Trocar para a skin padrão
Espaço para debates sobre assuntos que não sejam relacionados a Chespirito, como cinema, política, atualidades, música, cotidiano, games, tecnologias, etc.
Responder

Em quem você votaria para presidente nas eleições de outubro?

Esta enquete será concluída em 12 Jun 2018, 16:43

Aldo Rebelo (PSB)
0
Não há votos registrados
Álvaro Dias (Podemos)
1
4%
Beto Albuquerque (PSB)
0
Não há votos registrados
Cabo Daciolo (Avante)
0
Não há votos registrados
Ciro Gomes (PDT)
1
4%
Cristovam Buarque (PPS)
1
4%
Dr. Rey (sem partido)
0
Não há votos registrados
Eymael (PSDC)
1
4%
Flávio Rocha (sem partido)
0
Não há votos registrados
Fernando Collor de Mello (PTC)
0
Não há votos registrados
Geraldo Alckmin (PSDB)
1
4%
Guilherme Boulos (Psol)
0
Não há votos registrados
Henrique Meirelles (PSD)
0
Não há votos registrados
Jair Bolsonaro (PSL)
9
32%
João Almoêdo (Novo)
3
11%
João Vicente Goulart (PPL)
0
Não há votos registrados
Joaquim Barbosa (sem partido)
1
4%
Levy Fidelix (PRTB)
0
Não há votos registrados
Luiz Inácio Lula da Silva (PT)
2
7%
Manuela D'Ávila (PCdoB)
1
4%
Marina Silva (Rede)
2
7%
Paulo Rabello de Castro (PSC)
0
Não há votos registrados
Rodrigo Maia (DEM)
0
Não há votos registrados
Valéria Monteiro (PMN)
0
Não há votos registrados
Vera Lúcia (PSTU)
0
Não há votos registrados
Branco/Nulo
5
18%
 
Total de votos : 28

Re: Eleições 2018

24 Ago 2017, 00:16

Ok, mas em que partido?

Re: Eleições 2018

24 Ago 2017, 08:30

Não sei. A imprensa cada dia fala uma coisa diferente. Hoje teve jornal falando que o vice poderia ser o filho do José Alencar.

-

E a Mônica Bérgamo falou que o Eduardo Paes pode ir para o PSB.

Re: Eleições 2018

24 Ago 2017, 20:35

Imagem
Marina poderia ser favorita para 2018, mas 'queimou caravelas com esquerda' ao apoiar impeachment, diz fundador da Rede
Fundador e ex-membro da Rede Sustentabilidade, o antropólogo e cientista político Luiz Eduardo Soares afirma que a líder política do partido, Marina Silva, pode ter perdido a chance de chegar às próximas eleições presidenciais como favorita após ter declarado apoio ao impeachment de Dilma Rousseff no ano passado.
http://www.bbc.com/portuguese/brasil-40932659

Re: Eleições 2018

24 Ago 2017, 21:13

Imagem
Lobo solitário, Bolsonaro sonha com a glória
Nos vídeos, termina quase sempre com o bordão “tamo junto”, simulando uma arma com as mãos, com o indicador e o polegar estendidos. Perguntei se o gesto e o “tamo junto” era uma estratégia para se contrapor ao “Acelera” de João Doria, que desponta como um eventual rival no ano que vem – os dois têm a preferência do mesmo eleitorado rico e escolarizado.
“Sabe para que servem esses dois dedos?”, perguntou, fazendo com a mão o sinal popularizado pelo prefeito de São Paulo. “Para no ano que vem enfiar no rabo do Doria.
http://apublica.org/2017/08/lobo-solita ... -a-gloria/

Re: Eleições 2018

24 Ago 2017, 21:38

:garg:

Re: Eleições 2018

24 Ago 2017, 21:56

Me dói pensar que é muito provável que eu tenha que votar na incoerência da Marina.

Re: Eleições 2018

24 Ago 2017, 22:36

DEM está dividido sobre entrada de Doria no partido, diz coluna
Publicado em 24/08/2017 às 07h38.
Redação

Prefeito de São Paulo tem reiterado que não pretende deixar o ninho tucano em nenhuma hipótese

Imagem
Foto: Suamy Beydoun/ Estadão Conteúdo

O Democratas está dividido sobre a entrada do prefeito de São Paulo, João Doria, no partido para disputar a presidência da República na eleição de 2018, segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, já deu estocadas no tucano e minimizou a possibilidade. Já grupos como o do ministro da Educação, Mendonça Filho, por exemplo, não têm antipatia pela ideia.

Ao bahia.ba, o prefeito de Salvador, ACM Neto, deixou as portas abertas para o tucano paulistano, mas negou ter convidado Doria para ingressar na sigla. Até aqui, o prefeito de São Paulo tem reiterado que não sai do PSDB em nenhuma hipótese.
BAHIA.BA

Re: Eleições 2018

26 Ago 2017, 22:29

Imagem
'Alckmin é o 1º da fila', diz Tasso Jereissati sobre eleições de 2018
O senador Tasso Jereissati (CE), presidente interino do PSDB, revelou ao jornal O Estado de S. Paulo que não pretende disputar a presidência do partido no dia 9 de dezembro, quando ocorrerá a convenção nacional tucana. A ideia, diz ele, é abrir espaço para um nome que seja "cabeça-preta de mentalidade". O dirigente também afirmou que o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, é o primeiro na fila da legenda para disputar a Presidência da República em 2018. Sobre o fato de o senador Aécio Neves (MG) continuar como presidente licenciado, foi taxativo: "O presidente do partido sou eu e só eu".
http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/p ... 303563.php

Re: Eleições 2018

27 Ago 2017, 16:45

Dallagnol cita convite de partidos para eleição de 2018
Sábado, 26 de Agosto de 2017, 21h:33

O procurador Deltan Dallagnol, um dos coordenadores da operação Lava Jato, disse neste sábado que foi convidado por partidos políticos para ser candidato nas eleições de 2018, mas recusou.

"Hoje não tenho pretensões políticas, fui convidado por quatro partidos, mas educadamente recusei", afirmou o procurador a jornalistas durante o 8º Congresso Internacional de Mercados Financeiro e de Capitais. Ele não revelou os nomes das legendas, ao ser questionado se considerava se lançar na vida política.

"Não descarto no futuro servir em diferentes posições públicas ou privadas", complementou Dallagnol, sem dar mais detalhes.

O procurador reiterou críticas ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes por ter mandado soltar presos na Lava Jato e também pelas declarações de que pode mudar o entendimento sobre soltura de presos após condenações em segunda instância.

Tida como uma das principais medidas para combater a impunidade, a prisão automática após decisão da justiça de segunda instância foi mantida pelo STF no ano passado, com placar de 6 a 5. Gilmar, que tinha votado com a tese vencedora, recentemente tem dado sinais de que pode mudar seu entendimento.

Uma revisão do assunto no Supremo pode livrar da cadeia vários dos condenados após as investigações da Lava Jato.

"A revisão do entendimento do Supremo sobre prisão após decisão de segunda instância seria catastrófica", disse Dallagnol. "A sociedade tem fome de justiça; e a mudança de posição do Supremo neste assunto pode matar a sociedade de inanição."
FOLHAMAX / TERRA

Re: Eleições 2018

29 Ago 2017, 22:45

Metade das capitais pode mudar de prefeito em 2018
Coluna do Estadão
28 Agosto 2017 | 05h30

Imagem

Metade das capitais do Brasil pode trocar de comando a partir de abril de 2018. Pelo menos 13 dos 26 prefeitos de capitais avaliam os cenários políticos para disputar o governo. Para isso, precisam renunciar aos mandatos conquistados em 2016 e entregar a chave das cidades nas mãos de seus vices. Em São Paulo, se sair candidato, João Doria (PSDB) passará o bastão para seu vice, Bruno Covas (PSDB). Já a prefeitura de Salvador seria assumida pelo desconhecido Bruno Reis (PMDB) caso o prefeito ACM Neto (DEM) concorra ao governo.

Troca-troca. Concretizada, a renúncia dos prefeitos vai alterar o quadro partidário nas capitais. O PSDB, por exemplo, pode perder Porto Velho, Belém e Maceió onde os vices são do PSDC, PSB e PP.

Lá e cá. O PMDB entregaria a prefeitura de Boa Vista, cujo vice é do PSD. Mas ganharia João Pessoa, Manaus, Natal e Bahia. O PT deixaria de comandar Rio Branco, que passaria para as mãos do PSB.

Redução. O governo trabalha com a informação de que, embora ainda seja muito forte no Nordeste, Lula teria hoje oito pontos porcentuais a menos em relação a sua popularidade na região em 2016.

Vem aí. Thereza Collor negocia trocar o PSDB pelo PPS para disputar o Senado em 2018 por Alagoas. Sobre a possibilidade de o Senado ter dois senadores com o mesmo sobrenome, caso se eleja, ela tem dito que o Collor dela é diferente do ex-cunhado Fernando.
COLUNA DO ESTADÃO / ESTADÃO

-----

Alckmin sai na frente
PSDB e DEM são vistos pelo mercado como partidos que podem neutralizar os extremos.
Quanto ao candidato à Presidência para o ano que vem, a direção do PSDB decidiu apostar no governador Geraldo Alckmin. Na entrevista que concedeu ao repórter Pedro Venceslau, do Estado, Tasso Jereissati disse que o primeiro da fila é Alckmin. Nenhuma direção partidária faz esse tipo de declaração à toa. O candidato hoje é Alckmin.
http://politica.estadao.com.br/noticias ... 0001951025

Re: Eleições 2018

30 Ago 2017, 00:03

Serra topa concorrer ao governo de São Paulo
Plano B

Por Mauricio Lima
27 ago 2017, 13h00

Imagem
Serra

Serra diz que vai disputar as prévias do PSDB à presidência. Mas se o partido oferecer o governo de São Paulo, ele topa. Falta combinar com a Lava-Jato.
RADAR / VEJA

Re: Eleições 2018

30 Ago 2017, 03:46

Quer concorrer para perder de novo.

Re: Eleições 2018

30 Ago 2017, 05:41

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/

O ex-ministro Aldo Rebelo, que deixou o PC do B, diz que só pode ir para dois partidos : o PDT ou o PSB. "Vou trocar de cônjuge, não de sexo", diz ele, descartando se filiar a uma legenda tida como mais conservadora.

Re: Eleições 2018

30 Ago 2017, 20:25

Imagem
Ministro deve ir para o DEM e disputar governo de PE contra atual partido
A ida do ministro para o DEM está praticamente acertada. Próximo do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), Bezerra Filho quer disputar o governo de Pernambuco em 2018 e busca apoio dos ministros da Educação, Mendonça Filho (DEM), e das Cidades, Bruno Araujo (PSDB).
Se confirmar a candidatura, ele terá como prováveis adversários o atual governador, Paulo Câmara, que é nome forte no PSB, e Marilia Arraes, neta de Miguel Arraes, que trocou o PSB em 2014 pelo PT.
http://www1.folha.uol.com.br/poder/2017 ... tido.shtml

Para Eurasia, Alckmin é a "Hillary do Brasil" e melhor cenário é disputa entre Doria e Lula em 2018
De acordo com analistas políticos da consultoria, engana-se quem pensa que o risco real para as reformas é a candidatura de Lula - o maior risco é Alckmin ser o único candidato reformista
http://www.infomoney.com.br/mercados/po ... ntre-doria

@E.R

Re: Eleições 2018

01 Set 2017, 20:16

'Quero ser o presidente do povo brasileiro', afirma Alckmin
Durante evento da companhia de cosméticos Natura, o governador de São Paulo disse que quer governar para 'empresários que geram emprego' e 'trabalhador sacrificado do Brasil.
http://tv.estadao.com.br/politica,quero ... min,788272
Responder
AnteriorPróximo