Bancos

Tópico para falar dos principais bancos brasileiros

Espaço para debates sobre assuntos que não sejam relacionados a Chespirito, como cinema, política, atualidades, música, cotidiano, games, tecnologias, etc.
Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88200
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5436 vezes
Curtiram: 1948 vezes

Re: Bancos

Mensagem por E.R » 01 Nov 2018, 04:49

O GLOBO

O presidente do Santander Brasil, Sérgio Rial, defende que o novo governo trabalhe para a quebra de monopólios nos serviços financeiros.

Para ele, o setor público poderia se beneficiar de uma mudança na gestão de determinadas áreas.

— É preciso desconstruir todos os monopólios do sistema financeiro. Temos um sistema que é maduro o suficiente para competir por esses serviços — afirmou.

Alguns serviços financeiros são geridos apenas por bancos públicos, em geral Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal, como depósitos judiciais, folhas de pagamento de determinadas categorias e gestão dos recursos do FGTS.

Na avaliação de Sérgio Rial, os bancos grandes e médios do Brasil têm capacidade de assumir esse tipo de serviço, mas o ideal é que houvesse uma transição para isso.
Imagem
Imagem

Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 38447
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3639 vezes
Curtiram: 3083 vezes

Re: Bancos

Mensagem por Victor235 » 08 Nov 2018, 21:30

Imagem
Guedes: ideia de fusão do BB é coisa para o futuro e foi mal-interpretada
“Eu estava falando com o Alexandre Bettamio [presidente do Bank of America para a América Latina], que é meu amigo, e ele não teve como aceitar o convite para comandar o Banco do Brasil por uma razão pessoal mais do que compreensível. Ele tem duas filhas que estão estudando e moram nos Estados Unidos. Não teria como voltar ao Brasil agora. Aí eu disse a ele, de maneira informal e quase brincando: ‘Poxa, sabe que você está me dando uma boa ideia? Quem sabe no futuro, algum dia, tem a fusão do Banco do Brasil com o Bank of America? Aí você vai ter de trocar e o Banco do Brasil ainda terá mais ações no Bank of America do que qualquer americano’. Foi só isso. Evidentemente que não se trata de plano de governo. É uma ideia para ser discutida, se for o caso, lá no futuro”, relata Guedes.
https://www.poder360.com.br/economia/gu ... erpretada/
"Se aproveitaram da minha astúcia" - VELOSO, Caetano

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88200
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5436 vezes
Curtiram: 1948 vezes

Re: Bancos

Mensagem por E.R » 13 Nov 2018, 02:56

https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2 ... imes.shtml

O banco HSBC está planejando reconstruir sua presença no Brasil três anos depois de vender a maior parte de suas operações no país, porque John Flint, seu novo presidente-executivo, tem por objetivo recolocar o maior banco europeu em "modo de crescimento".

Os executivos do banco estão discutindo reforçar suas operações de investimento em São Paulo a fim de reconquistar clientes empresariais brasileiros.

Muitos deles foram perdidos quando o HSBC cortou suas conexões com o mercado do país em 2015, o ano em que chegou a acordo para vender suas operações brasileiras deficitárias ao Banco Bradesco, por US$ 5,2 bilhões, de acordo com duas pessoas familiarizadas com o plano.

Uma cláusula de não concorrência assinada pelo HSBC como parte de seu acordo com o Bradesco expira em breve, abrindo caminho para que o banco sediado em Londres retorne com força, disse uma das pessoas.

Procurado, o Bradesco disse que não iria comentar,

O HSBC manteve cerca de 80 pessoas de seu banco de investimento no Brasil, depois da da venda das operações ao Bradesco, para poder continuar assessorando e financiando clientes empresariais internacionais de grande porte.

Os executivos do banco agora estão discutindo elevar essa equipe para 200 pessoas ou mais, a fim de tentar conquistar clientes menores, com foco mais local, disseram as fontes.

Mas a instituição não tem planos de voltar a trabalhar como banco de varejo no país. O HSBC se recusou a comentar.
Imagem
Imagem

Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 38447
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3639 vezes
Curtiram: 3083 vezes

Re: Bancos

Mensagem por Victor235 » 02 Dez 2018, 01:51

Propaganda de um curso preparatório para concurso de 1982 do Banco do Brasil:

Imagem

(via Zé Carioca # 1621, lançado em novembro de 1982 - mais no tópico de gibis)
"Se aproveitaram da minha astúcia" - VELOSO, Caetano

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88200
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5436 vezes
Curtiram: 1948 vezes

Re: Bancos

Mensagem por E.R » 14 Dez 2018, 02:15

Concordo. Banco público não é para pagar patrocínios milionários a times de futebol.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
Barbano
Administrador
Administrador
Mensagens: 41786
Registrado em: 28 Jan 2009, 13:29
Time de Futebol: São Paulo
Localização: São Carlos (SP)
Curtiu: 1894 vezes
Curtiram: 3816 vezes

Re: Bancos

Mensagem por Barbano » 14 Dez 2018, 08:35

Precisa sim. Banco é banco. Sendo público ou não, concorre com os bancos do setor privado. E, para concorrer, precisa investir em publicidade. Não são verbas do governo, e sim do próprio banco, que é lucrativo.
Esses usuários curtiram o post de Barbano (total: 1):
Victor235

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88200
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5436 vezes
Curtiram: 1948 vezes

Re: Bancos

Mensagem por E.R » 02 Jan 2019, 01:28

Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88200
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5436 vezes
Curtiram: 1948 vezes

Re: Bancos

Mensagem por E.R » 04 Jan 2019, 05:56

O GLOBO

Apesar da previsão de que o comando do Banco Central (BC) só será trocado no mês que vem, a autarquia já participa das ações dos 100 primeiros dias do governo Jair Bolsonaro.

O presidente deve assinar um decreto para acabar com a necessidade de autorização presidencial sempre que um banco estrangeiro quiser se instalar no país.

Caberá apenas ao BC dar o aval para a entrada da instituição no sistema financeiro brasileiro. Isso deve aumentar a concorrência no setor e, consequentemente, diminuir os elevados juros bancários.

Em entrevista ao jornal Valor Econômico, o presidente do BC, Ilan Goldfajn, afirmou que o decreto presidencial deve ser assinado em breve.

Ilan Goldfajn informou ainda que será encaminhado ao Congresso um projeto de lei que dá ao BC atribuição para aprovar a nomeação de dirigentes de bancos públicos.

Como esse projeto de lei não deve ser aprovado rapidamente, o BC sugeriu a Jair Bolsonaro que editasse um decreto presidencial, afirmando que a autoridade monetária deve se manifestar antes das nomeações. Isso seria, porém, apenas uma diretriz, e não uma prerrogativa. Ou seja, o aval do BC não será impositivo.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88200
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5436 vezes
Curtiram: 1948 vezes

Re: Bancos

Mensagem por E.R » 07 Jan 2019, 18:15

--
https://g1.globo.com/economia/noticia/2 ... ivos.ghtml

O novo presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, afirmou nesta segunda-feira (7) que assume o comando do maior banco público do país livre de "interferências políticas".

Ao discursar na cerimônia de transmissão de cargo na qual recebeu a presidência do Banco do Brasil, Ruben Novaes anunciou que pretende vender "alguns ativos" da instituição, mas não venderá o que classificou de "joias da coroa".

"O mandato é de rígida austeridade de maximização de valor respeitada a transparência. Entendemos que alguns ativos dos banco não guardam sinergia com os objetivos principais e, nesses casos, consideraremos os desinvestimentos", enfatizou.

O novo presidente do Banco do Brasil não citou quais ativos da instituição financeira podem ser vendidos ao setor privado. Após a cerimônia, em entrevista coletiva, porém, ele disse que a administração de fundos, os meios de pagamento, a parte de seguridade e de crédito para pessoa física e pequenas e medias empresas, são as áreas mais rentáveis, consideradas como as "joias da coroa".
--
https://noticias.bol.uol.com.br/ultimas ... utebol.htm

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta segunda-feira (7) que todas as operações da Caixa seguirão critérios técnicos. "Às vezes, é possível fazer coisas cem vezes melhores com menos recursos do que gastar com publicidade em times de futebol".

Paulo Guedes não deu mais detalhes se o governo pretende encerrar os patrocínios que tem em vários times do Brasil. A afirmação ocorreu durante a posse do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
Ramyen Matusquela
Membro
Membro
Mensagens: 7362
Registrado em: 27 Jul 2013, 13:45
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Santos
Localização: Ribeirão Preto-SP
Curtiu: 720 vezes
Curtiram: 1160 vezes

Re: Bancos

Mensagem por Ramyen Matusquela » 08 Jan 2019, 15:49

Imagem

Mourão diz que filho nomeado para BB é qualificado: "o resto é fofoca"

https://noticias.uol.com.br/politica/ul ... fofoca.htm
--------------------------

Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 38447
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3639 vezes
Curtiram: 3083 vezes

Re: Bancos

Mensagem por Victor235 » 08 Jan 2019, 19:18

Esse filho do Mourão tá mais pra tio do Cleberson :vamp:
Esses usuários curtiram o post de Victor235 (total: 1):
Ramyen Matusquela
"Se aproveitaram da minha astúcia" - VELOSO, Caetano

Avatar do usuário
Ramyen Matusquela
Membro
Membro
Mensagens: 7362
Registrado em: 27 Jul 2013, 13:45
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Santos
Localização: Ribeirão Preto-SP
Curtiu: 720 vezes
Curtiram: 1160 vezes

Re: Bancos

Mensagem por Ramyen Matusquela » 08 Jan 2019, 19:20

Com todo respeito ao Cleberson, a fisionomia lembra mesmo. :lol:
Esses usuários curtiram o post de Ramyen Matusquela (total: 1):
Victor235
--------------------------

Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 38447
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3639 vezes
Curtiram: 3083 vezes

Re: Bancos

Mensagem por Victor235 » 08 Jan 2019, 19:58

Imagem
Presidente do BB confirma desinvestimento; “a concorrência que se cuide"
“Entendemos que alguns ativos do banco não guardam sinergia com suas atividades principais e, nestes casos, realmente consideraremos os desinvestimentos”, disse Novaes durante a cerimônia de transmissão do cargo, na sede do banco, em Brasília. Ele não detalhou quais ativos seriam diluídos.
“Sendo empresa de capital aberto, mas com o controle da União, nem sempre foi harmoniosa a relação dos acionistas privados com o controlador [governo]”, disse Novaes. “Estou livre deste drama, pois o mandato que recebo eh plenamente compatível com o interesse os minoritários”, afirmou.
https://www.infomoney.com.br/bancodobra ... e-se-cuide
"Se aproveitaram da minha astúcia" - VELOSO, Caetano

Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 38447
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3639 vezes
Curtiram: 3083 vezes

Re: Bancos

Mensagem por Victor235 » 09 Jan 2019, 20:02

Promoção de filho no BB faz Mourão se explicar a Bolsonaro
Segundo Mourão, a promoção do filho foi por "mérito" e não ocorreu antes porque em gestões anteriores Rossell Mourão teria sido "duramente perseguido".
"(Meu filho) Possui mérito e foi duramente perseguido anteriormente por ser meu filho", afirmou o vice-presidente.
https://noticias.uol.com.br/ultimas-not ... sonaro.htm

Imagem
‘Se eu pudesse, teria meu filho na minha equipe’, diz Mourão
Questionado se a situação causava algum tipo de constrangimento para ele, o general respondeu de pronto: “Para mim, não. Não é por ser meu filho, mas ele é um profissional extremamente qualificado. Se eu pudesse, eu o teria aqui na minha equipe.”
“Eu não tive nada a ver com isso, o presidente do banco (Rubem Novaes) o conheceu em uma apresentação e o convidou para ser assessor. Aí é óbvio que lá dentro o sindicalismo bancário se revolta. São coisas da vida”, afirmou o vice-presidente.
https://politica.estadao.com.br/noticia ... 2673542que, em fevereiro, o filho completará 19 anos trabalhando no Banco do Brasil.

Guedes não vai se meter em superpromoção de filho de Mourão
https://www.oantagonista.com/brasil/gue ... de-mourao/
"Se aproveitaram da minha astúcia" - VELOSO, Caetano

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88200
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5436 vezes
Curtiram: 1948 vezes

Re: Bancos

Mensagem por E.R » 11 Jan 2019, 04:01

https://www1.folha.uol.com.br/esporte/2 ... aixa.shtml

Principal patrocinadora do futebol brasileiro, a saída da Caixa Econômica Federal do mercado preocupa os clubes pela perda da receita e a dificuldade em encontrar substituto.

Apenas no ano passado, a Caixa gastou R$ 183 milhões para patrocinar 25 times do Campeonato Brasileiro das séries A e B.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, considera que o banco pode usar melhor o dinheiro do que em contratos com os clubes e, como a Folha revelou, cartolas foram informados que a instituição planejava não continuar no futebol.

Que clube será mais atingido pelo corte da Caixa ?
Em termos de valores absolutos será o Flamengo, que tinha no ano passado contrato de patrocínio de R$ 32 milhões. Mas de acordo com estudo do banco Itaú BBA, a verba representa 5,4% da receita anual do time carioca.

Entre os que disputaram a Série A em 2018, a perda mais sentida será a do Ceará, que tinha no patrocínio da Caixa (R$ 6,7 milhões) 24,8% de sua arrecadação.

Quanto a Caixa investiu ?
Em 2018, o banco gastou R$ 191,7 milhões em patrocínios no futebol, que representa 28% do orçamento destinado à comunicação e publicidade.

Desde quando a Caixa investe em futebol ?
Desde 2012, quando fechou patrocínio com Athletico Paranaense, Avaí e Figueirense. No final daquele ano, o banco fechou acordo com o Corinthians.

Quanto o banco já gastou ?
De acordo com dados da estatal, R$ 663,6 milhões.

A Caixa é a única estatal que patrocina times de futebol ?
Não. Entre os clubes das Séries A e B do Brasileiro em 2018, Internacional, Grêmio, Brasil de Pelotas e Juventude foram patrocinados pelo Banrisul, banco estatal gaúcho.

A Caixa paga mais do que patrocinadores privados ?
Não. O maior contrato individual do futebol brasileiro é o da Crefisa, que pagou R$ 78 milhões ao Palmeiras no ano passado. Mas no investimento geral, o gasto de R$ 183 milhões da Caixa com os 25 clubes das Séries A e B é o maior.
Imagem
Imagem

Responder