Trocar para a skin padrão
Espaço para debates sobre assuntos que não sejam relacionados a Chespirito, como cinema, política, atualidades, música, cotidiano, games, tecnologias, etc.
Responder

Re: Correios

07 Jan 2017, 23:11

Os vereadores de Curitiba adoram escrever cartas, um hábito muito comum até fins do século passado quando a internet quase nem existia. Depois, com a popularização da rede mundial, ficou mais fácil, barato e rápido mandar e-mails – algo que também já beira à obsolescência em razão da instantaneidade e dos recursos oferecidos por aplicativos do gênero Whatsapp. Os vereadores de Curitiba, porém, continuam no século passado.

Dos 38 vereadores, 31 têm direito a uma “cota” de 3 mil selos por mês, ao custo unitário de R$ 1,50. Ou seja, cada um gasta R$ 4,5 mil por mês em correspondência com os eleitores. Os sete membros da cúpula têm privilégio maior: eles recebem 4 mil selos mensais (R$ 6 mil). Multiplique-se tudo por 12 meses e se verá que o contribuinte curitibano gasta R$ 2,178 milhões para manter o hábito dos vereadores de selar sua correspondência.

O novo presidente da Câmara, vereador Serginho do Posto (PSDB), quer acabar com esse exagero. Pretende seguir a linha do “arrocho” inaugurada pelos ex-presidentes Paulo Salamuni e Ailton Araújo. Claro, assim como seus antecessores, já enfrenta resistências.
CELSO NASCIMENTO/GAZETA DO POVO

@dedediadema

Re: Correios

07 Jan 2017, 23:17

Ta sobrando dinheiro mesmo...

Re: Correios

18 Fev 2017, 23:26

A mão pesada do pessoal de lá é foda viu.. -_-

Re: Correios

05 Mar 2017, 02:00

Operadora de celular dos Correios começa a funcionar na próxima segunda-feira
LUCAS CARVALHO
03/03/2017 17H28

Imagem
(Foto: Antonio Oliveira / Flickr)

A operadora de telefonia móvel dos Correios, anunciada em janeiro, finalmente tem data para começar a funcionar. O serviço estreia na próxima segunda-feira, 6, começando por São Paulo.

Segundo os Correios, a primeira fase disponibilizará a oferta do serviço em 12 agências da capital paulista. Até o final de março, será possível adquirir a linha móvel dos Correios em 164 agências da Grande São Paulo.

Os preços dos planos só serão divulgados na segunda-feira. A ideia inicialmente é vender apenas planos pré-pagos, e tanto os chips quanto as recargas poderão ser compradas nas agências da empresa pelo Brasil.

Os Correios vão atuar como uma operadora móvel virtual (MVNO, na sigla em inglês), o que significa que não terão infraestrutura própria. A estatal fechou acordo com a empresa EUTV, também conhecida pelo nome fantasia Surf Telecom, para prestação do serviço. Curiosamente, a Surf também é uma MVNO, que usa a infraestrutura da TIM para operar nacionalmente.
OLHAR DIGITAL

Re: Correios

05 Mai 2017, 10:03

Re: Correios

09 Mai 2017, 18:35

https://correios.com.br/para-voce/noticias/trabalhadores-dos-correios-retornam-ao-trabalho

Nesta segunda-feira (8), a maior parte dos trabalhadores dos Correios que havia aderido à paralisação parcial decidiu em assembleias retornar às atividades às 22h de hoje.

Dos 23 sindicatos que se reuniram hoje, 21 decidiram encerrar o movimento paredista. Em Santa Catarina e na região de Santa Maria (RS), os empregados decidiram continuar a paralisação, no entanto, terão de cumprir decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de manter o mínimo de 80% do efetivo em cada unidade. No Acre, a assembleia será realizada apenas nesta terça-feira (9).

Na sexta-feira (5), empregados do Distrito Federal, Espírito Santo, Amapá, Roraima, Tocantins, Sergipe, Rio Grande do Sul, Ribeirão Preto e região, Uberaba e região, Bauru e região, Santos e região, e Juiz de Fora e região já haviam retornado ao trabalho.

No fim de semana (6 e 7), houve mutirão em todo o país. A iniciativa envolveu cerca de 12 mil trabalhadores, que triaram (prepararam para entrega) 14,4 milhões de cartas e encomendas e entregaram 5,7 milhões de objetos.

Re: Correios

27 Set 2017, 15:15

. Correios em greve - https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2017/09/27/greve-correios-sp-rj.htm

Re: Correios

27 Set 2017, 15:23

A novidade é quando os Correios não estão em greve.

Re: Correios

05 Out 2017, 20:24

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2017/10/1924572-trabalhadores-dos-correios-de-sp-e-rj-aceitam-proposta-do-tst.shtml

Os trabalhadores dos Correios de São Paulo e do Rio de Janeiro votaram nesta quinta (5) pela aceitação do acordo coletivo proposto na quarta (4) pelo Tribunal Superior do Trabalho.

Os funcionários estavam em greve desde o dia 19 de setembro.

Segundo os Correios, mais de mil empregados retornaram ao trabalho hoje, a maioria carteiros.

Cerca de 14 mil dos 108 mil trabalhadores estavam paralisados na manhã desta quinta, de acordo levantamento da empresa.

Segundo os sindicatos, os empregados devem retornar totalmente ao trabalho no sábado (7).

Os Correios entraram no dia 28 com uma ação pedindo dissídio coletivo junto ao TST para tentar pôr fim à greve. A decisão ocorreu depois que parte dos sindicatos ligados à Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (Findect) aderiram à paralisação.

A categoria pedia 10% de aumento nos benefícios, reajuste de R$ 300 no salário e manutenção do acordo coletivo, incluindo o plano de saúde.

Os Correios ofereceram 3% de aumento em salários e benefícios e parte do acordo.

Na tarde de quarta (4), o vice-presidente do TST, ministro Emmanoel Pereira, apresentou uma proposta de acordo coletivo que contempla reajuste de 2,07% retroativo ao mês de agosto de 2017, compensação de 64 horas (8 dias) e desconto dos demais dias de ausência, além da manutenção das cláusulas já existentes no acordo. A cláusula que trata do plano de saúde continua sendo mediada.

Hoje à tarde, vários sindicatos realizam assembleias em todo o país para votarem a proposta. O prazo para a realização dessas assembleias termina amanhã (6).

Re: Correios

05 Out 2017, 21:06

SMS. O presidente dos Correios, Guilherme Campos, reclamou com a direção da Caixa porque o banco passou a enviar SMS com extrato do FGTS para 5 milhões de trabalhadores em vez de mandar carta. O cadastro foi atualizado na ocasião do saque das contas inativas.

Pindaíba. A medida diminuiu a receita dos Correios com o serviço. A estatal está há cinco anos no prejuízo. O banco, porém, quer aumentar ainda mais o envio das mensagens pelo celular.
COLUNA DO ESTADÃO / ESTADÃO

Re: Correios

06 Out 2017, 10:43

Não vejo mais motivo para manter esse tópico no Super de Quico. Vai para o Bar.

E.R escreveu:
Os Correios ofereceram 3% de aumento em salários e benefícios e parte do acordo.

Na tarde de quarta (4), o vice-presidente do TST, ministro Emmanoel Pereira, apresentou uma proposta de acordo coletivo que contempla reajuste de 2,07% retroativo ao mês de agosto de 2017, compensação de 64 horas (8 dias) e desconto dos demais dias de ausência, além da manutenção das cláusulas já existentes no acordo. A cláusula que trata do plano de saúde continua sendo mediada.

Deixa eu ver se entendi... aceitaram uma proposta pior do que a dos próprios Correios? :estrelas:

Victor235 escreveu:
SMS. O presidente dos Correios, Guilherme Campos, reclamou com a direção da Caixa porque o banco passou a enviar SMS com extrato do FGTS para 5 milhões de trabalhadores em vez de mandar carta. O cadastro foi atualizado na ocasião do saque das contas inativas.

Pindaíba. A medida diminuiu a receita dos Correios com o serviço. A estatal está há cinco anos no prejuízo. O banco, porém, quer aumentar ainda mais o envio das mensagens pelo celular.
COLUNA DO ESTADÃO / ESTADÃO

Haja ineficiência. Os Correios tem que saber lidar com os novos tempos. Faz bem a Caixa de eliminar custos desnecessários. Não tem cabimento estatal manter custo inútil para ajudar outra estatal.

Re: Correios

06 Out 2017, 16:28

https://g1.globo.com/economia/noticia/greve-dos-correios-trabalhadores-votam-nesta-sexta-proposta-de-acordo.ghtml

Trabalhadores dos Correios votam nesta sexta-feira (6) em assembleias realizadas em diferentes cidades no Brasil uma proposta de acordo com a empresa.

Os funcionários dos Correios entraram em greve no último dia 20, movimento que teve a adesão de trabalhadores de todos os 26 estados e do Distrito Federal.

A recomendação da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), que tem 31 sindicatos filiados, é de que os trabalhadores aceitem o acordo.
"A ampla maioria do comando de negociação orienta pela aprovação da proposta do TST, pois entende que a manutenção da greve, neste momento, pode desgastar a categoria. Agora é hora de aglutinar forças para os próximos embates, em especial, contra a privatização da estatal, pela manutenção dos direitos e empregos dos ecetistas", disse a federação, em comunicado divulgado nesta sexta-feira.

Segundo os Correios, os trabalhadores da empresa de São Paulo e Rio de Janeiro decidiram em assembleia na quinta-feira pela aceitação do acordo coletivo.

Nesta sexta-feira, os sindicatos dos Correios encerram a greve em Pernambuco, Alagoas e na baixada santista.

A decisão final sobre a votação dos sindicatos deverá ser divulgada no fim da tarde desta sexta-feira, segundo a Fentect.

Re: Correios

06 Out 2017, 19:00

Pelo que falaram aqui na minha cidade, o pessoal dos Correios trabalhará todos os sábados até o final do ano para compensar o período da greve.

Re: Correios

07 Out 2017, 09:50

http://economia.estadao.com.br/noticias/negocios,apos-17-dias-greve-dos-correios-chega-ao-fim,70002031647

Em assembleias realizadas nesta sexta-feira, 6, em todo o País, os trabalhadores dos Correios aceitaram a proposta de Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) apresentada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) e definiram o fim da greve, iniciada em 19 de setembro.

Os profissionais afiliados aos sindicatos representados pela Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) seguiram a orientação da entidade. “Foi atingido o quórum. Ainda temos algumas assembleias acontecendo neste momento, mas já temos o número suficiente para aprovar o acordo”, afirmou a Fentect ao Estadão/Broadcast.

A assinatura do ACT 2017/18 acontecerá na terça-feira, 10, na sede do TST em Brasília. Os Correios informaram que cerca de 90% dos 108 mil funcionários da empresa trabalharam nesta sexta-feira.

Os trabalhadores em greve voltam às suas funções na próxima segunda-feira, 9, porém já neste fim de semana será realizado um mutirão para colocar a carga postal em dia.

O comparecimento é facultativo, porém já vale para a compensação de horas não trabalhadas.

A expectativa é que sejam entregues 5 milhões de cartas e encomendas.
Responder
Anterior