Trocar para a skin padrão
Futebol, Basquete, Vôlei, Tênis, Fórmula 1, UFC, NFL... Aqui é o espaço para os amantes do esporte.
Responder

Finanças dos Clubes

14 Fev 2009, 17:34

EVOLUÇÃO DA DÍVIDA DOS PRINCIPAIS CLUBES BRASILEIROS EXCETO O GRÊMIO

Imagem

O Flamengo ao lado do Internacional foram os cluber que tiveram o menor aumento PERCENTUAL da dívida.

Fonte: Balanço de gestão do C.R. Flamengo, que não cita a fonte dos valores referentes as dívidas dos outros clubes.

O INCRÍVEL AUMENTO DA DÍVIDA DO FLAMENGO

Imagem

Reparem no período que está dentro do quadrado vermelho. Este período de 1995 a 2002 representam as gestões do senhor Kléber Leite e do senhor Edmundo Santos Silva.

A imensa maioria dessa dívida foi contraída através de contratações, ações na justiça trabalhista e parcerias que faliram e todos os prejuízos delas ficaram pro C.R. Flamengo.

A dívida continua a aumentar pois muitas contas estão atreladas a juros e multas crescentes por causa de falta de pagamento.

RECEITAS E DESPESAS DO C.R FLAMENGO DE 1999 A 2007

Imagem

O grande superávit registrado em 2001 se deve a venda de grande parte dos jogadores contratados em 2000.

Importante:
Em relação a 2008, o Flamengo apresentava um superávit primário de mais de 10 milhões de reais até setembro.

Curiosidades:

O patrimônio representado pelos direitos econômicos dos atletas com que o Flamengo detém contratos longos, era praticamente zero em 2004. Hoje, estes mesmos direitos representam para o clube algo em torno de 40 milhões de euros, segundo especialistas.

As receitas de bilheteria contabilizadas em 2002 foram de apenas 3 milhões de reais. Já em 2008, a torcida do Flamengo fez com que a arrecadação de bilheteria representasse mais de 25 milhões, contabilizados pelo clube.

O contrato com o fornecedor de material esportivo nos primeiros anos de parceria era de apenas 2.5 milhões de reais/ano. A partir de julho de 2009, este valor será de mais de 20 milhões de reais/ano.

Em 2004, Flamengo tinha mais de 200 ações trabalhistas e cíveis em fase de execução.

O atleta Lê, que tinha um salário de 20 mil reais e que, pela contabilidade do clube, fazia jus a pouco mais de 100 mil reais, ganhou na justiça, e recebeu quase 2 milhões de reais.

Em 2004, por conta de não ter as suas certidões, e em função de ter perdido o direito ao Refis, já que há anos não vinha pagando regularmente as parcelas, o Flamengo ficou 11 meses sem poder receber de seu patrocinador. Face a isso, o clube chegou a quase 5 meses de salários atrasados.

Hoje, apesar de ainda ter muitas dificuldades, o quadro é totalmente diferente. Até porque, o Flamengo possui linhas de crédito de mais de 30 milhões de reais junto às instituições financeiras. É digno de nota que este valor, de crédito na praça, era apenas de 600 mil reais em 2002.

Se possível fosse considerar apenas de 2002 até hoje referentes as gestões pós-impeachment de Edmundo Santos Silva, o clube teria em caixa aproximadamente 50 milhões de reais.

Re: Finanças dos Clubes

14 Fev 2009, 22:24

O passivo envolve muitas coisas, por isso estão expostos esses números tão altos.

Re: Finanças dos Clubes

14 Fev 2009, 23:59

Freddie Mercury escreveu:O passivo envolve muitas coisas, por isso estão expostos esses números tão altos.

Perfeito Felipe.

A fonte que eu tirei o gráfico foi a prestação de contas do ex-vice de finanças do Fla. Nessa prestação de contas ele não cita de onde vieram esses valores.

São Paulo se endividou bastante hein?

O Corinthians com certeza aumentou a dívida por causa da MSI

E o Fluminense só não vai a falência por causa do patrocinador.

Re: Finanças dos Clubes

15 Fev 2009, 15:57

Só a título de curiosidade. O presidente do Palmeiras, o Belluzzo, disse na TV Kajuru, que a dívida bancária do clube é de R$14 milhões

Re: Finanças dos Clubes

23 Fev 2009, 11:08

Vejam a coluna que eu fiz sobre a situação do futebol carioca que estará no site Papo de Bola:

NOTÍCIAS
Acabou o dinheiro! – Raio-X da situação do futebol carioca

A célebre frase do presidente do Flamengo, Márcio Braga, proferida há algumas semanas, de que “acabou o dinheiro”, resume a situação de seu clube e do futebol carioca em si. Dívidas altíssimas graças às loucuras feitas por jogadores outrora, parcerias mal-feitas e incompetência administrativa são um dos principais motivos da péssima fase dos grandes clubes cariocas.

Considerado ao lado do Estado de São Paulo, as principais potências futebolísticas do Brasil, o Rio de Janeiro sempre teve um futebol pujante, com grandes craques e esquadrões inesquecíveis. Porém, de dez anos para cá, os torcedores cariocas começaram a ver um grande declínio de seus clubes. O último título de Brasileirão conquistado por um clube do Rio foi em 2000, com o Vasco conquistando a malograda Copa João Havelange. De lá para cá, foram seis títulos paulistas (três do São Paulo, dois do Santos e um do Corinthians), um mineiro (Cruzeiro) e um paranaense (Atlético/PR).

O grande problema que afeta o futebol carioca é o atraso em relação a alguns clubes de Minas, São Paulo e Rio Grande do Sul. Enquanto essas equipes se reestruturavam, os clubes cariocas preferiram investir pesado em medalhões de eficácia duvidosa e o pior, não conseguiam honrar o compromisso com eles, consequentemente, os atletas entraram na justiça e, com isso, ia aumentando em alguns milhões a dívida dos times.

Um dos maiores prejudicados, se não for o maior, pela escassez de dinheiro é o Flamengo. Além de possuir uma dívida monumental, o time da Gávea não consegue receber o que a sua patrocinadora lhe deve, pois como a Petrobras é estatal, é necessária a apresentação da certidão negativa de débito para o pagamento. É impossível que um time que deve mais de R$200 milhões conseguirá a tal certidão. Enquanto isso, a cada dia surge um novo boato de saída de algum dos atuais jogadores do elenco irritados com os atrasos frequentes.

O Vasco entrou na mesma barca de seu rival Flamengo. Mesmo estando na segunda divisão, firmou um bom contrato com a Eletrobrás, mas não pode receber graças à certidão negativa. Recentemente, os funcionários do clube fizeram um protesto para reivindicar o pagamento de três meses de salários atrasados.

Outro grande clube que sofre com a falta de dinheiro é o Botafogo. Ao contrário dos dirigentes do Flamengo, os mandatários botafoguenses já estão conscientes da atual situação do clube e montaram um time compatível com suas finanças para não se comprometer ainda mais.

O Fluminense é o único time que não está sofrendo com a falta de verba. Mas não é por estar com uma grande administração e sim, graças ao dinheiro injetado por Celso Barros, presidente da Unimed. Nenhum time pode ficar dependente de um parceiro, pois nada é para sempre. Será difícil o tricolor se manter firme caso a fonte de recursos “seque”.

Está na hora dos dirigentes dos clubes cariocas se conscientizarem de que a situação não é favorável e, pelo bem do futebol brasileiro, comecem a fazer uma grande reestruturação. Cabe aos torcedores assimilarem a atual situação e apoiarem o time nesta situação difícil, mesmo estando com um time aquém da grandeza dessas entidades. Mirem-se nos exemplos de São Paulo e Internacional, que ficaram anos sem ganhar nada, montaram times considerados fracos, mas agora sempre entram como favoritos nos torneios que disputam e estão com uma situação financeira bem estável.

Re: Finanças dos Clubes

23 Fev 2009, 18:54

Muito bom o texto Freddie Mercury, não é a toa que o Estado do Rio de Janeiro não venceu o nacional neste século/milênio ainda...
Sobre o São Paulo ficar um tempo sem ganhar nada, também não é assim, só foi entre 1957-1970, do resto foi normal :D

Re: Finanças dos Clubes

25 Fev 2009, 22:46

depois dizem q os são-paulinos desprezam o Paulista... vejam, o Freddie disse aí q o São Paulo ficou anos sem ganhar nada recentemente...

ou seja, o Palmeiras tb não ganhou nada em 2008... :rolleyes:

Re: Finanças dos Clubes

25 Fev 2009, 23:54

Eu realmente não contei estaduais, pois estava falando de títulos em âmbito nacional e internacional, como Brasileiro, Libertadores e etc.

Até quando eu elogio o São Paulo vocês reclamam hauahaauah :lol:

Re: Finanças dos Clubes

26 Fev 2009, 16:18

Freddie Mercury escreveu:Até quando eu elogio o São Paulo vocês reclamam hauahaauah :lol:


A culpa é dos energéticos! :lol:

Re: Finanças dos Clubes

27 Fev 2009, 20:03

NOTÍCIAS
Imagem

Imagem

Imagem

Re: Finanças dos Clubes

01 Mar 2009, 05:05

Colocação perfeita: "Os futuros processos trabalhistas, serão todos do Clube."

Toma cuidado Fluzinho, uma hora a fonte seca e o credor bate na porta.

Re: Finanças dos Clubes

01 Mar 2009, 13:31

E é assim que os times do Rio acabam ficando sem grana e enfrentando crises... -_-

Re: Finanças dos Clubes

01 Mar 2009, 14:53

É verdade, quando a Unimed largar mão do Fluminense eu quero ver a crise que vai ter!

Pagar 200 mil pro Jaílton é muita, mas muuiitaaa insanidade cara! :lol:

Re: Finanças dos Clubes

01 Mar 2009, 20:57

Putz, fiquei desconcertado aqui ao ler: "R$ 200 mil ao Jaílton" :o
Enquanto isso jogadores melhores ganhando muito menos por aí... :duh:

Re: Finanças dos Clubes

01 Mar 2009, 22:07

Mas é bom lembrar que isso aí não é salário, são luvas...
Responder
Próximo