS
https://www.oantagonista.com/mundo/a-de ... emocracia/

A jornalista americana Bari Weiss, editora do New York Times, pediu demissão do jornal.

O motivo foi a pressão constante contra ela, vinda de dentro e fora do jornal.

Bari Weiss cometeu o pecado de publicar artigos de vozes conservadoras que iam de encontro aos talibãs do politicamente correto.

O mais irônico é que ela foi contratada, em 2017, justamente para dar pluralidade ao jornal.

Bari Weiss expôs a razão da sua demissão, de forma clara e tranquila, considerando o contexto da sua saída. Ela disse na sua carta :

“Artigos que seriam facilmente publicados há dois anos agora deixam o editor em situação difícil, quando não chega a ser demitido. Se um texto pode causar críticas nas redes sociais, o editor evita publicá-lo.”

Disse ainda :

“O Twitter não está no cabeçalho do New York Times. Mas o Twitter se tornou seu editor definitivo.”

O jornal foi protocolar na sua resposta. Afirmou que “está comprometido em promover um ambiente de diálogo honesto e empático entre colegas, em que o respeito mútuo é exigido de todos”.

Na verdade, os talibãs na redação do New York Times deitam e rolam, promovendo uma caça às bruxas incessante contra quem ousa discordar dos seus dogmas.

Exemplo disso foi a publicação de um artigo do senador Tom Cotton, que pedia a intervenção dos militares para conter os protestos violentos contra a morte de George Floyd, o homem negro morto por um policial branco. Não bastasse a chuva de comentários negativos, mil funcionários do jornal fizeram um abaixo-assinado contra o fato de o New York Times ter publicado o artigo.

Bari Weiss conta que, no privado, era cumprimentada pelos mandachuvas do jornal, por sua coragem, enquanto sofria bullying na redação. “Ser de centro num jornal americano não deveria exigir coragem”, diz ela.

Ela conta que foi chamada de racista e nazista. Bari Weiss não é racista ou nazista — é apenas uma jornalista que deveria ser respeitada mesmo por quem não concorda com ela.

A esquerda vive alertando para a possibilidade de a democracia morrer nos Estados Unidos e no mundo, por causa da ascensão de políticos da direita populista.

Na verdade, quem está matando a democracia é a própria esquerda, por meio dos talibãs do politicamente correto. A democracia morre quando se mata um dos lados da verdade coletiva.
Excelente jornalista, adorava as colunas dela e os seus associados. Uma pena que vozes dissonantes estão sendo constantemente censuradas pelo politicamente correto. Que ela vá pro Washington Post.
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 91336
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5592 vezes
Curtiram: 2044 vezes

Jornalismo

Mensagem por E.R » 07 Out 2020, 08:32

NOTÍCIAS
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 91336
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5592 vezes
Curtiram: 2044 vezes

Jornalismo

Mensagem por E.R » 29 Out 2020, 20:38

NOTÍCIAS
https://www1.folha.uol.com.br/mundo/202 ... site.shtml

O jornalista americano Glenn Greenwald anunciou que pediu demissão do Intercept, site de notícias que ajudou a fundar em 2013.

Em um longo texto publicado na internet, o jornalista afirmou que o motivo de sua saída é a censura imposta pelos editores do portal a um texto com críticas ao candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Joe Biden.
:lol:
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
JF CHmaníaco
Membro
Membro
Mensagens: 14618
Registrado em: 29 Dez 2015, 14:02
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Santos
Localização: Dourados-MS
Curtiu: 1351 vezes
Curtiram: 1245 vezes

Jornalismo

Mensagem por JF CHmaníaco » 29 Out 2020, 21:19

:wacko: :wacko:
JF CHmaníaco
Usuário do Fórum Chaves desde 29 de Dezembro de 2015
Campeão do De Que Episódio é Essa Foto? - Edição 2016
Usuário do Mês de Outubro/2016, Janeiro/2018, Maio/2019, Janeiro/2020 e Setembro/2020

Antonio Felipe escreveu:
07 Dez 2020, 19:39
Nessa pandemia eu rodo mais quilômetros descendo o scroll pelos posts gigantes do Flash do que caminhando na rua.
http://forumchaves.com.br/piadaitaliano/

Avatar do usuário
Flash
Membro
Membro
Mensagens: 1558
Registrado em: 19 Jul 2018, 22:07
Programa CH: Chespirito
Curtiu: 376 vezes
Curtiram: 422 vezes

Jornalismo

Mensagem por Flash » 29 Out 2020, 21:40

que covardia :]
Imagem Correndo pelo Meio CH Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 91336
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5592 vezes
Curtiram: 2044 vezes

Jornalismo

Mensagem por E.R » 03 Nov 2020, 19:31

NOTÍCIAS
Imagem
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 91336
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5592 vezes
Curtiram: 2044 vezes

Jornalismo

Mensagem por E.R » 04 Nov 2020, 09:56

NOTÍCIAS
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 91336
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5592 vezes
Curtiram: 2044 vezes

Jornalismo

Mensagem por E.R » 07 Nov 2020, 02:30

NOTÍCIAS
https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2 ... esce.shtml

O The New York Times anunciou ter atingido um marco histórico : na semana passada, a publicação superou a marca dos sete milhões de assinantes pagos nesse ano de 2020, um recorde.

A The New York Times Co. vem apostando nos leitores digitais como o futuro de seu negócio desde 2011, quando começou a cobrar por acesso ao seu conteúdo online — e a aposta em geral deu resultado.

Nos três meses encerrados em setembro, a receita da empresa com os assinantes digitais pela primeira vez superou o faturamento que a companhia obteve com a versão em papel da publicação.

“Nossa estratégia de produzir jornalismo pelo qual valha a pena pagar continua a se provar”, afirmou em comunicado Meredith Kopit Levien, que assumiu como presidente-executiva da The New York Times Co. em setembro.

As assinaturas digitais serão o eixo central do crescimento da empresa e o seu maior negócio.

A receita total da The New York Times Co. no terceiro trimestre de 2020 foi de US$ 426,9 milhões (R$ 2,3 bilhões), a mesma do período em 2019, e o lucro operacional ajustado cresceu em 28%, para US$ 56,5 milhões (R$ 314,2 milhões), superando as expectativas dos investidores nos dois casos. O lucro líquido dobrou, para US$ 33,6 milhões (R$ 186,8 milhões).
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 91336
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5592 vezes
Curtiram: 2044 vezes

Jornalismo

Mensagem por E.R » 13 Nov 2020, 18:01

NOTÍCIAS
https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e- ... ng-giants/

A Nossas.org é uma “rede de ativismo” que aglutina voluntários para fazer “pressão pública” por um “país mais justo e solidário”.

Segundo o site da ONG, ela já contou com mais de 5,4 mil colaboradores que se dedicaram a projetos como o Programa de Mobilizadores, cuja descrição promete “treinamento em metodologias e tecnologias de ativismo”.

A Nossas realiza uma série de programas focados em causas sociais. Alguns funcionam dentro da ONG, como é o caso dos sites Meu Rio, Minha Sampa, Minha Campinas, Minha Jampa e Meu Recife. 

O estatuto social da ONG é assinado pela fundadora do Minha Sampa e pela criadora do Meu Rio, Alessandra Orofino.

Imagem
Gregório Duvivier

Alessandra Orofino, que é diretora executiva e co-fundadora da rede Nossas, é responsável pela direção do programa de TV  da HBO, Greg News, apresentado por Gregorio Duvivier, crítico do liberalismo e do conservadorismo.

Ela também foi idealizadora e diretora de um vídeo apresentado pelo youtuber Felipe Neto – crítico ferrenho de pautas que se choquem com o progressismo – publicado no jornal norte-americano The New York Times em agosto deste ano. No vídeo, há pesadas críticas ao presidente da República Jair Bolsonaro e ao presidente norte-americano Donald Trump.

Imagem
Felipe Neto

Completam o time de líderes da ONG a diretora de projetos Enrica Duncan, o diretor de criação Rodrigo Arnaiz e a diretora de operações Virginia Rigot-Muller.

O Conselho rotativo conta com a participação de Ana Carolina Evangelista, Ana Paula Lisboa, Branca Vianna, Roberto Andres, Felipe Estefan e Inês Lafer. A equipe é formada por 25 pessoas.

Em seu site oficial, a Nossas informa que conta com doações de pessoas e fundações que acreditam em seu trabalho. De acordo com demonstrações contábeis, no ano de 2018 a rede recebeu um valor próximo a R$ 5,5 milhões somente em doações e contribuições.

Quanto às receitas por serviços prestados a clientes, esse valor foi de apenas R$7,4 mil – isto é, 0,13% das receitas totais. Já em 2019, a entrada em doações e contribuições foi de mais de R$4,2 milhões, com entradas decorrentes de serviços prestados sendo referentes a menos de R$60 mil (1,4% do total). Por outro lado, o gasto com pessoal e encargos foi de R$2 milhões em 2018 e R$1,2 milhão em 2019. Os números demonstram que quase a totalidade de suas fontes de receita estão atreladas a doações, o que não é estranho quando se trate de organizações não governamentais.

Ainda segundo os dados do balanço, a atuação da rede foca em criar projetos próprios por meio de uma equipe de profissionais remunerados com a receita vinda das doações.

Um dos projetos incubados pela Nossas é o Bonde, uma plataforma de criação de ferramentas online para pressionar organizações. Os clientes compram a tecnologia que facilita o disparo massivo de e-mail contra os alvos escolhidos. O Bonde foi a tecnologia escolhida pela milícia anônima Sleeping Giants Brasil para tentar cortar todas as linhas de financiamento utilizadas pelo escritor Olavo de Carvalho, uma das vozes do conservadorismo brasileiro.

No dia 26 de outubro, o Sleeping Giants colocou no ar o site Bloqueia Pag Seguro. A estratégia consiste em pressionar o CPP Investiments – um grupo de investimentos canadense que é acionista da PagSeguro – a retirar o valor de R$1,5 bilhão que possui investido na empresa caso a conta do filósofo não seja bloqueada. De acordo com o site, mais de 300 mil pessoas já participaram da campanha enviando e-mails para o CEO e para diretores da CPP Investiments. 

O Sleeping Giants parece ser um dos poucos clientes que não fazem parte da rede da Nossas. Procurada, a Nossas não respondeu aos questionamentos para tentar esclarecer a parceria com o Sleeping Giants. A Gazeta do Povo também perguntou sobre a participação de sua equipe de funcionários na gestão dos canais digitais do movimento e solicitou os nomes das fundações que contribuem com os valores que sustentam a rede de ativismo. A resposta será publicada assim que for recebida.

A identificação da ONG Nossas é um dos poucos rastros deixados pelo esquema profissional de ocultação de dados adotado pelo Sleeping Giants. O grupo anônimo lançou mão de diversas estratégias para manter sua identidade em sigilo. O site está hospedado em um servidor estrangeiro, o que dificulta a obtenção de quaisquer dados de seus autores. Além disso, os desenvolvedores utilizam um serviço estrangeiro de proxy anônimo no registro do domínio para manterem suas identidades em segredo (no Brasil, há uma vedação legal ao anonimato, o que não permite a disponibilização desse tipo de serviço).

Também não há nenhuma forma de contato revelada pelo grupo. O e-mail disponibilizado no site utiliza uma plataforma estrangeira que possui um sistema avançado de encriptação e tem os seus servidores localizados na Suíça. Isso significa que os dados dos utilizadores estão protegidos pelas leis de privacidade do país, tornando difíceis quaisquer formas de identificação.

O código-fonte do site criado pelo Sleeping Giants Brasil faz menções (e utiliza a mesma estrutura) aos sites Meu Rio, entidade fundada por Alessandra Orofino, diretora do Nossas, e Minha Porto Alegre. Ambas as organizações fazem parte da ONG. De acordo com o site da Nossas, o Minha Porto Alegre foi fomentado pela ONG, mas hoje atua de forma autônoma “recebendo apoio em maior ou menor grau da equipe”. Por outro lado, o Meu Rio é gerido diretamente pela instituição.

Ambos os domínios (meurio.org.br e minhaportoalegre.org.br) estão registrados no nome de Anna Enrica Duncan, que é Diretora de Projetos e Diretora Adjunta da ONG Nossas, de acordo com o site da entidade.

Outro detalhe que chama a atenção: o perfil oficial do Sleeping Giants Brasil no Twitter, que tem mais de 400 mil seguidores, mas segue somente 190 perfis (a maioria perfis conhecidos com um grande volume de seguidores), segue a rede Nossas – conta acompanhada por apenas 2 mil usuários.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 91336
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5592 vezes
Curtiram: 2044 vezes

Jornalismo

Mensagem por E.R » 18 Nov 2020, 06:17

NOTÍCIAS
https://revistaoeste.com/sou-preso-poli ... eustaquio/

Imagem

O jornalista Oswaldo Eustáquio se manifestou após o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinar sua prisão domiciliar.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, ele criticou a decisão e destacou não ter sido condenado em nenhum processo judicial.

Oswaldo Eustáquio não poupou palavras para definir a decisão de Alexandre de Moraes. Para ele, a ordem de prisão domiciliar, obrigando-o a permanecer de tornozeleira eletrônica, é “imoral, inconstitucional e ilegal”.

“Sou preso político”, afirmou. Ele também destacou ser alvo de censura prévia.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 91336
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5592 vezes
Curtiram: 2044 vezes

Jornalismo

Mensagem por E.R » 30 Nov 2020, 18:36

NOTÍCIAS
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 91336
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5592 vezes
Curtiram: 2044 vezes

Jornalismo

Mensagem por E.R » 15 Dez 2020, 18:56

NOTÍCIAS
https://www.metropoles.com/colunas-blog ... fim-de-ano

O Grupo Globo está promovendo uma demissão em massa nesta terça-feira.

Até o momento, dezoito profissionais, em sua maioria repórteres do jornal O Globo, já foram mandados embora.

Há também profissionais do Extra.

Como a redação ainda não está funcionando normalmente devido ao isolamento social, alguns funcionários foram demitidos por chamada de vídeo.
Imagem
Imagem

Responder