Fórum Portal Vídeos Guia de Episódios Sobre



Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]


Portal Chespirito Chico Rei



Criar novo tópico Responder  [ 71 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Próximo
  Exibir página para impressão

Re: BANCOS • Tópico para falar dos principais bancos brasileiros
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 31 Mai 2016, 18:09 
Online
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 65264
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3641 vezes
Foi curtido: 828 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
http://g1.globo.com/politica/operacao-zelotes/noticia/2016/05/pf-indicia-presidente-do-bradesco-e-mais-9-na-operacao-zelotes.html

A Polícia Federal indiciou o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, e mais nove pessoas em um inquérito na Operação Zelotes pelos crimes de tráfico de influência, corrupção ativa, corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

O inquérito que apurou a participação de executivos do banco em fraudes nas decisões do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), da Receita Federal, foi concluído na última semana.

O Bradesco é investigado na Zelotes desde o ano passado por ter contratado o grupo que, segundo as investigações, pagava propina em troca de decisões favoráveis no Carf – onde são julgadas as multas da Receita a empresas e contribuintes.


O Carf é uma espécie de tribunal administrativo responsável por julgar os recursos contra essas multas.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: BANCOS • Tópico para falar dos principais bancos brasileiros
MensagemEnviado: 09 Jun 2016, 00:04 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 04 Dez 2011, 23:00
Mensagens: 24406
Curtiu: 1993 vezes
Foi curtido: 1282 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Fantasias: Não utilizo
É verdade esse papo de fusão do BB com a Caixa? Ouvi por aí e até achei a informação numa coluna do site do jornal Correio Braziliense, mas não deu pra confiar muito.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: BANCOS • Tópico para falar dos principais bancos brasileiros
MensagemEnviado: 09 Jun 2016, 00:55 
Online
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 65264
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3641 vezes
Foi curtido: 828 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
Victor235 escreveu:
É verdade esse papo de fusão do BB com a Caixa? Ouvi por aí e até achei a informação numa coluna do site do jornal Correio Braziliense, mas não deu pra confiar muito.


Óbvio que não, né.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: BANCOS • Tópico para falar dos principais bancos brasileiros
MensagemEnviado: 09 Jun 2016, 01:01 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 04 Dez 2011, 23:00
Mensagens: 24406
Curtiu: 1993 vezes
Foi curtido: 1282 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Fantasias: Não utilizo
Uma colunista da Exame também abordou esta possibilidade: http://exame.abril.com.br/blogs/primeir ... b-e-caixa/


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: BANCOS • Tópico para falar dos principais bancos brasileiros
MensagemEnviado: 09 Jun 2016, 01:06 
Online
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 65264
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3641 vezes
Foi curtido: 828 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
Tem gente com ideias alopradas como querer fazer a Reforma da Previdência esse ano, fazer a Reforma Trabalhista esse ano, fazer a fusão entre Banco do Brasil e Caixa.

Não é porque pessoas tem essas ideias absurdas e elas são divulgadas na internet que elas vão acontecer na prática.

A Reforma da Previdência que foi divulgada nos jornais inicialmente vai mudar totalmente, vão acontecer muitas conversas com sindicalistas e políticos até a proposta mais viável seja levada para votar no Congresso.

Tem milhares de pessoas empregadas na Caixa, esse tipo de divulgação na internet só serve pra estimular o pânico entre os funcionários do banco.

Sem contar que acho fundamental para o Brasil a Caixa continuar sendo um banco.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: BANCOS • Tópico para falar dos principais bancos brasileiros
MensagemEnviado: 09 Jun 2016, 01:09 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 04 Dez 2011, 23:00
Mensagens: 24406
Curtiu: 1993 vezes
Foi curtido: 1282 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Fantasias: Não utilizo
Eu sei, E.R, nem ao menos concordo com a fusão, só estava querendo mais informações.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: BANCOS • Tópico para falar dos principais bancos brasileiros
MensagemEnviado: 09 Jun 2016, 14:14 
Online
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 65264
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3641 vezes
Foi curtido: 828 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
Tranquilo, cara. :joinha:

--

http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2016/06/marca-hsbc-devera-ser-substituida-por-bradesco-em-outubro.html

A marca HSBC deverá ser substituída pelo Bradesco nas agências a partir de outubro, segundo o vice-presidente do Bradesco, Alexandre Gluher.

A compra do HSBC pelo Bradesco foi aprovada nesta quarta-feira pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

"Para clientes e funcionários, nesse dia não muda nada. O cliente segue na mesma agência, cartão, bandeira", afirmou ele ao G1.

