Tecnologia

Espaço para debates sobre assuntos que não sejam relacionados a Chespirito, como cinema, política, atualidades, música, cotidiano, games, tecnologias, etc.
Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 90973
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5579 vezes
Curtiram: 2032 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 11 Set 2020, 01:02

NOTÍCIAS
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 90973
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5579 vezes
Curtiram: 2032 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 27 Set 2020, 15:01

NOTÍCIAS
https://www.telesintese.com.br/35-ghz-e ... -no-mundo/

Dados da Global Suppliers Association (GSA), entidade que reúne fornecedores de equipamentos para redes móveis, indicam que o espectro de Banda C é o mais licenciado no mundo para uso em redes 5G.

Neste mês, a associação constatou a existência de 178 operadoras em fase de implantação, de licenciamento ou de testes na faixa.

A entidade adota o critério europeu de Banda C, pelo qual esta vai dos 3,3 GHz a 4,2 GHz. E segundo seus dados, nenhuma outra banda tem tantas redes 5G em fase de implantação ou licenciamento neste instante.

No caso, maior parte das redes estão sobre as bandas n77 e n78, que formam os 3,5 GHz a serem vendidos pela Anatel no próximo leilão de frequências no Brasil.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
Rondamon
Membro
Membro
Mensagens: 5736
Registrado em: 30 Jul 2012, 11:48
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: São Paulo
Localização: Caieiras, SP
Curtiu: 357 vezes
Curtiram: 281 vezes

Tecnologia

Mensagem por Rondamon » 27 Set 2020, 16:24

Sony está deixando o Brasil e fechará fábrica em Manaus - https://www.tecmundo.com.br/mercado/177 ... manaus.htm
Não é só a LG que está saindo do Brasil...
Há 8 anos no Fórum Chaves! :vitoria:

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 90973
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5579 vezes
Curtiram: 2032 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 02 Out 2020, 21:31

NOTÍCIAS
https://link.estadao.com.br/noticias/ga ... 0003453360

Quem pesquisou para trocar de celular nos últimos meses deve ter levado um susto: os smartphones estão mais caros no Brasil.

O preço médio de um aparelho no 2º trimestre de 2020 foi de R$ 1,5 mil, em alta de 23% ante 2019, em efeito puxado pela alta do dólar e pela estratégia de lançamentos das empresas.

Com a crise e incerteza econômica, o aumento deixa muitos brasileiros em dúvida na hora de colocar a mão no bolso – ainda mais em tempos de isolamento social, quando a demanda pelo uso de tecnologia aumentou.

A alta dos preços é visível em diferentes segmentos do mercado. Considerado um aparelho “super premium”, o Galaxy Note 20, da Samsung, chegou ao Brasil neste mês por até R$ 8 mil.

No ano passado, seu antecessor Note 10 custava no máximo R$ 6,8 mil.

No mercado intermediário, uma mudança sensível apareceu no Moto G9 Plus, da Motorola, que chegou ao mercado este mês por R$ 2,5 mil – no ano passado, o Moto G8 Plus foi lançado a R$ 1,7 mil.

Segundo Renato Meireles, analista da IDC Brasil, esse movimento atinge o mercado de smartphones como um todo. “Hoje, praticamente não há smartphones de entrada por menos de R$ 700”, diz.

Por outro lado, ele nota que os aparelhos mostram evoluções ano a ano. “Ao mesmo tempo, já é possível ver câmera tripla em um smartphone de baixo custo.”

Na hora de comprar, afirmam especialistas ouvidos pelo Estadão, o consumidor deve entender quais inovações são de fato úteis entre um aparelho e outro – uma câmera melhor para quem gosta de tirar fotos pode valer alguns reais a mais, mas não uma evolução tímida na capacidade de processamento.

A alta de preços não é um fenômeno novo – em uma estratégia que foi puxada pela Apple, criando a categoria super premium, com celulares que chegaram a custar até cinco dígitos.

Para Fernando Balaiuna, diretor da consultoria GfK, a tática é uma resposta à própria evolução do mercado. “Já existe um nível de exigência maior do consumidor e o caminho do mercado é convencer as pessoas a fazerem uma atualização”, diz.

Mas essa tática entra em xeque num cenário de crise e incerteza econômica como o causado pela pandemia.

O resultado são consumidores mais sensíveis aos altos preços. A publicitária Verena Liz Schlik, por exemplo, pretendia comprar um smartphone em maio, no seu aniversário, mas fez alguns cálculos e resolveu adiar a compra. “Eu tenho um Galaxy S8 há dois anos e queria trocar para esse modelo não ficar obsoleto”, diz a jovem, de 23 anos, que mora em São Paulo. “Mas como meu celular ainda funciona bem, vou esperar o dólar abaixar um pouco e os preços se estabilizarem pra ter um negócio melhor.”

Muitos consumidores também decidiram ficar mais um tempo com o celular que já têm. Outros nem tiveram como realizar a compra, com lojas fechadas e problemas de abastecimento – parte considerável dos componentes de celulares feitos no Brasil é importada da China, que sofreu primeiro com o coronavírus.

O resultado, diz a IDC, foi uma queda de 30% nas vendas de celular no 2.º trimestre de 2020 em relação ao mesmo período de 2019. Para o ano, a previsão da consultoria é de queda de dois dígitos no mercado no País – se confirmado, seria o maior tombo do setor na última década em termos porcentuais.

Diferentes analistas ouvidos pela reportagem afirmam que o mercado já dá sinais de recuperação – e parte disso, dizem, se deve ao auxílio emergencial e à necessidade de ter um dispositivo à mão durante a quarentena.

“Na pandemia, o celular virou necessidade básica. Quem não tem um, não consegue estudar ou trabalhar – e isso não era verdade há pouco tempo atrás”, diz Fernando S. Meirelles, professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP). “As pessoas estão investindo nos aparelhos.”

Além de buscar aparelhos mais baratos, mas que atendam às necessidades do usuário, outra tática recomendada por especialistas para driblar os altos preços é procurar por aparelhos topo de linha lançados há algum tempo. “Se você não tem muito dinheiro para gastar com um aparelho mais avançado, olhe para versões de um ou dois anos antes. Eles continuam sendo bastante úteis e robustos”, afirma Mikako Kitagawa, analista da consultoria Gartner.

Foi o que fez a mineira Anna Luisa Nogueira : durante a quarentena, ela desembolsou R$ 3 mil em um Galaxy S10, lançado em março de 2019. A expectativa, segundo ela, é ficar com o novo modelo por pelo menos dois anos. “Meu último celular durou três anos, a única coisa que ficou ruim com o tempo foi a bateria. Quero ficar com esse por bastante tempo”, diz a jovem, formada em Direito.

Para quem não está em condições de fazer uma aquisição, a principal dica é cuidar bem do aparelho atual, executando práticas de manutenção.
O que vai aumentar cada vez mais : gente comprando aparelhos de smartphones usados. Principalmente de pessoas mais ricas que vão vender seu aparelho para comprar um modelo mais atual.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 90973
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5579 vezes
Curtiram: 2032 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 06 Out 2020, 06:00

NOTÍCIAS
https://blogs.oglobo.globo.com/ancelmo/ ... ernet.html

O estudo Latin America Digital Transformation Report 20, que acaba de sair, diz que a proporção da população que utiliza a internet no Brasil, este ano, é de 71%.

Proporção maior do que os 59% da China, e os 50% da Índia, mas ainda longe de países como a Alemanha, onde 93% da população está no mundo digital.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 90973
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5579 vezes
Curtiram: 2032 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 20 Out 2020, 11:36

NOTÍCIAS
https://veja.abril.com.br/blog/radar/pe ... g-no-pais/

A implantação da rede 5G no Brasil deve gerar cerca de 22,5 bilhões de dólares em negócios entre empresas (B2B) até 2024, aponta um estudo elaborado pelo IDC para o Movimento Brasil Digital.

A pesquisa sugere que o 5G deve expandir o mercado de novas tecnologias no país, como a IoT (internet das coisas), computação em nuvem e big data, já nos próximos anos.

“O 5G proporcionará a conectividade com excelência, sendo o grande vetor do desenvolvimento tecnológico do Brasil e do mundo na próxima década”, afirma Vitor Cavalcanti, do Movimento Brasil Digital.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 90973
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5579 vezes
Curtiram: 2032 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 26 Out 2020, 03:20

NOTÍCIAS
https://link.estadao.com.br/noticias/ge ... 0003488018

O presidente da Samsung, Lee Kun-hee, morreu na madrugada do sábado, aos 78 anos.

Ele estava hospitalizado desde maio de 2014, após ter sofrido um ataque cardíaco.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
JF CHmaníaco
Membro
Membro
Mensagens: 14481
Registrado em: 29 Dez 2015, 14:02
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Santos
Localização: Dourados-MS
Curtiu: 1319 vezes
Curtiram: 1234 vezes

Tecnologia

Mensagem por JF CHmaníaco » 26 Out 2020, 08:14

E.R escreveu:
26 Out 2020, 03:20
Ele estava hospitalizado desde maio de 2014, após ter sofrido um ataque cardíaco.
:o
JF CHmaníaco
Usuário do Fórum Chaves desde 29 de Dezembro de 2015
Campeão do De Que Episódio é Essa Foto? - Edição 2016
Usuário do Mês de Outubro/2016, Janeiro/2018, Maio/2019, Janeiro/2020 e Setembro/2020

Antonio Felipe escreveu:
07 Dez 2020, 19:39
Nessa pandemia eu rodo mais quilômetros descendo o scroll pelos posts gigantes do Flash do que caminhando na rua.
http://forumchaves.com.br/piadaitaliano/

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 90973
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5579 vezes
Curtiram: 2032 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 26 Out 2020, 09:56

NOTÍCIAS
https://veja.abril.com.br/blog/radar/du ... ta-semana/

O STF deve julgar as Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIs) 1.945 e 5.659, que tratam da possibilidade dos serviços de software, já tributados pelo ISS, serem tributados também pelo ICMS.

Por conta de decisões judiciais já obtidas, as tentativas de cobrança de ICMS pelos estados foram suspensas até o julgamento a iniciar depois de amanhã.

A Associação Brasileira de Software (Abes) espera que a decisão seja pela inconstitucionalidade da cobrança do ICMS pelos estados, mantendo apenas o ISS.

Caso o STF decida que o tributo correto é o ICMS, aponta a entidade em nota, “os preços terão um aumento significativo, dificultando o acesso à tecnologia pela sociedade e empresas de forma geral, e certamente impactando a competitividade das empresas brasileiras em relação às empresas estrangeiras”.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 90973
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5579 vezes
Curtiram: 2032 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 28 Out 2020, 13:23

NOTÍCIAS
https://veja.abril.com.br/blog/radar/em ... m-favelas/

Com foco na democratização do acesso à comunicação e à internet, será lançada nesta quarta-feira a primeira empresa de telefonia móvel social do Brasil : a Alô Social.

Fruto da parceria da Favela Holding e da Dry Company, operadora móvel virtual, a nova companhia já nasce apoiando o projeto Mães da Favela ON, iniciativa da Central Única das Favelas (CUFA).

A garantia da cobertura 4G em todo o Brasil e a operação da implantação ficaram a cargo da Dry Company.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 90973
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5579 vezes
Curtiram: 2032 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 30 Out 2020, 08:38

NOTÍCIAS
https://www1.folha.uol.com.br/colunas/p ... rial.shtml

A ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial) vai assinar em novembro de 2020 um acordo com a Anatel para testar o funcionamento de redes privadas de 5G para uso empresarial.

O objetivo é avaliar o desempenho de diferentes frequências em indústrias, no campo e nas cidades.

Segundo Igor Calvet, presidente da agência, a rede privada dá às empresas a possibilidade de definir seus próprios critérios de segurança da informação.

A meta da agência é preparar um relatório com o desempenho do 5G em diferentes cenários no primeiro trimestre de 2021 para subsidiar uma resolução da Anatel sobre uso das redes pelas corporações.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 90973
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5579 vezes
Curtiram: 2032 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 06 Nov 2020, 03:36

NOTÍCIAS
https://www1.folha.uol.com.br/colunas/p ... m-5g.shtml

O Procon-SP notificou a Motorola, a Samsung e a Claro pedindo mais informações sobre a oferta de aparelhos com a tecnologia 5G publicadas nos sites das empresas.

O órgão de defesa do consumidor quer saber se os produtos já estão disponíveis no Brasil e se as publicidades informam devidamente sobre limitações, amplitude de cobertura e autorizações de órgãos competentes.

Procurada pela coluna, a Samsung diz que não recebeu a notificação do Procon, mas que todos os dados sobre a disponibilidade do 5G estão no site e no material de comunicação. ​

A Claro afirma que foi notificada e vai prestar os esclarecimentos técnicos ao órgão.

A Motorola diz que recebeu pedido de esclarecimento e vai responder.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 90973
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5579 vezes
Curtiram: 2032 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 09 Nov 2020, 18:00

NOTÍCIAS
https://exame.com/tecnologia/samsung-po ... da-huawei/

A Samsung pode lançar os smartphones Galaxy S mais de um mês antes do esperado em uma tentativa de capturar participação de mercado da Huawei e evitar a concorrência da Apple, disseram três fontes familiarizadas com o assunto.

A Huawei Technologies já desafiou a posição de liderança da Samsung no mercado global de smartphones, mas a chinesa está em modo de sobrevivência com as restrições impostas pelos Estados Unidos sufocando fornecimento de chips usados em smartphones e equipamentos de telecomunicações.

A Samsung está se preparando para lançar o Galaxy S21 já no final de janeiro do próximo ano.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 90973
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5579 vezes
Curtiram: 2032 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 12 Nov 2020, 19:03

NOTÍCIAS
https://exame.com/tecnologia/xiaomi-ref ... om-iphone/

Imagem

A empresa chinesa Xiaomi trouxe ao Brasil o smartphone Mi 10T, que irá competir contra iPhone 12 e Galaxy Note 20 Ultra.

O novo aparelho tem sistema operacional Android e se destaca por tela, bateria e câmeras.

O produto da fabricante, que é a terceira empresa que mais vende smartphones no mundo em 2020, chega para ocupar faixas de preços que foram deixadas de lado pela LG em 2020 e também pela Sony, que saiu do mercado de celulares no Brasil.

O Mi 10T chega com compatibilidade com a internet 5G e funciona em serviços oferecidos hoje pelas operadoras Claro e Vivo, que utilizam frequências do 4G para viabilizar uma conexão 5G.

Quando houver uma definição de frequências para o 5G no Brasil, estimada para 2021, o dispositivo poderá ser utilizado plenamente com a nova conexão móvel.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 90973
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5579 vezes
Curtiram: 2032 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 30 Nov 2020, 04:21

NOTÍCIAS
https://esportes.estadao.com.br/noticia ... 0003525478

O celular sem serviço no estádio de futebol era o antigo normal para o torcedor no período pré-pandemia. Mas ainda é comum a quem assiste a uma partida ao vivo pela televisão ouvir o vizinho gritar gol antes de a bola balançar a rede em sua casa por causa do delay que existe entre a TV a cabo e o rádio, por exemplo.

No futebol de hoje também acontece de o técnico fazer a última substituição e, na sequência, um atleta se machucar.

O 5G, ainda em teste no Brasil, promete resolver esses problemas e trazer outras soluções que podem até aumentar o caixa dos clubes, das emissoras e até dos patrocinadores.

O leilão para a exploração dessa nova tecnologia deve ser realizado pela Anatel no fim do primeiro semestre de 2021. A promessa é de uma velocidade de transmissão de internet até 100 vezes mais rápida do que o 4G, sem queda e sem delay, com possibilidades que irão revolucionar a maneira como estamos conectados.

O smartphone no estádio de futebol não só terá sinal sem perda para mandar mensagens, como também poderá gravar vídeos em alta definição e até ser usado na transmissão da partida - a NBA fez alguns testes na pré-temporada deste ano com a tecnologia.

Em parceria com a ESPN e AT&T, realizou uma transmissão alternativa em seu aplicativo conectada no 5G com apenas seis smartphones, dispensando as câmeras de TV (muito mais caras), conexões via satélite, cabos e toda a parafernália de transmissão usada para colocar um jogo no ar.

A realidade virtual também poderá ser explorada para assistir a um jogo no estádio. Um Corinthians e Palmeiras poderá acontecer na Neo Química Arena, por exemplo, e uma holografia mostrar a partida em tempo real no Allianz Parque. Foi o que aconteceu em menor escala em teste realizado em outubro do ano passado numa ação da Claro e da Ericsson, em parceria com o Allianz Parque.

Com a estrutura do 5G, o músico Lucas Lima, da Família Lima, estava na sede da empresa de telefonia, no Morumbi, e apareceu no palco em forma de holograma no Allianz Parque. Ele conversou com músicos que estavam presencialmente no palco, mesmo estando a aproximadamente 17 quilômetros de distância. Juntos, eles tocaram uma música sem delay entre a banda e o cantor.

O encontro virtual só foi possível pela baixa latência (o tempo de resposta) da rede 5G. "O atraso da transmissão fica próximo de zero. Imagina uma rodovia com três pistas. Agora você vai e multiplica essas pistas em 15 ou mais vias. Essa melhora na transmissão permite recriar uma imagem virtual, capturada a partir de diversas câmeras e projetar essa imagem em outro lugar", afirmou Leandro Manú, cofundador da Arena Hub, centro de inovação localizado no Estádio do Palmeiras, com intuito de desenvolver a indústria do esporte.

O Allianz Parque é o único local no Brasil com licença da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) para testar o 5G. Além do evento ligado à música, havia a expectativa de realizar ações com a nova tecnologia no futebol, mas precisou ser adiada por causa da pandemia. "Iríamos fazer transmissões de games, uma inserção que poderia migrar para o futebol, mas ficou em projeto apenas. A pandemia deixou em stand by", disse o diretor de operações do Allianz Parque, Mike Willian.

Georgia Sbrana participou de todo o processo de estruturação da arena com a nova tecnologia. Ela disse que as possibilidades são inúmeras. "Vai ser possível, por exemplo, oferecer ao torcedor que está em casa a possibilidade de assistir a partida como se estivesse no banco de reservas do seu time", disse. Ou seja, o clube poderá vender ingresso virtual para o torcedor ver o jogo da beira do gramado.

Outro exemplo citado por ela tem relação direta com o desempenho dos jogadores. A tecnologia deve ajudar na telemedicina. O departamento médico poderá avisar ao treinador sobre o cansaço de cada jogador em campo e o risco de contusão. "O monitoramento será feito em tempo real e com precisão que dará para saber o nível de cansaço e o risco de acontecer um problema muscular", afirmou.

Desde julho, a Claro está usando tecnologia de compartilhamento de frequências (DSS), que aproveita o espectro atual já alocado para a empresa, para prover o acesso 5G. Ou seja, usa a mesma frequência do 4G e 3G para testar um pouco da nova tecnologia. A rede, no entanto, ainda não pode desfrutar de outras vantagens fundamentais do 5G, como a baixa latência (espécie de tempo de reação entre um pacote de dados ser enviado para a rede e retornar ao dispositivo). A baixa latência, por exemplo, possibilitará o uso da tecnologia para veículos autônomos.

O leilão das faixas de frequência do 5G devem acontecer entre junho e julho em quatro bandas : 700 MHz; 2,3 GHz; 3,5 GHz e 26 GHz. As diferentes faixas são como diferentes rodovias por onde circulam os dados que se conectam a smartphones e computadores.

O Allianz Parque tem feito os testes na frequência de 3,5 Ghz. É a mesma frequência que o 5G já opera em 19 estádios dos Estados Unidos e que também está testando essa tecnologia.

Georgia Sbrana acredita que o uso do 5G demorará ainda um pouco para estar funcionando plenamente. "O Brasil entrou na era do 5G em julho deste ano com o DSS. O Brasil está preparado, foi o primeiro país da América Latina a fazer os testes. Para maturar e ter expansão, a gente imagina de três a quatro anos. Se o leilão acontecer de fato no primeiro semestre de 2021, acredito que as experiências amplificadas acontecerão entre 2023 e 2024.
Imagem
Imagem

Responder