Trocar para a skin padrão
Futebol, Basquete, Vôlei, Tênis, Fórmula 1, UFC, NFL... Aqui é o espaço para os amantes do esporte.
Responder

Re: Rankings de clubes, jogadores, torcidas, e outras pesqui

25 Jan 2017, 22:44

7 anos depois, Brasil volta a liderança do ranking da FIFA.

Re: Rankings de clubes, jogadores, torcidas, e outras pesqui

26 Jan 2017, 18:51



Esporte - Brasil não assumirá liderança do ranking da Fifa após vitória sobre Colômbia
https://esporte.uol.com.br/ultimas-noticias/erratas/2017/01/26/esporte---brasil-nao-assumira-lideranca-do-ranking-da-fifa-apos-vitoria-sobre-colombia.htm

Diferentemente do que foi informado na nota Em tributo à Chapecoense, seleção 'caseira' vence Colômbia no Engenhão, o Brasil não voltará ao topo do ranking da Fifa em sua próxima divulgação, no dia 9 de fevereiro. Por conta do mecanismo de pontos da Fifa, a seleção de Tite terá 1529 pontos na próxima parcial, ainda atrás da líder Argentina, que terá 1635 . A informação foi corrigida.

Re: Rankings de clubes, jogadores, torcidas, e outras pesqui

26 Jan 2017, 20:43

Que cálculo hein, Rede Globo! :garg:

Re: Rankings de clubes, jogadores, torcidas, e outras pesqui

27 Jan 2017, 14:27

Pior é que no próprio site da FIFA existe um simulador do ranking que previa isso. Muita gente foi no conto do vigário.

Re: Rankings de clubes, jogadores, torcidas, e outras pesqui

27 Jan 2017, 19:09

Para Fifa, só Mundiais de Clubes a partir de 2000 são títulos 'oficiais'
A nova Fifa do presidente Gianni Infantino não reconhece como "oficial" o título do Palmeiras de campeão mundial de clubes, de 1951, nem qualquer outro disputado durante os anos 1960 e 1990. Para a organização, com sede em Zurique, apenas os vencedores dos torneios a partir de 2000 são "considerados oficialmente pela Fifa como campeões mundiais de clubes".
Num comunicado enviado ao Estado, a entidade máxima do futebol afirma que reconhece o torneio vencido pelo clube paulista nos anos 50 como o primeiro campeonato de clubes de dimensão mundial. Mas esclarece que são apenas aqueles que venceram o torneio a partir de 2000 (Corinthians) que são considerados pela entidade como oficialmente "campeões mundiais de clubes".

Diplomática, a Fifa não deixa de dar certo valor aos torneios que existiam antes de 2000. Mas nunca os tratando como competições ou títulos oficiais. "Em seu encontro em São Paulo no dia 7 de junho de 2014, o Comitê Executivo da Fifa concordou com o pedido apresentado pela CBF para reconhecer o torneio de 1951 entre os clubes da Europa e da América do Sul como a primeira competição de clubes de dimensão mundial, e o Palmeiras como seu vencedor", disse.
"A Fifa reconhece e valoriza as iniciativas de estabelecer competições de clubes de dimensões mundiais ao longo da história", disse a entidade. "Esse foi o caso de torneios envolvendo clubes europeus e sul-americanos, como a pioneira Copa Rio, jogada em 1951 e 1952, e a Copa Intercontinental", afirmou.
Apesar dos elogios, a entidade esclarece que não pode conceder sua chancela de "oficial" a essas iniciativas. "Entretanto, não foi até 2000 que a Fifa organizou o estreante Mundial de Clubes da Fifa, com representantes de todas as seis confederações", explicou. "Os vencedores dessa competição, que passou a ser organizada anualmente a partir de 2005, são aqueles considerados oficialmente pela Fifa como campeões mundiais de clubes".
Em 2015, o Estado havia feito a mesma consulta para a Fifa, de Joseph Blatter. Naquele momento, porém, a resposta fora diferente. A entidade se limitou a esclarecer que reconhecia o torneio de 1951 como a primeira competição de dimensão mundial, sem qualificar se havia uma diferença entre os vencedores do pasado e os atuais.

Em 2014, em conversa com a reportagem, o ex-presidente da Fifa, Joseph Blatter, chegou a informar que enviaria um certificado a cada um dos campeões mundiais desses demais torneios, reconhecendo seus feitos. O Palmeiras recebeu um fax sobre o assunto e sendo informado de que o time merecia tal condecoração. A partir daí, o torcedor do Palmeiras não teve mais dúvidas sobre a legotimidade do torneio. Situação modificada agora pelo novo dirigente da Fifa.
Desta maneira, o Corinthians é o brasileiro com o maior número de títulos mundiais, já que foi campeão na primeira edição da Fifa, em 2000, e faturou também em 2012. São Paulo e Internacional, campeões em 2005 e 2006, respectivamente, completam a lista de conquistas para o Brasil. A posição da Fifa exclui, por exemplo, Pelé da lista de campeões mundiais. O Rei do Futebol levou o Santos aos títulos em 1962 e 1963. Zico, com o Flamengo de 1981, é outro craque que não teria mais o título validado pela Fifa. Grêmio (1983) e São Paulo (1992 e 1993) são outras equipes que levaram o título mundial antes de 2000.

http://esportes.estadao.com.br/noticias/futebol,para-fifa-so-mundiais-de-clubes-a-partir-de-2000-sao-titulos-oficiais,70001643920


The treta has been planted.

Re: Rankings de clubes, jogadores, torcidas, e outras pesqui

27 Jan 2017, 19:19

Que bosta hein, FIFA! Sempre arrumando um jeito de favorecer o Curintia -_-

Re: Rankings de clubes, jogadores, torcidas, e outras pesqui

27 Jan 2017, 19:31

O que a FIFA quer é valorizar o seu Mundial de Clubes, organizado por ela, simplesmente interesse comercial da FIFA.

Re: Rankings de clubes, jogadores, torcidas, e outras pesqui

27 Jan 2017, 22:19

FIFA rasgando a história no antigo e charmoso Mundial Interclubes. -_-

Re: Rankings de clubes, jogadores, torcidas, e outras pesqui

28 Jan 2017, 01:01

Que lixo!

Re: Rankings de clubes, jogadores, torcidas, e outras pesqui

15 Mar 2017, 16:49

http://globoesporte.globo.com/pb/futebol/noticia/2017/03/profissao-de-risco-112-tecnicos-deixam-seus-cargos-no-brasil-e-ne-lidera-lista.html

Vida de técnico de futebol não é nada fácil. Isto nem é mais novidade. Mas, ao que parece, a situação destes profissionais no Nordeste é ainda mais complicada. Levantamento do GloboEsporte.com mostra que nada menos do que 112 treinadores já deixaram seus cargos entre a pré-temporada e estes primeiros meses de temporada de 2017. A maioria foi por demissão mesmo, ainda que haja casos de acordos entre as partes e pedidos de demissão. O número que realmente chama a atenção, no entanto, é que de todos estes, nada menos do que 66 foram demitidos de clubes nordestinos.

O índice é alto. Extremamente alto, na verdade. Nada menos do que 58,92% dos técnicos que perderam seus empregos comandavam clubes da Região Nordeste. E, no topo do ranking dos estados onde a profissão de técnico sofre com maior instabilidade, está a Paraíba, onde 12 profissionais já foram substituídos (numa média de um técnico substituído a cada rodada do Campeonato Paraibano de 2017).

Em nenhum outro lugar do país tantos foram demitidos em tão pouco tempo. No estado, apenas o líder Botafogo-PB mantém desde o início da pré-temporada o seu técnico Itamar Schülle (que, inclusive, é um dos raros treinadores de clube do país que permanece no cargo desde o início do ano passado).

Na verdade, o lanterna do Paraibano, o CSP, também está sendo comandado desde o início da temporada por um mesmo nome, mas o caso do Tigre é atípico porque o técnico é também o presidente do Conselho Deliberativo, Josivaldo Alves, que a rigor é quem manda na agremiação. Neste caso, portanto, o empregador e o empregado são a mesma pessoa. E acaba que "não pode" ser demitido. Os outros oito clubes da primeira divisão paraibana já mudou de técnico ao menos uma vez, incluindo nesta lista o atual bicampeão paraibano, o Campinense.

