Fórum Portal Vídeos Guia de Episódios Sobre



Todos os horários são GMT - 3 horas


Portal Chespirito Chico Rei



Criar novo tópico Responder  [ 1762 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 112, 113, 114, 115, 116, 117, 118  Próximo
  Exibir página para impressão

Se o plebiscito fosse hoje, em qual forma de governo você votaria?
Monarquia Parlamentarista 17%  17%  [ 6 ]
Monarquia Absolutista 8%  8%  [ 3 ]
República Presidencialista 53%  53%  [ 19 ]
República Parlamentarista 14%  14%  [ 5 ]
República Semipresidencialista 8%  8%  [ 3 ]
Total de votos : 36

Re: Monarquia • Debate sobre esse tipo de regime
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 31 Mai 2017, 19:57 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 24 Ago 2016, 03:57
Mensagens: 2876
Localização: Bluffington
Curtiu: 25 vezes
Foi curtido: 203 vezes
Programa CH: Chespirito
Time de Futebol: Genoa
Fantasias: Não utilizo
iago83 escreveu:
João Vitor A.K.A The Butcher escreveu:
Iago, o que vc acha da "Lei das terras" instituída no período monárquico do Brasil?
Não acha que ela impediu os negros ex-escravos de terem uma ascensão social?

Eu acho que essa lei permitiu o comércio de terras, pois antes dessa lei, o sistema de distribuição de terras era o sistema de sesmarias. Eu acho que essa lei fez parte da transição lenta e gradual para a abolição da escravatura.

Eu acho que se a monarquia tivesse continuado após 1889, nós não teríamos MST como hoje e talvez o processo de industrialização teria sido acelerado mais ainda, e teríamos mais ferrovias e rodovias ligando todo o país.


Mas a mesma tbm colocou terras sem dono nas mãos do estado, não acha que se não tivesse isso, os ex-escravos teriam tido oportunidade de lucrar através daqueles espaços? Já que não tinham nenhum capital financeiro para comprar outras( os obrigando a continuarem trabalhando para os fazendeiros).

E ela burocratizou legal o comercio de terras, e nessa época já era esperado o fim da escravatura, a lei só pegou carona.

PS: Outros que sofreram muito com ela foi os imigrantes que vieram pra cá nessa época, já que tinham enormes restrições para POSSIVELMENTE( não haveria garantia) galgarem a condição de pequeno e médio proprietário.

_________________
Imagem
"Não costumo ser um homem religioso, mas se tu estás lá em cima, me salva, SUPER HOMEM"


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Monarquia • Debate sobre esse tipo de regime
MensagemEnviado: 31 Mai 2017, 21:30 
Online
Membro

Registrado em: 27 Set 2011, 14:42
Mensagens: 2525
Curtiu: 1 vez
Foi curtido: 123 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Grêmio
Fantasias: Não utilizo
João Vitor A.K.A The Butcher escreveu:
iago83 escreveu:
João Vitor A.K.A The Butcher escreveu:
Iago, o que vc acha da "Lei das terras" instituída no período monárquico do Brasil?
Não acha que ela impediu os negros ex-escravos de terem uma ascensão social?

Eu acho que essa lei permitiu o comércio de terras, pois antes dessa lei, o sistema de distribuição de terras era o sistema de sesmarias. Eu acho que essa lei fez parte da transição lenta e gradual para a abolição da escravatura.

Eu acho que se a monarquia tivesse continuado após 1889, nós não teríamos MST como hoje e talvez o processo de industrialização teria sido acelerado mais ainda, e teríamos mais ferrovias e rodovias ligando todo o país.


Mas a mesma tbm colocou terras sem dono nas mãos do estado, não acha que se não tivesse isso, os ex-escravos teriam tido oportunidade de lucrar através daqueles espaços? Já que não tinham nenhum capital financeiro para comprar outras( os obrigando a continuarem trabalhando para os fazendeiros).

E ela burocratizou legal o comercio de terras, e nessa época já era esperado o fim da escravatura, a lei só pegou carona.

PS: Outros que sofreram muito com ela foi os imigrantes que vieram pra cá nessa época, já que tinham enormes restrições para POSSIVELMENTE( não haveria garantia) galgarem a condição de pequeno e médio proprietário.

Sim, eu acho que um erro da monarquia no Brasil foi não ter distribuído terras para escravos, ex-escravos libertos ou para os imigrantes e ter burocratizado o comércio de terras no Brasil.

Mas se foi ruim com a monarquia, ficou pior sem ela. Depois de 1889, o poder passou para os grandes latifundiários e para as oligarquias formadas por elites agrárias, que mantiveram o poder através das fraudes eleitorais, do voto de cabresto e do coronelismo. As oligarquias nunca acabaram, nem mesmo com a Revolução de 1930. O que Getúlio Vargas inclusive fez em 1930 foi simplesmente trocar as oligarquias de São Paulo e Minas (Café com Leite) pela sua própria oligarquia, já que Vargas também era de uma família de latifundiários de São Borja/RS.

_________________
QUER FAZER O BRASIL UM PAÍS SÉRIO? Vote pelo SIM na consulta pública abaixo!
http://www12.senado.leg.br/ecidadania/v ... ?id=129306

Imagem


Assista ao VLOG DO IAGO no YouTube
http://www.youtube.com/iago831


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Monarquia • Debate sobre esse tipo de regime
MensagemEnviado: 31 Mai 2017, 21:42 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 24 Ago 2016, 03:57
Mensagens: 2876
Localização: Bluffington
Curtiu: 25 vezes
Foi curtido: 203 vezes
Programa CH: Chespirito
Time de Futebol: Genoa
Fantasias: Não utilizo
iago83 escreveu:
João Vitor A.K.A The Butcher escreveu:
iago83 escreveu:
João Vitor A.K.A The Butcher escreveu:
Iago, o que vc acha da "Lei das terras" instituída no período monárquico do Brasil?
Não acha que ela impediu os negros ex-escravos de terem uma ascensão social?

Eu acho que essa lei permitiu o comércio de terras, pois antes dessa lei, o sistema de distribuição de terras era o sistema de sesmarias. Eu acho que essa lei fez parte da transição lenta e gradual para a abolição da escravatura.

Eu acho que se a monarquia tivesse continuado após 1889, nós não teríamos MST como hoje e talvez o processo de industrialização teria sido acelerado mais ainda, e teríamos mais ferrovias e rodovias ligando todo o país.


Mas a mesma tbm colocou terras sem dono nas mãos do estado, não acha que se não tivesse isso, os ex-escravos teriam tido oportunidade de lucrar através daqueles espaços? Já que não tinham nenhum capital financeiro para comprar outras( os obrigando a continuarem trabalhando para os fazendeiros).

E ela burocratizou legal o comercio de terras, e nessa época já era esperado o fim da escravatura, a lei só pegou carona.

PS: Outros que sofreram muito com ela foi os imigrantes que vieram pra cá nessa época, já que tinham enormes restrições para POSSIVELMENTE( não haveria garantia) galgarem a condição de pequeno e médio proprietário.

Sim, eu acho que um erro da monarquia no Brasil foi não ter distribuído terras para escravos, ex-escravos libertos ou para os imigrantes e ter burocratizado o comércio de terras no Brasil.

Mas se foi ruim com a monarquia, ficou pior sem ela. Depois de 1889, o poder passou para os grandes latifundiários e para as oligarquias formadas por elites agrárias, que mantiveram o poder através das fraudes eleitorais, do voto de cabresto e do coronelismo. As oligarquias nunca acabaram, nem mesmo com a Revolução de 1930. O que Getúlio Vargas inclusive fez em 1930 foi simplesmente trocar as oligarquias de São Paulo e Minas (Café com Leite) pela sua própria oligarquia, já que Vargas também era de uma família de latifundiários de São Borja/RS.


Sim, concordo com vc nessa parte da Monarquia ser superior a Republica.

Aliás, quais outros erros que vc acha que o Estado Monarquico Brasileiro cometeu? Ou foi só esse?

_________________
Imagem
"Não costumo ser um homem religioso, mas se tu estás lá em cima, me salva, SUPER HOMEM"


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Monarquia • Debate sobre esse tipo de regime
MensagemEnviado: 01 Jun 2017, 00:06 
Online
Membro

Registrado em: 27 Set 2011, 14:42
Mensagens: 2525
Curtiu: 1 vez
Foi curtido: 123 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Grêmio
Fantasias: Não utilizo
João Vitor A.K.A The Butcher escreveu:
iago83 escreveu:
João Vitor A.K.A The Butcher escreveu:
iago83 escreveu:
João Vitor A.K.A The Butcher escreveu:
Iago, o que vc acha da "Lei das terras" instituída no período monárquico do Brasil?
Não acha que ela impediu os negros ex-escravos de terem uma ascensão social?

Eu acho que essa lei permitiu o comércio de terras, pois antes dessa lei, o sistema de distribuição de terras era o sistema de sesmarias. Eu acho que essa lei fez parte da transição lenta e gradual para a abolição da escravatura.

Eu acho que se a monarquia tivesse continuado após 1889, nós não teríamos MST como hoje e talvez o processo de industrialização teria sido acelerado mais ainda, e teríamos mais ferrovias e rodovias ligando todo o país.


Mas a mesma tbm colocou terras sem dono nas mãos do estado, não acha que se não tivesse isso, os ex-escravos teriam tido oportunidade de lucrar através daqueles espaços? Já que não tinham nenhum capital financeiro para comprar outras( os obrigando a continuarem trabalhando para os fazendeiros).

E ela burocratizou legal o comercio de terras, e nessa época já era esperado o fim da escravatura, a lei só pegou carona.

PS: Outros que sofreram muito com ela foi os imigrantes que vieram pra cá nessa época, já que tinham enormes restrições para POSSIVELMENTE( não haveria garantia) galgarem a condição de pequeno e médio proprietário.

Sim, eu acho que um erro da monarquia no Brasil foi não ter distribuído terras para escravos, ex-escravos libertos ou para os imigrantes e ter burocratizado o comércio de terras no Brasil.

Mas se foi ruim com a monarquia, ficou pior sem ela. Depois de 1889, o poder passou para os grandes latifundiários e para as oligarquias formadas por elites agrárias, que mantiveram o poder através das fraudes eleitorais, do voto de cabresto e do coronelismo. As oligarquias nunca acabaram, nem mesmo com a Revolução de 1930. O que Getúlio Vargas inclusive fez em 1930 foi simplesmente trocar as oligarquias de São Paulo e Minas (Café com Leite) pela sua própria oligarquia, já que Vargas também era de uma família de latifundiários de São Borja/RS.


Sim, concordo com vc nessa parte da Monarquia ser superior a Republica.

Aliás, quais outros erros que vc acha que o Estado Monarquico Brasileiro cometeu? Ou foi só esse?


Apesar do período do Brasil Império ter sido caracterizado um estado liberal, a monarquia cometeu alguns erros e problemas com a democracia, como os senadores terem um mandato vitalício, o estado confessional católico (o catolicismo era a maior religião da época, tinha 99% de adeptos, naquele tempo havia o padroado, onde padres, por exemplo, eram funcionários públicos), voto censitário (que era comum até nas recém criadas repúblicas da América do Sul, onde uma porcentagem muito pequena da população votava), e a existência da escravidão, que só começou a transição lenta e gradual para a abolição já no segundo reinado.

A maior parte dos erros que a monarquia cometeu foi no 1o reinado e no período regencial (que, na prática, foi um período republicano dentro do Brasil Império), onde teve a Confederação do Equador, Revolta dos Malês, Guerra dos Farrapos, Sabinada, Cabanagem, Balaiada, e outras revoltas de cunho separatista.

Mas se foi ruim na monarquia, foi pior na República. Eu acho que teve mais revoltas e conflitos armados depois de 1889 do que entre 1822 e 1889.

_________________
QUER FAZER O BRASIL UM PAÍS SÉRIO? Vote pelo SIM na consulta pública abaixo!
http://www12.senado.leg.br/ecidadania/v ... ?id=129306

Imagem


Assista ao VLOG DO IAGO no YouTube
http://www.youtube.com/iago831


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Monarquia • Debate sobre esse tipo de regime
MensagemEnviado: 01 Jun 2017, 00:34 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 24 Ago 2016, 03:57
Mensagens: 2876
Localização: Bluffington
Curtiu: 25 vezes
Foi curtido: 203 vezes
Programa CH: Chespirito
Time de Futebol: Genoa
Fantasias: Não utilizo
iago83 escreveu:
João Vitor A.K.A The Butcher escreveu:
iago83 escreveu:
João Vitor A.K.A The Butcher escreveu:
iago83 escreveu:
João Vitor A.K.A The Butcher escreveu:
Iago, o que vc acha da "Lei das terras" instituída no período monárquico do Brasil?
Não acha que ela impediu os negros ex-escravos de terem uma ascensão social?

Eu acho que essa lei permitiu o comércio de terras, pois antes dessa lei, o sistema de distribuição de terras era o sistema de sesmarias. Eu acho que essa lei fez parte da transição lenta e gradual para a abolição da escravatura.

Eu acho que se a monarquia tivesse continuado após 1889, nós não teríamos MST como hoje e talvez o processo de industrialização teria sido acelerado mais ainda, e teríamos mais ferrovias e rodovias ligando todo o país.


Mas a mesma tbm colocou terras sem dono nas mãos do estado, não acha que se não tivesse isso, os ex-escravos teriam tido oportunidade de lucrar através daqueles espaços? Já que não tinham nenhum capital financeiro para comprar outras( os obrigando a continuarem trabalhando para os fazendeiros).

E ela burocratizou legal o comercio de terras, e nessa época já era esperado o fim da escravatura, a lei só pegou carona.

PS: Outros que sofreram muito com ela foi os imigrantes que vieram pra cá nessa época, já que tinham enormes restrições para POSSIVELMENTE( não haveria garantia) galgarem a condição de pequeno e médio proprietário.

Sim, eu acho que um erro da monarquia no Brasil foi não ter distribuído terras para escravos, ex-escravos libertos ou para os imigrantes e ter burocratizado o comércio de terras no Brasil.

Mas se foi ruim com a monarquia, ficou pior sem ela. Depois de 1889, o poder passou para os grandes latifundiários e para as oligarquias formadas por elites agrárias, que mantiveram o poder através das fraudes eleitorais, do voto de cabresto e do coronelismo. As oligarquias nunca acabaram, nem mesmo com a Revolução de 1930. O que Getúlio Vargas inclusive fez em 1930 foi simplesmente trocar as oligarquias de São Paulo e Minas (Café com Leite) pela sua própria oligarquia, já que Vargas também era de uma família de latifundiários de São Borja/RS.


Sim, concordo com vc nessa parte da Monarquia ser superior a Republica.

Aliás, quais outros erros que vc acha que o Estado Monarquico Brasileiro cometeu? Ou foi só esse?


Apesar do período do Brasil Império ter sido caracterizado um estado liberal, a monarquia cometeu alguns erros e problemas com a democracia, como os senadores terem um mandato vitalício, o estado confessional católico (o catolicismo era a maior religião da época, tinha 99% de adeptos, naquele tempo havia o padroado, onde padres, por exemplo, eram funcionários públicos), voto censitário (que era comum até nas recém criadas repúblicas da América do Sul, onde uma porcentagem muito pequena da população votava), e a existência da escravidão, que só começou a transição lenta e gradual para a abolição já no segundo reinado.

A maior parte dos erros que a monarquia cometeu foi no 1o reinado e no período regencial (que, na prática, foi um período republicano dentro do Brasil Império), onde teve a Confederação do Equador, Revolta dos Malês, Guerra dos Farrapos, Sabinada, Cabanagem, Balaiada, e outras revoltas de cunho separatista.

Mas se foi ruim na monarquia, foi pior na República. Eu acho que teve mais revoltas e conflitos armados depois de 1889 do que entre 1822 e 1889.


Sim, houve, inclusive eu tenho um post nesse mesmo tópico falando sobre isso.

_________________
Imagem
"Não costumo ser um homem religioso, mas se tu estás lá em cima, me salva, SUPER HOMEM"


Editado pela última vez por João Vitor A.K.A The Butcher em 01 Jun 2017, 14:13, em um total de 1 vez.

Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Monarquia • Debate sobre esse tipo de regime
MensagemEnviado: 01 Jun 2017, 13:49 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 29 Dez 2015, 14:02
Mensagens: 4869
Localização: Dourados-MS
Curtiu: 723 vezes
Foi curtido: 320 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Santos
Fantasias: Não utilizo
Um spoiler cairia bem, né?

Sim, sr. moderador.

_________________
JF CHmaníaco

Usuário do Fórum Chaves desde 29 de Dezembro de 2015
Campeão do De Que Episódio é Essa Foto? - Edição 2016
Usuário do Mês de Outubro/2016


Cleberson Pereira escreveu:
Já podem fecha o tópico

Chilpayate escreveu:
Sim, sr. moderador.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Monarquia • Debate sobre esse tipo de regime
MensagemEnviado: 01 Jun 2017, 14:11 
Offline
Avatar do usuário
Moderador Global

Registrado em: 12 Abr 2014, 21:25
Mensagens: 11463
Localização: Imperatriz - MA
Curtiu: 498 vezes
Foi curtido: 740 vezes
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Vasco
Fantasias: Não utilizo
JF CHmaníaco escreveu:
Um spoiler cairia bem, né?

Sim, sr. moderador.


Você pediu e o Estado malvadão atendeu.

_________________
Imagem

Sem comentários.


“Não existe episódio semelhante! Existe preguiça de ver o episódio até o fim!”
- XAVIER, Evilásio


Cleberson Camargo escreveu:
Leandro Boutsen escreveu:
Mule of 6 deve ter tido um orgasmo vendo isso.


O Mesmo que tive quando peguei sua mae.


MINHA TRAJETÓRIA:

12/04/2014 a 13/07/2014 - Toupas Prancas
13/07/2014 a 30/12/2014 - O gordo e o obeso
30/12/2014 em diante - O Gordo

MEMBRO do FÓRUM CHAVES desde 12/ABR/2014
USUÁRIO DO MÊS em DEZ/2014, FEV/2015, MAR/2015, ABR/2015, NOV/2016 e em FEV/2017

MODERADOR desde 09/MAI/2015 (1º mandato - DDNL); 09/NOV/2015 (2º mandato - DDNL);
MODERADOR GLOBAL desde 05/MAI/2016 (3º mandato - Global)


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Monarquia • Debate sobre esse tipo de regime
MensagemEnviado: 01 Jun 2017, 14:14 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 24 Ago 2016, 03:57
Mensagens: 2876
Localização: Bluffington
Curtiu: 25 vezes
Foi curtido: 203 vezes
Programa CH: Chespirito
Time de Futebol: Genoa
Fantasias: Não utilizo
Atendeu bem mal como de costume, editaram a conversa de uma forma ruim da porra, tiraram os quotes de algumas msgs´.

_________________
Imagem
"Não costumo ser um homem religioso, mas se tu estás lá em cima, me salva, SUPER HOMEM"


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Monarquia • Debate sobre esse tipo de regime
MensagemEnviado: 06 Jun 2017, 12:06 
Online
Membro

Registrado em: 27 Set 2011, 14:42
Mensagens: 2525
Curtiu: 1 vez
Foi curtido: 123 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Grêmio
Fantasias: Não utilizo
Na Monarquia, a esperança
Não sou pessimista, mas penso que o atual terremoto político e econômico está apenas começando. É duro ver a realidade tal como ela é. Contudo, se não a examinarmos objetivamente não desvendaremos os caminhos para modificá-la. Ora, creio ser incontroverso, ao menos para os espíritos sensatos, decorrer a atual crise, em grande parte, de nossas decrépitas, corruptas, e esclerosadas instituições políticas republicanas, viciadas desde o nascedouro pelas concepções errôneas que as edificaram, e, pelos interesses que as sustentaram. Embora, de si mesma, a forma republicana seja em teoria legítima, e, possa na prática ser, também, a mais indicada conforme os tempos, lugares, circunstâncias e povos, as repúblicas fabricadas em série no mundo ocidental nos últimos três séculos surgiram infectadas pelo vírus revolucionário que se espalhou a partir da França em 1789. Os principais erros doutrinários que conspurcaram o ambiente ideológico e social – e, pois, o político – consistiram no igualitarismo e no liberalismo relativista, falsos valores metafísicos portadores do ódio à monarquia e à aristocracia, e, à aversão aos princípios morais perenes da civilização cristã.

Mas, a já longa duração das repúblicas, ao lado da detração dirigida à monarquia mediante propaganda mentirosa espalhada mundo afora ao longo de várias gerações, fez com que muitas pessoas reputem inviável o retorno ao regime monárquico. Admito que tal mudança seja difícil nos países que, desde as respectivas independências, nasceram sob a forma republicana, como é o caso dos Estados Unidos, e de todas as nações da América espanhola, por exemplo, porque nunca tiveram reis, salvo os distantes monarcas ingleses e espanhóis. Mas, não no Brasil, que afora a longa tradição política portuguesa, viveu no regime monárquico até 1889, e, ademais, tem a família imperial legítima dos Orleans e Bragança, descendentes diretos dos soberanos lusos. Portanto, sob este aspecto, de grande importância, aliás, inexiste dificuldade para o retorno ao Império, nem tampouco controvérsias dinásticas. Há legítimo sucessor, o Príncipe Imperial Dom Luiz de Orleans e Bragança, e, existem os sucessores eventuais, seus irmãos Bertand e Antonio, além dos sobrinhos, em caso de falecimentos.

Embora o retorno ao regime monárquico ainda possa demorar algum tempo, isto é, até que a opinião pública – depois de fustigada pela dolorosa linguagem dos fatos – se convença da conveniência, e, mais, da necessidade da restauração, revela-se oportuna a exposição de algumas ideias e algumas realidades aptas a despoluir os espíritos.

Em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia, o presidente da seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil, Luiz Viana Queiroz, comparando a caótica situação do Brasil atual com a da Espanha logo após a morte do ditador Francisco Franco, disse que aquele país só se livrou das convulsões que o sacudiam graças à existência do rei (Juan Carlos), sem o qual não teria sido possível construir o Pacto de Moncloa. Disse Viana que “lá tinha um rei”, fator de aglutinação e de unidade nacional, e, que nós não teríamos isso, enfrentando um desafio ainda maior. Vê-se, pois, que a Espanha, depois de um período republicano e de outro ditatorial de transição, retornou à monarquia, a demonstrar que as vias da História comportam vais e vens.

Por outro lado, cabem um reparo, e, um comentário à fala de Luiz Viana: o reparo é que nós temos, sim, um monarca legítimo que é o mencionado Dom Luiz; o comentário é o de que se tivéssemos conservado a forma monárquica nunca teríamos caído no precipício em que nos lançou a República. Vejam os leitores que alguns dos países mais civilizados, prósperos e estáveis conservam até hoje suas monarquias como é o caso da Inglaterra, do Japão, da Holanda, da Suécia, da própria Espanha, entre outros.

Importa salientar, também, como seria a restauração monárquica no Brasil. Segundo a orientação da Casa Imperial chefiada por Dom Luiz, e consenso unânime dos monarquistas brasileiros, não será monarquia absoluta, e sim monarquia mista, isto é a combinação da monarquia e da democracia, segundo o que vier a ser estabelecido em futura Constituição, adaptada da Carta Magna de 1824 promulgada por Dom Pedro I. Neste modelo entra o elemento sui generis do Poder Moderador, exercido pelo Imperador, ao lado dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. O Poder Executivo, embora atribuído ao Imperador, por delegação será exercido pelo Governo, constituído pela maioria parlamentar. O Poder Legislativo terá feição bicameral, com Câmara dos Deputados e Senado Federal, à semelhança do que vigora atualmente. Completa o quadro das instituições políticas da monarquia constitucional parlamentarista o Conselho de Estado, composto por pessoas da mais alta competência e representatividade social incumbidas de auxiliar o Imperador em suas decisões. Conviveram, assim, harmonicamente em tal regime e sistema, o elemento perene representado pelo Imperador, ao lado do elemento mutante representado pelos eleitos para a Câmara dos Deputados através do voto popular, e, pelo Governo formado pela maioria parlamentar. Este mecanismo, acima delineado resumida e esquematicamente, funcionou muito bem durante todo o Segundo Império, o período mais glorioso de nossa História. O leitor poderá encontrar informações bem mais pormenorizadas nos excelentes livros publicados pelo historiador contemporâneo Armando Alexandre dos Santos, que estudou toda essa matéria em profundidade¹.

Sobre as vantagens das monarquias hereditárias em relação às repúblicas, também muito esquematicamente importa acentuar o seguinte:

a) preservação da unidade, porque o monarca não tem vinculação político-partidária ou regional;
b) a independência do rei ou imperador, que não deve favores a quem quer que seja;
c) a continuidade nas metas de governo, porque subsistem muito além dos curtos programas republicanos;
d) a representatividade, porque o soberano representa toda a Nação, encarada como família;
e) maior extensão das liberdades públicas;
f) maior capacidade de sustentar medidas impopulares quando necessárias, como aconteceu durante a Guerra do Paraguai;
g) menor custo principalmente se comparada às repúblicas compulsivamente perdulárias e corruptas como sempre foi a nossa.

Os monarquistas brasileiros, depois de um século de silêncio imposto pela República de nulidades triunfantes (segundo a expressão do republicano arrependido Ruy Barbosa), recuperaram a liberdade de manifestação com a Constituição de 1988, e, de lá para cá o movimento monarquista composto por inúmeras entidades fiéis à Família Imperial vem crescendo, e, encontrando grande receptividade principalmente junto ao chamado “povão”. Chegará o dia em que o clamor nacional, de Norte a Sul, de Leste a Oeste, trará a restauração do Império. É questão de tempo.

* O autor é advogado e pecuarista.
https://ihgb.org.br/perfil/userprofile/AASantos.html

Fonte: Jornal Nova Fronteira

http://jornalnovafronteira.com.br/na-mo ... esperanca/


A restauração da monarquia
O que se segue parecerá, a muitos, o resultado de um delírio conservador. Trata-se, no entanto, de mera conjectura sobre uma alternativa para superação da crise que a delirante vida política nacional nos impõe: a da restauração da monarquia parlamentar.

Tomem essa sugestão menos como uma simpatia anacrônica pelo ritualismo e pela pompa das velhas famílias reais que habitam o imaginário popular do que como simples provocação.

Os acontecimentos dos últimos dias agravaram a crise política nacional, a ponto de se falar de um vácuo de poder que põe em risco nossa frágil democracia, nossa cambaleante economia e, mesmo, a convivência social civilizada. O eventual afastamento do presidente Temer gera um cipoal de problemas a sua sucessão. Preceitos constitucionais, processuais e morais inviabilizam a posse daqueles que, embora situados na linha sucessória, devem contas à Justiça.

O noticiário aventa soluções tais como a de empossar a presidente do STF para cumprir o resto do atual mandato presidencial, o que me parece uma sábia solução de emergência. Já o apelo oportunista por “diretas já”, orquestrado por sindicalistas, estudantes e partidos de esquerda, caso atendido, representaria um retrocesso sem precedentes, posto que não há à vista lideranças capazes de preencher os requisitos indispensáveis a um chefe de nação.

Outra possibilidade seria a eleição indireta de um civil, mas desconheço o ilustre brasileiro que pode ser alçado, de imediato, à condição de presidente da República aprovado por parlamentares desprovidos de legitimidade perante a opinião pública.

Finalmente, se a opção pelo regime parlamentarista tem sido, insistentemente, apontada como a solução ideal para a governabilidade e a estabilidade das instituições, por que não cogitar sobre uma eventual restauração da monarquia parlamentar? Afinal, tivemos uma história de quase cem anos de monarquia que em nada fica a dever à experiência republicana, que, aliás, resultou de um golpe perpetrado, por motivos torpes, pelo marechal Deodoro da Fonseca.

Não sou historiador, muito menos um estudioso da monarquia, desconhecendo, portanto, o perfil do herdeiro do trono do Brasil. Vale considerar, no entanto, que perante o resto do mundo a volta à monarquia, aparentemente esdrúxula e extemporânea, pode sinalizar para a maior respeitabilidade e estabilidade de nossas instituições políticas e econômicas.

Talvez não seja mera coincidência o fato de países democráticos, politicamente estáveis e ricos, como o Reino Unido, a Holanda, a Noruega, a Dinamarca, o Japão e a Espanha, serem monarquias em que os soberanos mandam pouco, mas funcionam como esteios da estabilidade das instituições nacionais. O primeiro-ministro, democraticamente eleito, incumbe-se de exercer as funções afetas a quem governa de fato.

Flávio Saliba

Fonte: O Tempo

http://www.otempo.com.br/opini%C3%A3o/f ... -1.1478738

_________________
QUER FAZER O BRASIL UM PAÍS SÉRIO? Vote pelo SIM na consulta pública abaixo!
http://www12.senado.leg.br/ecidadania/v ... ?id=129306

Imagem


Assista ao VLOG DO IAGO no YouTube
http://www.youtube.com/iago831


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Monarquia • Debate sobre esse tipo de regime
MensagemEnviado: 06 Jun 2017, 12:25 
Offline
Avatar do usuário
Moderador Global

Registrado em: 07 Mai 2010, 19:59
Mensagens: 16374
Localização: The Twilight Zone
Curtiu: 460 vezes
Foi curtido: 1742 vezes
Programa CH: Chespirito
Fantasias: Não utilizo
Eu proponho uma MONARQUIA COMUNISTA, liderada por um REI VERMELHO

_________________
Imagem

Facebook
Facebook (Reserva)
Steam
YouTube


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Monarquia • Debate sobre esse tipo de regime
MensagemEnviado: 06 Jun 2017, 12:27 
Offline
Avatar do usuário
Moderador Global

Registrado em: 12 Abr 2014, 21:25
Mensagens: 11463
Localização: Imperatriz - MA
Curtiu: 498 vezes
Foi curtido: 740 vezes
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Vasco
Fantasias: Não utilizo
João Vitor A.K.A The Butcher escreveu:
Atendeu bem mal como de costume, editaram a conversa de uma forma ruim da porra, tiraram os quotes de algumas msgs´.


Consertei a cagada. Que não fomos nós que fizemos, só pra começar.

_________________
Imagem

Sem comentários.


“Não existe episódio semelhante! Existe preguiça de ver o episódio até o fim!”
- XAVIER, Evilásio


Cleberson Camargo escreveu:
Leandro Boutsen escreveu:
Mule of 6 deve ter tido um orgasmo vendo isso.


O Mesmo que tive quando peguei sua mae.


MINHA TRAJETÓRIA:

12/04/2014 a 13/07/2014 - Toupas Prancas
13/07/2014 a 30/12/2014 - O gordo e o obeso
30/12/2014 em diante - O Gordo

MEMBRO do FÓRUM CHAVES desde 12/ABR/2014
USUÁRIO DO MÊS em DEZ/2014, FEV/2015, MAR/2015, ABR/2015, NOV/2016 e em FEV/2017

MODERADOR desde 09/MAI/2015 (1º mandato - DDNL); 09/NOV/2015 (2º mandato - DDNL);
MODERADOR GLOBAL desde 05/MAI/2016 (3º mandato - Global)


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Monarquia • Debate sobre esse tipo de regime
MensagemEnviado: 06 Jun 2017, 12:31 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 24 Ago 2016, 03:57
Mensagens: 2876
Localização: Bluffington
Curtiu: 25 vezes
Foi curtido: 203 vezes
Programa CH: Chespirito
Time de Futebol: Genoa
Fantasias: Não utilizo
Rebecca R. Snowcraft escreveu:
Eu proponho uma MONARQUIA COMUNISTA, liderada por um REI VERMELHO

Marukusu o mukaemasu

_________________
Imagem
"Não costumo ser um homem religioso, mas se tu estás lá em cima, me salva, SUPER HOMEM"


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Monarquia • Debate sobre esse tipo de regime
MensagemEnviado: 06 Jun 2017, 19:08 
Online
Membro

Registrado em: 27 Set 2011, 14:42
Mensagens: 2525
Curtiu: 1 vez
Foi curtido: 123 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Grêmio
Fantasias: Não utilizo
No vídeo abaixo, confiram o que fez a Rainha que segundo boa parte desse fórum, "não trabalha" e "só serve de enfeite".


_________________
QUER FAZER O BRASIL UM PAÍS SÉRIO? Vote pelo SIM na consulta pública abaixo!
http://www12.senado.leg.br/ecidadania/v ... ?id=129306

Imagem


Assista ao VLOG DO IAGO no YouTube
http://www.youtube.com/iago831


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Monarquia • Debate sobre esse tipo de regime
MensagemEnviado: 06 Jun 2017, 20:31 
Offline
Avatar do usuário
Moderador Global

Registrado em: 07 Mai 2010, 19:59
Mensagens: 16374
Localização: The Twilight Zone
Curtiu: 460 vezes
Foi curtido: 1742 vezes
Programa CH: Chespirito
Fantasias: Não utilizo
Alguem impede o pessoal da família Orleans de ir visitar crianças nos hospitais daqui? Não, né? Então não precisam ser reis.

_________________
Imagem

Facebook
Facebook (Reserva)
Steam
YouTube


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Monarquia • Debate sobre esse tipo de regime
MensagemEnviado: 09 Jun 2017, 02:00 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 12 Jan 2012, 12:06
Mensagens: 349
Curtiu: 127 vezes
Foi curtido: 150 vezes
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Pirapora-do-Passa-Quatro FC
Fantasias: Não utilizo
krlh, esse topico ainda existe
isso é falta de vergonha na cara. Não do iago, exigir bom senso é exigir demais dele, mas dos mods msm

_________________
pasa o zap gostosa


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 1762 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 112, 113, 114, 115, 116, 117, 118  Próximo

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para: