Tecnologia

Espaço para debates sobre assuntos que não sejam relacionados a Chespirito, como cinema, política, atualidades, música, cotidiano, games, tecnologias, etc.
Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88131
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5430 vezes
Curtiram: 1946 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 23 Jun 2020, 00:20

NOTÍCIAS
http://www.telesintese.com.br/tim-defen ... necedores/

O CTIO da TIM, Leonardo Capdeville, defendeu a inexistência de políticas públicas que restrinjam fornecedores de rede de venderem no Brasil.

O diretor da tele ressaltou que quanto mais competidores houver entre os fabricantes, maior o desenvolvimento tecnológico e menor o preço praticado ao consumidor final.

“Do ponto de vista tecnológico, como operadora, queremos acesso a um ambiente de ampla competição e que a melhor tecnologia prevaleça”, salientou, ao participar de evento digital realizado pelo site Teletime.
Imagem
Imagem

Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 38418
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3637 vezes
Curtiram: 3082 vezes

Tecnologia

Mensagem por Victor235 » 23 Jun 2020, 22:33

Lá se vão mais milhões pra mudarem o tom da cor de um logo :vamp:
"Se aproveitaram da minha astúcia" - VELOSO, Caetano

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88131
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5430 vezes
Curtiram: 1946 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 25 Jun 2020, 09:46

NOTÍCIAS
https://valor.globo.com/empresas/notici ... pple.ghtml

A Huawei Technologies abriu sua maior loja em uma das ruas comerciais mais exclusivas da China, desafiando a retaliação dos Estados Unidos em uma tentativa de conquistar uma fatia maior do mercado doméstico às custas de rivais como a Apple.

A abertura da loja representa uma chance de apelar ao patriotismo dos consumidores chineses.

Uma multidão de visitantes principalmente jovens esperava antes da loja abrir suas portas.

A Huawei, que afirma que seus produtos estão em 70 mil lojas em todo o mundo, está mudando sua estratégia de varejo, deixando de colaborar principalmente com operadoras e parceiros de canal de varejo em todo o mundo para administrar suas próprias lojas.
Imagem
Imagem

Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 38418
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3637 vezes
Curtiram: 3082 vezes

Tecnologia

Mensagem por Victor235 » 25 Jun 2020, 22:15

Você usaria um celular dessa marca, E.R?
"Se aproveitaram da minha astúcia" - VELOSO, Caetano

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88131
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5430 vezes
Curtiram: 1946 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 30 Jun 2020, 14:41

Victor235 escreveu:
25 Jun 2020, 22:15
Você usaria um celular dessa marca, E.R?
Se me dessem, usaria. Mas não tenho vontade de comprar, não.

--
NOTÍCIAS
Imagem
Imagem

Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 38418
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3637 vezes
Curtiram: 3082 vezes

Tecnologia

Mensagem por Victor235 » 30 Jun 2020, 20:33

E.R escreveu:
30 Jun 2020, 14:41
Será que o Ghiraldelli vai comprar? :vamp:
"Se aproveitaram da minha astúcia" - VELOSO, Caetano

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88131
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5430 vezes
Curtiram: 1946 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 30 Jun 2020, 21:36

Quem ?

Você faz cada pergunta...

--
NOTÍCIAS
Imagem

Nova logo do Waze.
Imagem
Imagem

Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 38418
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3637 vezes
Curtiram: 3082 vezes

Tecnologia

Mensagem por Victor235 » 30 Jun 2020, 23:58

Pergunta? Mas foi uma piada...
"Se aproveitaram da minha astúcia" - VELOSO, Caetano

Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 38418
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3637 vezes
Curtiram: 3082 vezes

Tecnologia

Mensagem por Victor235 » 05 Jul 2020, 00:41





"Se aproveitaram da minha astúcia" - VELOSO, Caetano

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88131
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5430 vezes
Curtiram: 1946 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 06 Jul 2020, 00:33

NOTÍCIAS
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
Yoshi Toupeira
Membro
Membro
Mensagens: 3974
Registrado em: 20 Mar 2017, 16:31
Programa CH: Chapolin
Localização: Vitória - ES
Curtiu: 953 vezes
Curtiram: 470 vezes

Tecnologia

Mensagem por Yoshi Toupeira » 07 Jul 2020, 14:27

Codec H.266 Versatile Video Coding (VVC) é 50% menor que H.265 entregando a mesma qualidade
Imagem
► Exibir Spoiler
Fonte: https://mundoconectado.com.br/noticias/ ... -qualidade
[nova assinatura em construção]

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88131
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5430 vezes
Curtiram: 1946 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 08 Jul 2020, 17:42

NOTÍCIAS
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88131
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5430 vezes
Curtiram: 1946 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 17 Jul 2020, 00:46

NOTÍCIAS
https://exame.com/revista-exame/pico-de ... uarentena/

A quarentena que começou em março no Brasil já dura mais de 100 dias.

Com profissionais e estudantes em casa, o notebook virou ferramenta essencial para trabalhar ou estudar.

Com lojas fechadas, as vendas desses eletrônicos via internet tiveram uma alta inesperada em 2020.

Segundo dados da empresa brasileira de inteligência de mercado Compre & Confie, o faturamento do setor de notebooks no comércio eletrônico no Brasil foi de 2,1 bilhões de reais entre os meses de março e junho de 2020, um crescimento de 85,2% em relação ao mesmo período no ano passado.

O preço médio dos produtos também subiu. Passou de 1.943 para 2.092 reais, um aumento de 7,1% no período.

A consultoria de mercado americana IDC estima que o segmento de notebooks tenha crescido 18,8% no Brasil durante o primeiro trimestre de 2020.

A maior parte das vendas não foi para empresas, mas para pessoas físicas.

Uma das empresas que mais cresceram no setor foi a Multilaser. A companhia registrou um aumento de 60% nas vendas de notebooks de janeiro a junho deste ano.

Os produtos mais vendidos pela empresa custavam até 1.500 ­reais, como os aparelhos da linha ­Legacy. Fernando Nogueira, gerente de produtos da Multilaser, conta que a quarentena diminuiu os gastos dos consumidores.

“Como as famílias estão mais em casa, passou a haver um percentual maior de gastos com produtos que equipam os lares”, afirma.

A curitibana Positivo Tecnologia também registrou um crescimento relevante durante a pandemia da covid-19.

No primeiro trimestre, a Positivo vendeu 18,6% mais notebooks do que no mesmo período do ano passado.

“A demanda foi tão alta que as empresas compraram computadores pelo varejo”, diz Hélio Rotenberg, presidente da Positivo Tecnologia.

Além das brasileiras, a sul-coreana Samsung também viu uma alta significativa nas vendas de notebooks.

As vendas de computadores da Samsung subiram 26% entre a segunda quinzena de março e o início de junho.

“Primeiro, vendemos mais notebooks com configurações avançadas. Depois, o mercado voltou ao mix normal, mas mantendo alto volume de vendas”, diz Luciano Beraldo, gerente sênior da divisão de notebooks da Samsung no Brasil.

Já para Ricardo Bloj, presidente da Lenovo no Brasil, a necessi­dade de usar os notebooks em casa para atividades importantes pode mudar a forma como o consumidor vê esse tipo de produto.

“A pandemia fez com que surgissem novos padrões de comportamento e consumo, além de acelerar a transformação digital nas empresas. Modelos híbridos mesclando trabalho presencial e remoto, por exemplo, podem estimular o segmento corporativo e áreas como educação e saúde”, diz.

A pergunta que fica agora é se a alta do mercado é ou não uma onda passageira. Além da demanda elevada, o que puxa para cima os números do mercado de notebooks neste ano são a antecipação e a estocagem de varejistas antes da alta do dólar, que já era prevista no começo do ano por causa da pandemia.

Rodrigo Pereira, analista de mercado da IDC Brasil, acredita que a adesão do comércio às vendas online seja um movimento positivo no longo prazo, mas a consultoria prevê uma queda no setor de notebooks ainda neste ano.

“O boom do mercado nos faz esperar uma retomada ao patamar normal, mas devemos ter uma queda no terceiro trimestre no Brasil. Outros mercados também se comportaram assim. Após a queda, é esperada uma retomada gradual”, afirma.

Com mais notebooks e hábitos de consumo de eletrônicos via internet, o “novo normal” deverá ser mais conectado para todo o mercado.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88131
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5430 vezes
Curtiram: 1946 vezes

Tecnologia

Mensagem por E.R » 21 Jul 2020, 13:18

NOTÍCIAS
https://valor.globo.com/empresas/notici ... anos.ghtml

Impulsionada por dólar alto e demanda elevada durante a pandemia, a inflação dos notebooks em junho de 2020 atingiu o maior patamar em quase sete anos.

Levantamento da Fundação Getulio Vargas (FGV), a pedido do Valor Econômico, mostra que a alta de preços de computadores e periféricos - segmento representado basicamente por laptops e notebooks - foi de 1,73% no mês passado, a mais forte desde setembro de 2013 (1,79%).

Em 12 meses até junho, a elevação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC), já atinge 4,2%, maior nível desde outubro de 2016 (4,69%).

A tendência é que os preços se mantenham em alta, ainda que num ritmo menos intenso, segundo André Braz, economista da FGV e responsável pelo levantamento.

Esse tipo de produto está se tornando mais caro por influência de duas forças : o alto patamar do dólar, que encarece a compra de componentes importados; e o aumento da procura, já que a maior parte das empresas teve de implementar às pressas um sistema de “home office”, para seus funcionários trabalharem em casa durante a quarentena.

Imagem
Imagem
Imagem

Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 38418
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3637 vezes
Curtiram: 3082 vezes

Tecnologia

Mensagem por Victor235 » 21 Jul 2020, 20:33

A quarentena, devido à implementação "forçada" do home-office, salvou as vendas dos notebooks, um tipo de computador que as pessoas praticamente já nem compravam mais.
"Se aproveitaram da minha astúcia" - VELOSO, Caetano

Responder