Imagem

ps. Os campeonatos de Tocantins, Amapá, Amazonas e Roraima ainda não começaram e nenhum técnico foi demitido nestes estados até o momento

Re: Rankings de clubes, jogadores, torcidas, e outras pesqui

06 Abr 2017, 11:58

http://globoesporte.globo.com/futebol/selecao-brasileira/noticia/brasil-passa-a-argentina-e-volta-a-lideranca-do-ranking-da-fifa-apos-sete-anos.ghtml

Imagem

Após praticamente 7 anos, a Seleção Brasileira está de volta ao topo do ranking da Fifa, posto no qual reinou entre os anos 90 e a década passada. Na lista divulgada nesta quinta-feira, o Brasil de Tite aparece à frente da Argentina pela primeira vez desde a Copa de 2014, colocando Messi e companhia na segunda colocação. A Alemanha, terceira, é a única equipe fora da América do Sul no top-5, com Chile e Colômbia logo atrás.

Muitas vezes contestada, a lista da Fifa reflete bem o grande momento vivido pela equipe de Tite, que venceu seus oito jogos pelas eliminatórias (mais um amistoso com a Colômbia em janeiro). A última vez que esteve no topo foi em maio de 2010, antes da Copa do Mundo da África do Sul.

Imagem

Com a eliminação nas quartas de final para a Holanda, o Brasil caiu para a terceira colocação, iniciando uma queda que a levou à 22 colocação em junho de 2013, pior posição da Seleção desde a criação do ranking, em 1993 (muito em razão da ausência nas eliminatórias para a Copa de 2014). O título da Copa das Confederações deu um levante na equipe então comandada por Felipão, a levando ao nono lugar (confira acima a evolução da Seleção no ranking ano a ano).

Veja os 10 primeiros do ranking:

1º Brasil (1.661 pontos)
2º Argentina (1.603)
3º Alemanha (1.464)
4º Chile (1.403)
5º Colômbia (1.348)
6º França (1.294)
7º Bélgica (1.281)
8º Portugal (1.259)
9º Suíça (1.212)
10º Espanha (1.204)

Re: Rankings de clubes, jogadores, torcidas, e outras pesqui

06 Abr 2017, 15:49

Espanha deve subir em breve, é uma das seleções mais fortes do mundo. Deve ficar no TOP 7 em breve.

Re: Rankings de clubes, jogadores, torcidas, e outras pesqui

13 Jul 2017, 16:40

Novo ranking da Fifa:

Imagem

Suíça e Polônia no TOP 10... vai entender! :headscratch:

Re: Rankings de clubes, jogadores, torcidas, e outras pesqui

15 Jul 2017, 12:21

Boa campanha nas eliminatórias ué, ambas estão invictas(sendo que os Suiços estão com 100% de aproveitamento)o ranking não é de melhores pontos, não de títulos.

Re: Rankings de clubes, jogadores, torcidas, e outras pesqui

10 Ago 2017, 16:58

http://globoesporte.globo.com/futebol/selecao-brasileira/noticia/brasil-supera-alemanha-e-recupera-lideranca-do-ranking-da-fifa.ghtml

Um mês depois de ter sido destronado pela Alemanha, o Brasil recuperou o primeiro lugar do ranking mundial da Fifa, conforme classificação publicada nesta quinta-feira. Em terceiro, a Argentina manteve sua posição. A Polônia subiu para quinto, melhor desempenho de sua história, logo atrás da Suíça. Ambas seleções aproveitaram a queda de dois postos de Portugal, agora em sexto. Completam o Top 10, Chile, Colômbia, ainda em sétimo e oitavo, respectivamente, Bélgica, em nono, e França, em décimo, invertidos em relação a julho.

Sem qualquer alteração entre os 10 primeiros, o ranking teve modificações mais significativas em seleções que disputaram a Copa Ouro, tradicional torneio da Concacaf. Campeão, os Estados Unidos subiu nove posições, chegando ao 26º lugar. Vice, a Jamaica somou o maior número de pontos no mês e ganhou 19 colocações, ficando em 57º. Melhor da região na classificação, o México foi de 16º para 14º, e a Costa Rica, antes 26º, agora é o 21º. A Namíbia mereceu destaque da FIfa no mês. Foi o país que mais evoluiu no ranking, saindo de 156º para 136º.

Imagem
Responder
AnteriorPróximo