A perspectiva é que, nos 90 a 100 dias seguintes, o Bradesco faça os ajustes finais e entregue, aos clientes, o "kit de boas vindas" com a troca dos cartões, cheques etc., por outros com a bandeira do Bradesco.
"Acreditamos estar aptos a fazer essa virada na primeira quinzena de outubro. A partir de uma segunda-feira a gente assume as agências (do HSBC) definitivamente sob a bandeira Bradesco", diz Gluher. A partir daí, a marca HSBC nas fachadas das agências deixa de existir.

De acordo com o executivo, os clientes poderão permanecer nas mesmas agências onde hoje têm relacionamento, já que a sobreposição de agências do HSBC e Bradesco "é muito pequena". "Dadas as propostas de relacionamento com os clientes complementares, é muito provável que mantenha a quase integralidade da rede de agências do HSBC", afirmou.

Os clientes do banco comprado poderão ainda manter os mesmos pacotes de serviços, com as mesmas franquias e preços, após a mudança de marca. Os pacotes hoje existentes no HSBC, no entanto, não serão mais vendidos e não estarão disponíveis para os atuais e novos clientes do Bradesco.

Em nota, o HSBC informou que o cliente do banco será informado, por meio dos canais de comunicação do HSBC, à medida que as ações evoluam.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: BANCOS • Tópico para falar dos principais bancos brasileiros
MensagemEnviado: 12 Jun 2016, 00:47 
Online
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 65264
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3641 vezes
Foi curtido: 828 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
http://economia.estadao.com.br/noticias/negocios,bb-quer-mais-cartoes-em-cidades-menores,10000056564

Para incentivar o uso de cartões como meio de pagamento em cidades com até 40 mil habitantes, o Banco do Brasil desenvolveu uma estratégia que oferece melhores condições a clientes e lojistas.

Além de aumentar a base de clientes que usam efetivamente os plásticos e incrementar o faturamento com os cartões, a ideia do banco é aquecer o comércio de municípios de pequeno porte que sofrem com a debandada dos clientes para cidades vizinhas.

O projeto-piloto começou há um mês em Ibirataia, no sul da Bahia, a 356 quilômetros da capital Salvador, que conta com 18 mil habitantes. Os clientes que adquiriram cartões da bandeira Elo ganharam um ano de isenção de taxa de anuidade (R$ 117) e 20% a 30% de pontos no programa de fidelidade. Eles também conseguem descontos nas lojas quando pagam as compras usando o cartão de débito ou crédito.

Os comerciantes que aderiram ao projeto ficaram isentos da taxa de administração da maquininha – que varia entre R$ 90 a R$ 125 – por três meses, que podem ser prorrogados.

O Banco do Brasil tem a conta de pagamento dos funcionários da prefeitura, o que facilitou o início do projeto com os servidores públicos.

Segundo levantamento da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) da cidade, o pagamento dos funcionários públicos envolve a liberação de R$ 1,5 milhão, mas R$ 1,1 milhão era gasto em cidades vizinhas, com comércio maior do que o de Ibirataia.
“Foi a nossa oportunidade para reter esse dinheiro aqui mesmo. A gente estava parado, na geladeira, só lamentando a gravidade da crise”, diz Antônio Carlos dos Santos, presidente da CDL e dono do maior supermercado da cidade.

Para aproveitar a oportunidade, os lojistas se uniram e gastaram R$ 20 mil para comprar prêmios que serão sorteados entre os clientes que pagam com cartão na promoção da festa junina.

De acordo com o presidente da CDL, cerca de 70, de um total de 120 lojistas locais aderiram ao projeto. “O pagamento do cartão nos dá a segurança de receber. Se o cliente não pagar, o problema vai ser do banco, que tem uma estrutura forte de cobrança, e não nosso”, afirma Santos. Ele afirma que tem relatos de vários lojistas que quebraram com o número elevado de calotes. Um deles, dono de uma loja de móveis e eletrodomésticos, faliu porque vendeu R$ 1,5 milhão fiado.
Rogério Panca, diretor de meios de pagamento do Banco do Brasil, diz que essa não é uma preocupação do banco, que investiu em educação financeira desses clientes para que o uso dos cartões, principalmente o de crédito, fosse feito de forma “consciente”.
“A nossa ideia não é fazer com que esses clientes se endividem ainda mais”, afirmou Panca. Segundo ele, cerca de 80% das operações feitas com o cartão de crédito no banco são pagas integralmente quando chegam as faturas.

De acordo com o Banco Central, o juro médio cobrado pelos bancos em abril no cartão de crédito foi de 114,4% ao ano. Já a taxa do rotativo alcançou 449,4% no mês passado.

Abastecimento. Panca diz que, além do incremento no faturamento com cartões, o Banco do Brasil ganha ao diminuir a circulação do dinheiro em espécie no município.

Os bancos gastam valores expressivos para abastecer as cidades do interior com dinheiro em espécie, principalmente na questão do transporte e segurança.

Depois que o projeto começou em Ibirataia, outras cidades procuraram o banco com interesse. O Banco do Brasil avaliará os resultados para viabilizar a expansão da iniciativa a outros municípios.

A escolha da cidade de Ibirataia se deve ao fato de a sugestão do projeto ter sido do funcionário Alessandro Ribeiro Dias, que trabalhava na agência do município quando inscreveu sua ideia em um programa interno do banco.

Além da sugestão dele, outras 58 propostas dentre 3.265 do programa de inovação vão ser colocadas em prática pelo Banco do Brasil.

Dias foi transferido da unidade, mas a iniciativa foi implementada na cidade.

Para aumentar ainda mais a identificação da população com o município, o Banco do Brasil permite a possibilidade de personalizar os cartões plásticos com imagens da cidade.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: BANCOS • Tópico para falar dos principais bancos brasileiros
MensagemEnviado: 05 Jul 2016, 05:41 
Online
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 65264
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3641 vezes
Foi curtido: 828 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
http://blogs.oglobo.globo.com/lauro-jardim/post/enfim-juntos.html

O Bradesco liberou a partir desta semana saques e pagamentos de contas com cartões do HSBC em suas máquinas de autoatendimento.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: BANCOS • Tópico para falar dos principais bancos brasileiros
MensagemEnviado: 11 Jul 2016, 14:22 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 21 Out 2014, 19:50
Mensagens: 5567
Localização: São Paulo - SP
Curtiu: 354 vezes
Foi curtido: 558 vezes
Programa CH: Chapolin
Fantasias: Não utilizo
Banco panamenho investigado pela Lava Jato nega parceria com Mossack
Imagem

O FPB Bank, do Panamá, publicou na imprensa comunicado em que esclarece sua atuação com clientes estrangeiros e se defende de investigações da 32ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Caça-Fantasmas e deflagrada pela Polícia Federal na quinta-feira (7).

A instituição financeira defende que opera no mercado panamenho desde 2005 sob autorização da Superintendência de Bancos do Panamá e, há quatro anos, recebeu licença geral, que permite o atendimento a clientes locais e estrangeiros. "O FPB Bank Inc possui clientes de 33 nacionalidades, incluindo brasileiros, mas, diferentemente do que foi publicado, não opera, nem nunca operou no Brasil", descreve a empresa, na publicação.

O FPB Bank alega que foi "equivocadamente mencionado como ligado a pessoas envolvidas na investigação da Lava Jato". O banco esclarece que não tem vínculo com os fatos investigados pela operação nem possui qualquer dos investigados em sua relação de clientes.

Sobre a suposta parceria com o escritório também panamenho Mossack & Fonseca, segundo as investigações da Polícia Federal, o FPB Bank alega na publicação que "não é cliente ou o intermediário do escritório de advocacia Mossack & Fonseca, nem o Mossack & Fonseca tem qualquer autorização para representar o banco no Brasil".

De acordo com o FPB Bank, em 2014 foi exigido aos clientes a adequação das sociedades titulares de contas, incluindo a troca de ações ao portador por ações nominativas, com o objetivo de trazer mais transparência ao mercado bancário panamenho. Para cumprir essa exigência, o FPB Bank apoiou os clientes na obtenção de contratos e/ou propostas de serviços de vários escritórios e que alguns clientes usaram o Mossack & Fonseca. "A escolha feita pelos clientes levou as autoridades brasileiras a considerarem, equivocadamente, a possibilidade de algum tipo de associação entre o Mossack & Fonseca e FPB Bank, tendo como consequência a publicação de reportagens envolvendo o banco na operação Lava Jato. Como dito acima, este vínculo não existe", esclarece o banco, na publicação.

O banco do Panamá lembra que executa processo de due diligence dos titulares de contas, independente de quem sejam os advogados, auditores ou agentes, e que o cumprimento das normas é fiscalizado pelos órgãos reguladores e também por consultores e auditores externos de primeira linha. "O FPB Bank reforça que está permanentemente à disposição das autoridades competentes para prestar todos os esclarecimentos que se façam necessários".

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2016/07/11/fpb-bank-do-panama-nega-parceria-com-escritorio-mossack--fonseca.htm


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: BANCOS • Tópico para falar dos principais bancos brasileiros
MensagemEnviado: 15 Jul 2016, 02:58 
Online
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 65264
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3641 vezes
Foi curtido: 828 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
http://www.cnf.org.br/noticia/-/blogs/bancos-aceleram-alta-de-tarifas-acima-de-30-entre-2015-e-2016

Os grandes bancos de varejo aceleraram o aumento dos preços de suas tarifas nos últimos doze meses.

Levantamento feito pelo Valor Econômico, com base nos preços cobrados nos quatro pacotes de serviços padronizados pelo Banco Central, mostra que os reajustes chegam a superar 30% entre junho de 2015 e o mesmo mês neste ano.

Em boa parte dos casos, os aumentos superam a inflação acumulada no período.

Os pacotes padronizados reúnem alguns dos mais básicos serviços bancários do país, como transferências interbancárias, emissões de extratos e saques.

De forma geral, os bancos mantiveram as tarifas cobradas nesses pacotes estáveis entre 2013 e 2014.

No ano passado, algumas instituições, em especial os bancos privados, começaram a reajustar os preços.

Já ao longo dos últimos 12 meses, foram Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal que puxaram a fila dos aumentos de tarifas, ainda que cobrem valores quase sempre menores que os privados.

O levantamento mostra que o Banco do Brasil fez reajustes acima de 30% em três dos quatro pacotes padronizados pelo BC nos últimos 12 meses. O preço do pacote padronizado III era de R$ 22,75 em junho, o que representa aumento de 33,8% em relação ao mesmo mês de 2015. O menor reajuste realizado pelo banco foi no pacote mais básico, com alta foi de 11,7%, a R$ 10,95.

A Caixa Econômica Federalreajustou em mais de 30% dois dos pacotes padronizados que oferece no período. Entre os quatro pacotes, as variações foram de 11,8%, no caso do plano padronizado mais simples, até 31,9%, no caso do padronizado II.

Os bancos privados promoveram aumentos menores no período, com reajustes que vão de 4,2% (em dois pacotes do Bradesco) a 12,8% (no padronizado II oferecido pelo Itaú).

Porém, no geral, essas instituições já cobram mais caro que os bancos estatais.

Nos 12 meses até junho, a inflação dos serviços bancários medida pelo IPCA-15 foi de 9,81%. Com exceção de dois produtos do Santander e dois do Bradesco, todos os demais pacotes padronizados dos grandes bancos foram reajustados acima da inflação neste período.
"A intenção do banco nos aumentos não foi ganhar em tarifas nesses pacotes", afirma Edmar Casalatina, diretor de empréstimos e financiamentos do BB.

Segundo o executivo, o que levou ao aumento das tarifas foi uma combinação entre elevação de custos e um movimento de mercado.

As demais instituições financeiras apresentam justificativas semelhantes, apontando que alguns custos bancários - como o dissídio dos funcionários - superaram a inflação.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: BANCOS • Tópico para falar dos principais bancos brasileiros
MensagemEnviado: 15 Jul 2016, 10:23 
Offline
Avatar do usuário
Administrador

Registrado em: 28 Jan 2009, 14:29
Mensagens: 35541
Localização: São Carlos (SP)
Curtiu: 1233 vezes
Foi curtido: 2197 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: São Paulo
Fantasias: Não utilizo
Paga pacote de serviços quem quer. Todos os bancos oferecem pacotes básicos ou digitais de forma gratuita.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: BANCOS • Tópico para falar dos principais bancos brasileiros
MensagemEnviado: 18 Jul 2016, 12:34 
Online
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 65264
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3641 vezes
Foi curtido: 828 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
http://exame.abril.com.br/negocios/noticias/crise-da-oi-pode-acarretar-perdas-de-r-12-bilhoes-a-bndes-bb-e-caixa

A crise da operadora de telefonia Oi pode levar três bancos públicos - BNDES, Caixa e Banco do Brasil - a perder cerca de R$ 12 bilhões, apurou o jornal "O Estado de S. Paulo".

Os três bancos são os maiores credores individuais da Oi.

O BNDES tem cerca de R$ 4 bilhões a receber da Oi.

O Banco do Brasil concedeu empréstimos de cerca de R$ 5 bilhões a Oi.

A Caixa repassou R$ 3 bilhões para a Oi.

Os bancos públicos não só teriam de alongar os prazos, como ainda ficariam com "spread" (diferença entre o custo de captação de recursos e o valor cobrado pela operação) negativo.

Outros credores poderiam transformar a dívida em participação acionária.

Os bancos públicos entram na fila comum dos credores.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: BANCOS • Tópico para falar dos principais bancos brasileiros
MensagemEnviado: 21 Jul 2016, 10:33 
Online
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 65264
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3641 vezes
Foi curtido: 828 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
Imagem

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Bancos • Tópico para falar dos principais bancos brasileiros
MensagemEnviado: 21 Set 2016, 16:26 
Online
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 20:39
Mensagens: 65264
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 3641 vezes
Foi curtido: 828 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Fantasias: Não utilizo
Com a greve dos bancários, que se agravou no dia de hoje na Zona Sul do Rio de Janeiro, muitos clientes estão tendo dificuldades para retirar dinheiro nos caixas eletrônicos dos bancos (muitos desses caixas eletrônicos não estão funcionando).

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 71 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Próximo

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: E.R, Google [Bot], JF CHmaníaco e 3 visitantes


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para: