Fórum Portal Vídeos Guia de Episódios Sobre



Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]


Portal Chespirito Chico Rei



Criar novo tópico Responder  [ 592 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 ... 40  Próximo
  Exibir página para impressão

Re: Revistas
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 28 Out 2011, 20:24 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 64742
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3551 vezes
Foi curtido: 814 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
http://www.cartacapital.com.br/sociedade/alem-do-papel

A partir de 31 de outubro de 2011, o site de Carta Capital (www.cartacapital.com.br) passa a ter nova cara.

O predomínio do branco deu ao portal um visual mais claro e a home page foi reorganizada de modo a aumentar o leque de notícias disponíveis e tornar a navegação mais fácil e funcional.

A profunda alteração do layout, realizada em parceria com a Almirante Comunicação Integrada, empresa que há 11 anos atua em projetos para a internet, faz parte de um processo mais amplo e que levou quatro meses de trabalho : o forte investimento na produção de conteúdo exclusivo para a versão on-line de CartaCapital.

O jornalista Gianni Carta, correspondente de CartaCapital na Europa, veio ao Brasil em junho deste ano para coordenar a reforma de conteúdo. “O site é um reflexo da versão impressa, aproveitando durante a semana algumas matérias produzidas pelos jornalistas da revista. Só que agora com o acréscimo de coberturas e análises realizadas pelos profissionais de dedicação exclusiva ao portal.

Há quatro meses, quando chegou à redação da revista, o jornalista Gianni Carta passou a liderar uma equipe de sete repórteres responsáveis por atualizar diariamente a home page.

Ele explica que o novo site não visa ser uma agência de notícias, tampouco se propõe a acompanhar a produção em massa de matérias minuto a minuto como nos tradicionais portais brasileiros, responsáveis pela cobertura. “Queremos oferecer aos leitores textos de reflexão e de opinião sobre os principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Queremos que eles nos busquem para aprofundar discussões sobre política, economia e cultura, entre outros temas, sempre com a certeza de que encontrarão no nosso site a visão de mundo crítica que marca o trabalho de Carta Capital.”

O portal de internet mantém os pilares que consolidaram a versão impressa : política, economia e cultura. Entretanto, diz Gianni Carta, o formato digital permite que outras áreas sejam exploradas, como sociedade e comportamento, temas que ganharam destaque desde o início da reformulação.

Os profissionais do site têm preocupação especial em seguir os desdobramentos de fatos ocorridos em regiões distantes dos grandes centros do país, muitas vezes relegados a segundo plano no noticiário. “Sabemos que nosso público, com grande número de professores, estudantes e profissionais formadores de opinião é forte também nessas regiões. Por isso, queremos contemplá-los com leituras das realidades onde eles estão inseridos.”

O novo site visa estabelecer um canal de comunicação direto entre os jornalistas de Carta Capital e seus leitores. Desse modo, editores e repórteres especiais inauguram blogs nos quais analisam as áreas de política nacional e internacional, direitos humanos, conjuntura econômica, cultura e mídia.

Eles ganham um espaço de destaque na home page, ao lado dos colunistas que semanalmente contribuem para a edição no papel, entre eles os economistas Luiz Gonzaga Belluzzo e Delfim Netto, o cientista político Marcos Coimbra e o desembargador Wálter Maierovitch, além do diretor de redação da revista, Mino Carta.

O portal pretende firmar-se como referência em análises da realidade internacional. Para tanto, Carta Capital on-line fechou acordos de intercâmbio de conteúdo com a The Economist Intelligence Unit – centro de produção de informação fundado em 1946 pela prestigiosa revista The Economist –, com o The Observer (semanário ligado ao jornal inglês The Guardian) e com a agência de notícias France Press. Esta permite ainda que os internautas acessem vídeos e conteúdo multimídia sobre política mundial.

Além disso, vídeos, áudios e outros podcasts produzidos pelo próprio grupo de jornalistas do portal e por colaboradores ganham espaço de destaque na home page.

O lançamento da 14ª edição de As Empresas Mais Admiradas no Brasil marca ainda a estreia de CartaCapital no formato iPad. O aplicativo, recentemente disponibilizado para o tablet da Apple após cinco meses de planejamento gráfico e trabalhos de licenciamento, permite aos leitores baixar, sempre aos sábados, a íntegra da edição impressa da revista em seus dispositivos.

Além de proporcionar uma experiência visual inovadora, trata-se de um elo entre o site da publicação e a versão que chega às bancas todas as semanas. Isso porque as matérias disponíveis no tablet sobre assuntos abordados no website têm links de direcionamento para reflexões complementares no portal. Carta Capital no iPad vai oferecer uma série de conteúdos multimídia como vídeos e áudios. Até março do próximo ano, o download de edições da revista poderá ser feito gratuitamente.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Revistas
MensagemEnviado: 05 Nov 2011, 14:11 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 64742
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3551 vezes
Foi curtido: 814 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
Imagem

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Revistas
MensagemEnviado: 10 Nov 2011, 21:21 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 64742
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3551 vezes
Foi curtido: 814 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
Imagem
Capa da revista ESPN de novembro, edição de aniversário da revista.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Revistas
MensagemEnviado: 20 Nov 2011, 02:18 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 64742
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3551 vezes
Foi curtido: 814 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
VEJA

Imagem

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Revistas
MensagemEnviado: 26 Nov 2011, 14:53 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 64742
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3551 vezes
Foi curtido: 814 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
MÔNICA BÉRGAMO - FOLHA DE S.PAULO

Imagem

Roberto Civita, presidente do conselho de administração da Editora Abril, diz que a saída do jornalista Mario Sabino, redator-chefe da revista "Veja", da empresa está sendo "uma separação amigável e carinhosa". E também "absolutamente pontual". Nada mais muda na publicação, segundo o empresário. "As pessoas são loucas para ver conspirações incríveis onde não tem. A verdade é que juntaram duas coisas : o Mario querendo mudar de vida e um convite que recebeu. Por mim, ele ficaria aqui por mais 20 anos."

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Revistas
MensagemEnviado: 26 Nov 2011, 15:14 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 05 Fev 2009, 17:10
Mensagens: 6520
Localização: Nordeste mineiro
Curtiu: 2 vezes
Foi curtido: 39 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
Uma comparação e suas lições


Imagem


As seis capas que ilustram esta página contam uma história de várias lições, ou morais. As seis são o rosto de semanais de informação publicadas ao mesmo tempo no fim da semana passada, quatro de revistas brasileiras, uma britânica, outra americana. Estas duas últimas são de repercussão mundial. Time é o incunábulo dos news magazines do planeta todo. Fundada em 1923, provocou o nascimento da Newsweek dez anos depois e influenciou todas as demais publicações do gênero continentes afora. The Economist, com a qual CartaCapital mantém honrosa parceria, é tida há tempo a semanal mais importante do mundo.

Imagem


Três capas focalizam o mesmo assunto e estampam a imagem da mesma personagem, simbólica da crise econômica e financeira que a ninguém poupa em qualquer latitude e longitude, o premier italiano Silvio Berlusconi finalmente derrubado em um lampejo de senso comum. The Economist, Time e CartaCapital coincidem na mira da informação prioritária, se quiserem na apreensão a respeito do destino de todos. Em oposição, Veja, Época e IstoÉ parecem editadas, nem digo em outro planeta, em outra galáxia.

Imagem
Imagem


Desde as primeiras conversas entre dois universitários americanos, Henry Luce e Britton Hadden, empenhados em levar a cabo o projeto da pioneira Time, ficou assentado o propósito de iluminar os leitores ao lhes oferecer o resumo dos fatos da semana devidamente analisados e hierarquizados em ordem decrescente ao sabor da sua influência sobre a vida do mundo e de cada cidadão. Na semana passada, The Economist, Time e CartaCapital foram fiéis ao legado. Veja, Época e IstoÉ prontificaram-se a participar de um capítulo especial de Jornada nas Estrelas. Não são deste mundo, com o risco de que o Brazil-zil-zil também não seja, ao menos aquele da chamada classe média à qual se refere Veja na sua capa. O que vem a ser, exatamente, de limites nítidos, a classe média nativa não sei.

Imagem


Sei dos herdeiros da casa-grande e dos seus capatazes, de uma minoria de ricaços estabelecidos em rincões esfuziantes na imitação de Abu Dabi e de um largo número de cidadãos que gostariam de lhes seguir os passos. Sei também que esta classe média habilita-se a achar graça no mulherão Pereirão e a digerir outras lições de infatigável alienação pontualmente ministradas.

Imagem


Em termos de civilização, classe média significa, no bem e no mal, conhecimento, ideias, crenças. Cultura. Classe média é o burguês na acepção política e representa, na Europa, por exemplo, a porção mais conspícua de uma população também em termos numéricos. Não era, é óbvio, quando fez a Revolução Francesa, mesmo assim foi decisiva para vincar o tempo e dar início oficial à Modernidade. A nossa classe média, em boa parte, e tanto mais em São Paulo, o estado mais reacionário da federação, ainda mantém ligações com a Idade Média, com a inestimável contribuição da mídia nativa, inclusive de semanais nascidas com outros, nobres, republicanos intuitos.
Se recordo a Veja que tive a honra de dirigir à testa da equipe fundadora, experimento um forte abalo entre o fígado e a alma. Precipitado também por uma constatação: o jornalismo brasileiro, entre o imediato pós-guerra e o golpe de 64, foi bem melhor do que o atual, se não no conteúdo pelo menos na forma, e mesmo durante a ditadura algumas publicações souberam ter momentos de grande dignidade. Na convicção de que as tiragens fermentam ao baixar o nível de sorte a secundar a parvoíce do público, com o pronto respaldo da publicidade mais abundante, acabou por enredar-se em suas próprias artimanhas e os profissionais, salvo notáveis exceções, assumiram o estágio intelectual inicialmente atribuído aos seus leitores.
Costuma-se dizer que Deus é brasileiro, não somos porém o povo eleito, enquanto o Brasil é uma terra prometida que por ora não merecemos. E a classe que haveria de ditar rumos, salvo raros oásis de sabedoria e boa visão da vida e do mundo, gosta de viver de aparência, de consumir em desvario, de cultivar alegremente sua ignorância.

http://zelmar.blogspot.com/2011/11/uma- ... icoes.html

http://www.cartacapital.com.br/politica ... as-licoes/

_________________
"Entender o Brasil não é para amadores"

X


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Revistas
MensagemEnviado: 26 Nov 2011, 15:25 
Offline
Avatar do usuário
Administrador

Registrado em: 29 Jan 2009, 14:37
Mensagens: 40088
Localização: Porto Alegre - RS
Curtiu: 581 vezes
Foi curtido: 1893 vezes
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Grêmio
Fantasias: Não utilizo
"São Paulo, o estado mais reacionário da federação"... Puta merda, que asneira :duh:
Reacionário por quê? Porque a população insiste em eleger os governos do PSDB há vários anos? Isso não é uma manifestação de ser reacionário. Se milhões ainda votam no PSDB, deve ser porque alguma melhoria eles têm na vida, não? Motivo este que gerou a reeleição de Lula e a eleição de Dilma... O que importa ao povo é o benefício que ele recebe por intermédio do governo, seja em mais acesso aos bens de consumo, crédito, educação, saúde, emprego, etc.

Agora... Não preciso dizer que vivemos em um estado capitalista, todas aquelas coisas. Jornais, revistas de grande circulação, precisam vender seu peixe. Claro que temas como saúde, bem-estar, estilo de vida, vendem capas. Assim como denúncias políticas, repercussão de assuntos urgentes, tragédias, mortes, grandes crises, enfim. Uma capa com o Berlusca ou uma com tema de saúde, qual vende mais, qual tem mais apelo? Óbvio que a primeira opção...

_________________
Fundador e administrador do Fórum Chaves
Diretor do Fã-Clube Chespirito Brasil
Autor do livro "O Diário do Seu Madruga"

Eleito pelos usuários como o melhor moderador em 2011, 2012, 2013 e 2014


Twitter: @Antonio_Felipe


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Revistas
MensagemEnviado: 26 Nov 2011, 15:49 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 64742
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3551 vezes
Foi curtido: 814 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
Não sei... Veja e Época fizeram denúncias recentes contra as corrupções no ministério.

Enquanto isso, Carta Capital continua chapa-branca a favor do PT.

O Zé Dirceu essa semana disse que gostaria que tivesse um jornal que apoiasse o governo. Bom, jornal não tem, mas revista sim, a Carta Capital.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Revistas
MensagemEnviado: 26 Nov 2011, 17:13 
Offline
Avatar do usuário
Administrador

Registrado em: 29 Jan 2009, 14:37
Mensagens: 40088
Localização: Porto Alegre - RS
Curtiu: 581 vezes
Foi curtido: 1893 vezes
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Grêmio
Fantasias: Não utilizo
Jornal já tem sim, é o Hora do Povo, editado pelo Partido Pátria Livre...

_________________
Fundador e administrador do Fórum Chaves
Diretor do Fã-Clube Chespirito Brasil
Autor do livro "O Diário do Seu Madruga"

Eleito pelos usuários como o melhor moderador em 2011, 2012, 2013 e 2014


Twitter: @Antonio_Felipe


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Revistas
MensagemEnviado: 16 Dez 2011, 14:11 
Offline
Avatar do usuário
Administrador

Registrado em: 29 Jan 2009, 14:37
Mensagens: 40088
Localização: Porto Alegre - RS
Curtiu: 581 vezes
Foi curtido: 1893 vezes
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Grêmio
Fantasias: Não utilizo
FOLHA

Joe Simon, cocriador do super-herói Capitão América e um dos roteiristas mais populares da história dos quadrinhos, morreu aos 98 anos, informou nesta quinta-feira (15) a associação de fãs de gibis Vanguard Productions.

Simon, nascido em 11 de outubro de 1913 em Rochester (Nova York), faleceu na quarta-feira em sua casa, no mesmo estado, após ser vítimas de uma doença não especificada.

"Joe viveu uma vida plena e nos alegramos que tenha tido tempo de ver como o Capitão América ganhou vida com tanto sucesso no último filme", indicou a Vanguard Productions em sua página no Facebook.

Ao lado de Jack Kirby - falecido em 1994 -, Simon criou o personagem em 1940, um jovem doente que, ao receber uma injeção de um soro especial, se transforma na arma perfeita das Forças Armadas dos Estados Unidos para derrotar os nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.

A história do super-herói foi levada às telas do cinema recentemente no filme "Capitão América - O Primeiro Vingador", que foi lançado em maio com o ator Chris Evans dando vida ao papel-título.

O primeiro número de Capitão América foi publicado em 20 de dezembro de 1940 no editorial Timely, que um ano depois mudou seu nome para Marvel Comics, um dos selos mais célebres da história dos quadrinhos.

A capa mostrava o protagonista dando um soco em Adolf Hitler um ano antes de os Estados Unidos entrarem na Segunda Guerra Mundial após o bombardeio japonês a Pearl Harbor.

_________________
Fundador e administrador do Fórum Chaves
Diretor do Fã-Clube Chespirito Brasil
Autor do livro "O Diário do Seu Madruga"

Eleito pelos usuários como o melhor moderador em 2011, 2012, 2013 e 2014


Twitter: @Antonio_Felipe


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Revistas
MensagemEnviado: 16 Jan 2012, 12:39 
Offline
Avatar do usuário
Moderador Global

Registrado em: 12 Dez 2009, 17:55
Mensagens: 4963
Curtiu: 48 vezes
Foi curtido: 84 vezes
Programa CH: Chespirito
Time de Futebol: Palmeiras
Fantasias: Dona Florinda
Imagem

Veja me surpreendo a cada dia que passa. :)


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Revistas
MensagemEnviado: 16 Jan 2012, 12:52 
Offline
Avatar do usuário
Administrador

Registrado em: 29 Jan 2009, 14:37
Mensagens: 40088
Localização: Porto Alegre - RS
Curtiu: 581 vezes
Foi curtido: 1893 vezes
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Grêmio
Fantasias: Não utilizo
Não é de todo errado se você considerar o viés ideológico de boa parte dos professores dessas competências. E eu digo isso com experiência de quem teve um professor de sociologia que instigava os alunos contra o último governo do Estado que teve aqui, partindo até para a ofensa em alguns casos. Depois disso, tive uma outra professora, livre desses vícios. Sua abordagem era muito mais imparcial. O meu professor de filosofia era de esquerda, era delegado da escola junto ao CPERS, sindicato dos professores, mas fazia uma aula sem escorregar em tender a um lado. Procurava ouvir todos os lados e não dava apenas a visão dele como certa.

A visão aí da lei é torta. O ensino de sociologia e filosofia deve ser promovido sim, mas na prática, precisaria ser livre de vícios ideológicos, deixando o aluno livre para fazer suas escolhas. E claro, o ensino em algumas matérias vitais como português, matemática e ciências deve ser priorizado.

Inútil é obrigar o ensino de história e cultura africana nas escolas, isto sim. É uma competência que pode ser diluída em outras áreas, não necessita ser um campo próprio de estudo, levando-se em conta a grade curricular já bem ampla.

A rejeição ao ensino de sociologia e filosofia está incorreta. Mas o vício ideológico existe e muito. Não há como negar.

_________________
Fundador e administrador do Fórum Chaves
Diretor do Fã-Clube Chespirito Brasil
Autor do livro "O Diário do Seu Madruga"

Eleito pelos usuários como o melhor moderador em 2011, 2012, 2013 e 2014


Twitter: @Antonio_Felipe


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Revistas
MensagemEnviado: 18 Jan 2012, 11:38 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 13 Out 2009, 10:16
Mensagens: 3539
Localização: Goiânia
Curtiu: 50 vezes
Foi curtido: 13 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: e Chapolin
Fantasias: Chiquinha
Não dá mais pra assinar nenhuma revista. A VEJA é PSDBista demais e a ÉPOCA é muito esquerdista.

Antonio Felipe escreveu:
Inútil é obrigar o ensino de história e cultura africana nas escolas, isto sim.
A rejeição ao ensino de sociologia e filosofia está incorreta.

Cultura africana tá relacionada com nossa história, de certo modo. Deveriam tirar Artes, que não presta pra porra nenhuma.
Não deveriam ter colocado essas duas disciplinas. Não por causa dessa justificativa idiota da VEJA, mas sim porque não tem mais espaço no Ensino Médio. O vestibular agora vira um emaranhado de matérias que não tem sua aplicação (artes, história da música, ...), ao invés de só ter as básicas de sempre.

_________________
Imagem
Imagem
Usuário do Fórum Chaves (uma conquista tremenda)
Moderador do Bar e da TV em 2010
Fui no FBV 2
Dono do primeiro LP do Bruno e Marrone autografado. CHUPA MUNDÃO!


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Revistas
MensagemEnviado: 18 Jan 2012, 11:44 
Offline
Avatar do usuário
Administrador

Registrado em: 29 Jan 2009, 14:37
Mensagens: 40088
Localização: Porto Alegre - RS
Curtiu: 581 vezes
Foi curtido: 1893 vezes
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Grêmio
Fantasias: Não utilizo
A Época esquerdista? Tem certeza? Não quis dizer Carta Capital?

_________________
Fundador e administrador do Fórum Chaves
Diretor do Fã-Clube Chespirito Brasil
Autor do livro "O Diário do Seu Madruga"

Eleito pelos usuários como o melhor moderador em 2011, 2012, 2013 e 2014


Twitter: @Antonio_Felipe


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Revistas
MensagemEnviado: 18 Jan 2012, 11:52 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 13 Out 2009, 10:16
Mensagens: 3539
Localização: Goiânia
Curtiu: 50 vezes
Foi curtido: 13 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: e Chapolin
Fantasias: Chiquinha
Antonio Felipe escreveu:
A Época esquerdista? Tem certeza? Não quis dizer Carta Capital?

A Época é um pouco sim da esquerda, pelo menos demonstra ser. Carta Capital nunca li.

_________________
Imagem
Imagem
Usuário do Fórum Chaves (uma conquista tremenda)
Moderador do Bar e da TV em 2010
Fui no FBV 2
Dono do primeiro LP do Bruno e Marrone autografado. CHUPA MUNDÃO!


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 592 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 ... 40  Próximo

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para: