Músicas CH em português

Discuta aqui tudo relacionado aos trabalhos de Chespirito, como Chaves, Chapolin, Chaves em Desenho e Programa Chespirito. Discuta aqui também o trabalho de outros atores, como as séries do Kiko.
Avatar do usuário
John Jow
Membro
Membro
Mensagens: 2103
Registrado em: 11 Fev 2009, 12:05
Programa CH: Chespirito
Localização: Fortaleza/CE
Curtiu: 108 vezes
Curtiram: 201 vezes

Músicas CH em português

Mensagem por John Jow » 21 Fev 2018, 19:36

Como se especulou muito sobre se iriam ou não dublar as canções exibidas em CH, me veio à mente que poderíamos fazer um tópico com nossas versões para as músicas que não receberam tradução/adaptação. E isso não se limita as que passaram nos episódios. Poderíamos fazer também com as canções dos LPs, de todos que lançaram, como a Chiquinha e o Quico.

"La Sotaca"

Imagem

Versão do Churrumín:
Nesta mesma noite eu vou ter que escapar
Com a pequenina que me soube conquistar
Seu papai não quis nos dar sua autorização
Alegando que eu era uma decepção

Cata tua pataca, taca a tralha na tua mala
Acata o fato, não se abala
Que já tarda pra escapar
Cata tua pataca, taca a tralha na tua mala
Se seu pai cá achá-la, me ataca e pra matar

Não trouxe escada porque não a consegui
Mas dê logo um salto que eu te escondo por aqui
Ai, pequena minha, que maneira de saltar!
Da toca do lobo eu vou ter que te tirar

Cata tua pataca, taca a tralha na tua mala
Acata o fato, não se abala
Que já tarda pra escapar
Cata tua pataca, taca a tralha na tua mala
Se seu pai cá achá-la, me ataca e pra matar

Não trouxe cavalo porque não o consegui
Porém caminhando podemos sair daqui
Ai, pequena minha, que maneira de andar!
Dê cá sua mala pra que possas caminhar

Cata tua pataca, taca a tralha na tua mala
Acata o fato, não se abala
Que já tarda pra escapar
Cata tua pataca, taca a tralha na tua mala
Se seu pai cá achá-la, me ataca e pra matar

Não tenho trabalho porque não sei trabalhar
Mas você é boa e pode me ajudar
Ai, pequena minha, que maneira de comer!
Para teus paizinhos eu já vou te devolver
Minha versão: (TOMEI A LIBERDADE DE PEGAR OS VERSOS QUE ESTÃO EM NEGRITO DA VERSÃO DO CHURRUMÍN POR ACHAR QUE A MÉTRICA FICA MELHOR, MAS SE ELE QUISER EU POSSO EDITAR PRA MINHA VERSÃO ANTIGA DE NOVO)
Nesta mesma noite eu vou ter que escapar
Com a pequenina que me soube conquistar
Seu papai não quis nos dar sua autorização

Usou de pretexto que estou sem colocação (poderia ser "Usou de pretexto que estou fora do padrão)

Anda logo, bora, bora, bora, 'vamimbora'
Bora, bora, bora agora, pra bem longe do seu pai
Anda logo, bora, bora, bora, 'vamimbora'
Que as malas 'tão' lá fora, pra fugir do seu papai

Não trouxe uma escada porque não a consegui
Porém dá um pulinho que eu te pego bem daqui
Ai minha pequena, que maneira de pular
Da boca de lobo eu vou ter que te apanhar

Anda logo, bora, bora, bora, 'vamimbora'
Bora, bora, bora agora, pra bem longe do seu pai
Anda logo, bora, bora, bora, 'vamimbora'
Que as malas 'tão' lá fora, pra fugir do seu papai

Não trouxe cavalo porque não o consegui
Porém caminhando nós podemos ir daqui
Ai minha pequena, que maneira de andar
Me dá suas malas pra que possa caminhar

Anda logo, bora, bora, bora, 'vamimbora'
Bora, bora, bora agora, pra bem longe do seu pai
Anda logo, bora, bora, bora, 'vamimbora'
Que as malas 'tão' lá fora, pra fugir do seu papai

Não tenho trabalho porque não sei trabalhar
Porém você é boa e pode me ajudar
Ai minha pequena que maneira de comer
Pros seus papaizinhos vou ter que te devolver

Anda logo, bora, bora, bora, 'vamimbora'
Bora, bora, bora agora, pra bem longe do seu pai
Anda logo, bora, bora, bora, 'vamimbora'
Que as malas 'tão' lá fora, pra fugir do seu papai
"O pato e a Tulipa"
(No caso dessa música, como tulipa muda o gênero no português, eu também mudei o gênero, de pata para pato.)

Imagem
Em uma lagoa não longe daqui
Entre lindas flores um dia eu vi
Um belo patinho cantando feliz, feliz
Cuiri cui cui

E ainda cantando lhe disse ao seu pai
Você sabe bem que eu quero casar
Com uma tulipa que eu vou realmente amar

Ficou tão espantado o papai pato
Que ao infeliz patinho disse ingrato

As tulipas, bem sabes que são altas, altas, altas
E você, pequenino. E você, pequenino
O pato bem simpático lhe respondeu cantando
Mesmo assim (Canta-se "mesmoá sim"), pequenino, lhe dou o meu coração

Cansado de ouvi-lo seu pato papai
Sem muita conversa mandou ressecar
Aquela lagoa onde ele podia olhar seu lindo botão

Então o patinho se pôs a chorar
E o choro foi tanto que sem esperar
Suas lágrimas encheram a lagoa até transbordar

Ficou tão espantado o papai pato
Que ao infeliz patinho disse grato

As tulipas, bem sabes que são altas, altas, altas
E você, pequenino. E você, pequenino
Mas o amor é mágico e já que tanto insiste
Não quero te ver triste, lhe dê o seu coração
"As Bruxas"

Imagem
Se de noite ao vagar
Algum ruído o assusta
É porque deve andar
Perto de ti alguma bruxa

Logo, logo há que escapar
Porque se te alcança
Ela vai te transformar
Em burra mansa

Todas as bruxas do mundo usam a mesma poção
Com esta fórmula estranha, que dou à continuação...

Patas de bicho cascudo
Unhas de gato pidão
Bico de pássaro surdo
Chifres de bode gordão

Olhos de corvo dormido
Rabo de um rato grandão
E os caninos moídos
De um javali cabeção

Tem bruxas que também
Te transforma em pato
Em gato de armazém
Ou em cadarço de sapato

Em baba de caracol
Em patim usado
Em juiz de futebol
Ou em advogado

Todas as bruxas do mundo usam a mesma poção
Com esta fórmula estranha, que dou à continuação...

Patas de bicho cascudo
Unhas de gato pidão
Bico de pássaro surdo
Chifres de bode gordão

Olhos de corvo dormido
Rabo de um rato grandão
E os caninos moídos
De um javali cabeção
"Que bonita vizinhança" (1982)

Imagem
Que bonita vizinhança
Que bonita vizinhança
Nessa vila mora o Chaves
Cheia de simplicidade
Mas agrada a quem olhar

Eu sou o famoso Chaves
Todos dizem que minha roupa é só remendo
Às vezes não me lavo
Faço maldade, mas é sem querer querendo

Que bonita vizinhança
Que bonita vizinhança
Nessa vila mora o Chaves
Cheia de simplicidade
Mas agrada a quem olhar

Vive uma garotinha
Que é a mais travessa, brincalhona e faladora
Seu nome é Chiquinha
E seus joelhos se dobram quando ela chora

Que bonita vizinhança
Que bonita vizinhança
Nessa vila mora o Chaves
Cheia de simplicidade
Mas agrada a quem olhar

O professor visita
Dona Florinda procurando casamento
E o seu Madruga não evita
Ser perseguido e apanhar todo momento

Que bonita vizinhança
Que bonita vizinhança
Nessa vila mora o Chaves
Cheia de simplicidade
Mas agrada a quem olhar

A Pópis é tão boba
A Bruxa do 71 com sua vassoura
O Nhonho não se manca
Do seu Barriga leva sempre uma bronca

Que bonita vizinhança
Que bonita vizinhança
Nessa vila mora o Chaves
Cheia de simplicidade
Mas agrada a quem olhar
"A caranguinha" (La carcachita)

Imagem
Eu tenho uma caranguinha
bem jeitosinha e singular
E embora seja tão lenta
Não é preciso empurrar

Os freios não prestam
Lhe falha a direção
Não gira a manivela
Não tem biela
E ignição

Às vezes não parece resistir
Pior se tem ladeira pra subir
Mas descendo a ribanceira
fica ligeira até o fim

Se passo com a caranguinha
cada gatinha que me vê
Se anima logo todinha
pr'uma voltinha em meu bebê
Adoram sua linha
E o modo de correr
E o tipo tão arrogante
tão elegante do chofer

Se você tem um pouco de valor
Quer conhecer caminhos pro amor
‘tão vem, mas dá uma ajudinha
pra gasolina, por favor
"A uva passa" (La Ciruela Pasa)

Imagem
Quando a mais linda e sincera
flor da primavera disse que
Há que buscar uma maneira
De que alguém me queira, eu bem sei

Que encontrarei numa esquina
Aquela vizinha colossal
E lhe direi que lhe quero
Que morro se espero
Seu amor sem igual

Passam caminhões e trens
Passa a conta, doutor.
Se até a uva passa
Por que que não queres que passe o amor?
Se até a uva passa
Por que que não queres que passe o amor.

Porém se chega de novo
Aquele seu noivo, pra estorvar
Para evitar a vergonha
Melhor que eu me ponha a escapar

E aguentarei a desgraça
De ver que minha graça não foi real
Porque eu sou cavalheiro
sincero e inteiro de vida formal

Passam caminhões e trens
Passa a conta, doutor.
Se até a uva passa
Por que que não queres que passe o amor?
Se até a uva passa
Por que que não queres que passe o amor.

Como não tem mais remédio
que dar ao meu tédio luz e sol
Tenho que sair do meio
Com um litro e meio de formol
E deixarei num armário
As notas e o diário que formei
Quando gastei minhas quinzenas
Em cenas e penas que não aproveitei

Passam caminhões e trens
Passa a conta, doutor.
Se até a uva passa
Por que que não queres que passe o amor?
Se até a uva passa
Por que que não queres que passe o amor.

Da minha fatal experiência
Como consequência pude ver
Que é lamentável doença (ou aproveitar o termo "sofrência")
Sofrer a carência de mulher
E como estamos já velhos
Somente há conselhos para dar
Porque já estamos carentes
De dentes potentes para mastigar

Passam caminhões e trens
Passa a conta, doutor.
Se até a uva passa
Por que que não queres que passe o amor?
Se até a uva passa
Por que que não queres que passe o amor.

Só de me lembrar me dá coisa...

"Um lugarzinho especial"

Imagem
Todas nós, crianças, temos
Um lugarzinho especial
Onde nós nos escondemos
Quando queremos sonhar

Pra começar, é fato
Que há ocasiões em que é conveniente poder se ocultar
Pois sonhar a... cordado
Só é possível se tiver por perto um lugar especial

Todas nós, crianças, temos
Um lugarzinho especial
Onde nós nos escondemos
Quando queremos sonhar

Quero sonhar um dia
Com aventuras de barcos intrépidos em alto-mar
E alguma vez poderia
Imaginar que como os pássaros posso voar

Todas nós, crianças, temos
Um lugarzinho especial
Onde nós nos escondemos
Quando queremos sonhar

Sonho que sou gigante
Que levantando minha mão eu posso a lua tocar
E ao lugar mais distante
Bem num segundo, com quatro passinhos, eu posso chegar

Todas nós, crianças, temos
Um lugarzinho especial
Onde nós nos escondemos
Quando queremos sonhar

Sonho que é possível
Em algum lado encontrar um distante e lindo país
Onde será possível
Ver que as pessoas acharam a fórmula pra ser feliz

Todas nós, crianças, temos
Um lugarzinho especial
Onde nós nos escondemos
Quando queremos sonhar
"Ânimo"
(Do musical "Títere")

Imagem
Ânimo, é preciso ânimo
Porque só com ânimo
Ficará bem ativo
E será positivo
Ao lutar com amor, com amor, com amor

Sem perder o ânimo
Na bonança, ânimo
Na tormenta, ânimo
E terá fortaleza
Atitude e destreza
Pra ser um vencedor

Não claudique
Não se humilhe, nem suplique
Melhor mesmo é que se aplique
A uma causa principal

Se é preciso
Conquistar o paraíso
Adquirindo o compromisso
De lutar por um ideal

Por isso, ânimo, é preciso ânimo
Porque só com ânimo
Ficará bem ativo
E será positivo
Ao lutar com amor...
"Burro" (Torpe)

Imagem
Que eu sou tão burro
Ninguém pode negar
Pois entre os burros
Ninguém vai me ganhar

Que tipo, que tipo, que tipo tão burro... Buurrooo!

Se caminho agilmente
Eu tropeço entre a gente
Me levanto com firmeza
E eu bato com a cabeça

Burro! Burro!

Que eu sou tão burro
Ninguém pode negar
Pois entre os burros
Ninguém vai me ganhar

Que tipo, que tipo, que tipo tão burro... Buurrooo!

Todo mundo não se importa
Se eu bato com a porta
A risada se repete
Se eu tropeço no tapete

Burro! Burro!

Que eu sou tão burro
Ninguém pode negar
Pois entre os burros
Ninguém vai me ganhar

Que tipo, que tipo, que tipo tão burro... Buurrooo!

Se eu brinco com fogueira
Incendeio a casa inteira
Tenho a triste desventura
De banhar-me com pintura

Burro! Burro!

Que eu sou tão burro
Ninguém pode negar
Pois entre os burros
Ninguém vai me ganhar

Que tipo, que tipo, que tipo tão burro... Buurrooo!

Se eu me sento, ponho a mesa
Jogo um copo, com certeza
Sempre sirvo, pois, a sopa
Derramando na minha roupa

Burro! Burro!

Que eu sou tão burro
Ninguém pode negar
Pois entre os burros
Ninguém vai me ganhar

Que tipo, que tipo, que tipo tão burro... Buurrooo!

Eu afino a sacola
Guardo coisas na viola
Jogo tênis com sorvete
E eu como a raquete

Burro! Burro!

Que eu sou tão burro
Ninguém pode negar
Pois entre os burros
Ninguém vai me ganhar

Que tipo, que tipo, que tipo tão burro... Buurrooo!

Se bem cedo me barbeio
Logo faço um corte feio
E já nasce a cicatriz
Nas orelhas, no nariz

Burro! Burro!

Que eu sou tão burro
Ninguém pode negar
Pois entre os burros
Ninguém vai me ganhar

Que tipo, que tipo, que tipo tão burro... Buurrooo!
"Campeão"

Imagem
Se você tem pretendido
Chegar a ser um campeão
Jamais se dê por vencido
Você pode sê-lo com muita atenção

Somente é necessário
Lutar com fé, sempre com fé
Se querem mais detalhes
Sigam-me os bons, sigam-me os bons que lhes contarei

Com alegria viver... Viver
Com entusiasmo lutar... Lutar
Fazer as coisas deveras com o coração

Com toda alma querer... Querer
Com entusiasmo tentar... Tentar
Pois só com fé poderá se tornar um campeão

Não lhe faz falta a sorte
Nem a intimidação
Não lhe faz falta ser forte
Nem alto, nem belo, nem ser valentão

Não lhe faz falta, em resumo
Ser tão grande como Sansão
Se querem mais detalhes
Sigam-me os bons, sigam-me os bons prestem atenção

Com alegria viver... Viver
Com entusiasmo lutar... Lutar
Fazer as coisas deveras com o coração

Com toda alma querer... Querer
Com entusiasmo tentar... Tentar
Pois só com fé poderá se tornar um campeão
"Inês Gonzales"

Imagem
Te lembras do lenço fino
inglês que me presenteaste
Disseram que ele não é
Inglês, que te equivocaste
Porém eu lhes disse que
Inês, tu não me enganaste
O que aconteceu foi que
Inês, tu não reparaste

Inês, Inês, me dou por inteiro
Inês, Inês González Guerrero

Por noivas eu tive três
Irmãs, mas eu lhes queria
Uma morreu esse mês
E as outras na agonia
Eu sei que me amas tu
Inês, mas também não queres
Só porque tu sabes já
Que tenho sete mulheres

Inês, Inês, me dou por inteiro
Inês, Inês González Guerrero

Meu cachorrinho morreu
Ontem e foi de repente
Eu sinto porque era fiel
E também era boa gente
Mas eu te prometo Inês
Que quando for teu enterro
Eu vou chorar por você
Igual que chorei por ele
(Pra rimar, também poderia ser "Igual chora um bezerro")

Inês, Inês, me dou por inteiro
Inês, Inês González Guerrero

Por falta de inspiração
E tempo já me despeço
Pedindo aqui perdão
Se é que lhes aborreço
Mas se por acaso, então
Andar por aí um solteiro
Fica à sua disposição
Inês González Guerrero

Inês, Inês, me dou por inteiro
Inês, Inês González Guerrero
Frederico - Dom Quixote

Imagem
Você sabe quem foi Dom Quixote?
um velho magro e fracote,
Você sabe quem foi Sancho Pança?
Um gordinho sem sorte e sem uma lança

Don Quixote montava um cavalo
que se achava mais veloz que um raio,
Sancho Pança montava num burro
com chapéu de palha e escudo.

São dois simpáticos personagens
que em aventuras como nos contos,
mudar o mundo se propuseram
derrubando moinhos de vento.

São dois amigos que combateram
os inimigos, fazendo frente
e davam tudo o que eles tinham
ao pobre, ao fraco e ao inocente.

Você sabe quem foi Dom Quixote?
um velho magro e fracote,
Você sabe quem foi Sancho Pança?
Um gordinho sem sorte e sem uma lança

Don Quixote montava um cavalo
que se achava mais veloz que um raio,
Sancho Pança montava num burro
com chapéu de palha e escudo.

Todos disseram que Dom Quixote
estava então ficando louco,
e eu pergunto aos que disseram:
não estavam eles talvez um pouco?

Os três favores que eu lhes peço
são seu cavalo, sua fé e sua lança,
que os guio pelo caminho
e sou seguido de um Sancho Pança.

Você sabe quem foi Dom Quixote?
um velho magro e fracote,
Você sabe quem foi Sancho Pança?
Um gordinho sem sorte e sem uma lança

Don Quixote montava um cavalo
que se achava mais veloz que um raio,
Sancho Pança montava num burro
com chapéu de palha e escudo.
Editado pela última vez por John Jow em 01 Nov 2018, 04:11, em um total de 29 vezes.
Esses usuários curtiram o post de John Jow (total: 4):
Douglas ReisBugigaTrascastroCortal Cristado

Avatar do usuário
John Jow
Membro
Membro
Mensagens: 2103
Registrado em: 11 Fev 2009, 12:05
Programa CH: Chespirito
Localização: Fortaleza/CE
Curtiu: 108 vezes
Curtiram: 201 vezes

Re: Músicas CH em português

Mensagem por John Jow » 21 Fev 2018, 19:41

No caso da segunda música do episódio, como tulipa muda o gênero no português, eu também mudei o gênero, de pata para pato.

"O pato e a Tulipa"
Em uma lagoa bem longe daqui
Entre lindas flores um dia eu vi
Um belo patinho cantando feliz, feliz
Cuiri cui cui

E ainda cantando lhe disse ao seu pai
Você sabe bem que eu quero casar
Com uma tulipa que eu vou de verdade amar

Ficou tão espantado o papai pato
Que ao infeliz patinho disse ingrato

As tulipas, bem sabes que são altas, altas, altas
E você, pequenino. E você, pequenino
O pato bem simpático lhe respondeu cantando
Mesmo assim, pequenino, lhe dou o meu coração

Cansado de ouvi-lo seu pato papai
Sem muita conversa mandou ressecar
Aquela lagoa onde ele podia olhar seu lindo botão

Então o patinho se pôs a chorar
E o choro foi tanto que sem esperar
Suas lágrimas encheram a lagoa até transbordar

Ficou tão espantado o papai pato
Que ao infeliz patinho disse grato

As tulipas, bem sabes que são altas, altas, altas
E você, pequenino. E você, pequenino
Mas o amor é mágico e já que tanto insiste
Não quero te ver triste, lhe dê o seu coração
Editado pela última vez por John Jow em 22 Fev 2018, 22:19, em um total de 2 vezes.

Avatar do usuário
Willian Ferreira Peixinho
Membro
Membro
Mensagens: 949
Registrado em: 09 Mar 2012, 16:11
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Corinthians
Curtiu: 18 vezes
Curtiram: 168 vezes

Re: Músicas CH em português

Mensagem por Willian Ferreira Peixinho » 21 Fev 2018, 19:43

John Jow escreveu:Como se especulou muito sobre se iriam ou não dublar as canções exibidas em CH, me veio à mente que poderíamos fazer um tópico com nossas versões para as músicas que não receberam tradução/adaptação. E isso não se limita as que passaram nos episódios. Poderíamos fazer também com as canções dos LPs, de todos que lançaram, como a Chiquinha e o Quico.
Como eu estava assistindo "Romeu e Julieta" (1986), peguei as canções do episódio e tentei passar pro nosso idioma. É claro que é quase um sacrilégio ver "Taca la Petaca" em português, mas eu fiz só no campo das hipóteses, favor não zombem Imagem . Todas as sugestões para alterações e as versões que os vizinhos possam contribuir são bem vindas e quem sabe até algum dia sejam gravadas por fãs e façam parte do CHânone.
Como eu sugeri, eu começo:

"La Sotaca"

Nessa mesma noite eu vou ter que raptar
A linda pequena que soube me conquistar
O seu pai não quis nos dar a autorização
Usou de pretexto que estou sem colocação (poderia ser "Usou de pretexto que estou fora do padrão)

Anda logo, bora, bora, bora, 'vamimbora'
Bora, bora, bora agora, pra bem longe do seu pai
Anda logo, bora, bora, bora, 'vamimbora'
Que as malas 'tão' lá fora, pra fugir do seu papai

Não trouxe uma escada porque não a consegui
Porém dá um pulinho que eu te pego bem daqui
Ai minha pequena, que maneira de pular
Da boca de lobo eu vou ter que te apanhar

Anda logo, bora, bora, bora, 'vamimbora'
Bora, bora, bora agora, pra bem longe do seu pai
Anda logo, bora, bora, bora, 'vamimbora'
Que as malas 'tão' lá fora, pra fugir do seu papai

Não trouxe cavalo porque não o consegui
Porém caminhando nós podemos ir daqui
Ai minha pequena, que maneira de andar
Me dá suas malas pra que possa caminhar

Anda logo, bora, bora, bora, 'vamimbora'
Bora, bora, bora agora, pra bem longe do seu pai
Anda logo, bora, bora, bora, 'vamimbora'
Que as malas 'tão' lá fora, pra fugir do seu papai

Não tenho trabalho porque não sei trabalhar
Porém você é boa e pode me ajudar
Ai minha pequena que maneira de comer
Pros seus papaizinhos vou ter que te devolver

Anda logo, bora, bora, bora, 'vamimbora'
Bora, bora, bora agora, pra bem longe do seu pai
Anda logo, bora, bora, bora, 'vamimbora'
Que as malas 'tão' lá fora, pra fugir do seu papai
Gostei dessa versão em português, apesar de ainda preferir a espanhol. Poderiam utiliza-la na versão de 1979 do episódio Romeu e Julieta, já que o SBT não dublou mesmo.

Enviado de meu Moto G (5S) Plus usando Tapatalk
Esses usuários curtiram o post de Willian Ferreira Peixinho (total: 1):
John Jow

Avatar do usuário
Zeca Pagodinho CH
Membro
Membro
Mensagens: 4818
Registrado em: 09 Out 2014, 16:18
Programa CH: Chaves
Curtiu: 380 vezes
Curtiram: 403 vezes

Re: Músicas CH em português

Mensagem por Zeca Pagodinho CH » 21 Fev 2018, 20:00

Eu pensei que a letra do La Sotaca ia ficar ruim.
Esses usuários curtiram o post de Zeca Pagodinho CH (total: 1):
John Jow

Avatar do usuário
Bernkastel
Membro
Membro
Mensagens: 21103
Registrado em: 07 Mai 2010, 19:59
Programa CH: La Chicharra
Localização: The Twilight Zone
Curtiu: 443 vezes
Curtiram: 2886 vezes

Re: Músicas CH em português

Mensagem por Bernkastel » 21 Fev 2018, 20:05

Tão vendo só? Taca la Petaca é perfeitamente adaptável em português. Eu já tinha tido algumas ideias, todas elas ótimas, e todas elas diferentes da idéia do John Jow que é tão ótima quanto. Pessoal se intimida demais por qualquer giriazinha.

No Show do Chaves de 2011, a musica Las Brujas tem a mesma letra que nas séries CH, que toca na inédita parte 3 do episódio da Branca de Neve em Chapolin.

Essa é a adaptação usada no teatro, que eu acho que devia ser aproveitada:


Se ao cair da noite
Alguma coisa lhe assusta
É porque deve estar
Perto de alguma bruxa

Rápido tem que fugir
Corra feito insano
Ou ela te transforma
Em um burro manso

Todas as bruxas do mundo usam a mesma poção
Com essa fórmula estranha te dou a continuação...

Pés de mosquito esquisito
Unhas de gato sangrento
Bicos de passaro preto
Chifres de bode briguento

Olhos de porco dormido
Rabo de um grande ratão
Dentes caídos moídos
De um javali cabeção

Tem bruxas que também
Te transforma em buraco
Em cabo de frigideira
Um num simples cadarço

Em barba de caracol
Em patim usado
Em bola de futebol
Ou em advogado

Todas as bruxas do mundo usam a mesma poção
Com essa fórmula estranha te dou a continuação...

Pés de mosquito esquisito
Unhas de gato sangrento
Bicos de passaro preto
Chifres de bode briguento

Olhos de porco dormido
Rabo de um grande ratão
Dentes caídos moídos
De um javali cabeção
Esses usuários curtiram o post de Bernkastel (total: 1):
John Jow
Antonio Felipe escreveu:Ô, meu, você não tem nada pra fazer, não?

Avatar do usuário
John Jow
Membro
Membro
Mensagens: 2103
Registrado em: 11 Fev 2009, 12:05
Programa CH: Chespirito
Localização: Fortaleza/CE
Curtiu: 108 vezes
Curtiram: 201 vezes

Re: Músicas CH em português

Mensagem por John Jow » 21 Fev 2018, 20:12

Como na dublagem a letra tem que ser algo que caiba na boca do personagem, tem que ter métrica, mas sem perder a rima, mesclei com a letra que o Riddle colocou aqui:

"Las Brujas"
Se de noite ao vagar
Tem algo que lhe assusta
É porque deve andar
Perto de ti alguma bruxa

Logo, logo há que escapar
Porque se te alcança
Ela pode te tornar
Em burra mansa

Todas as bruxas do mundo usam a mesma poção
Com esta fórmula estranha, que dou à continuação...

Patas de bicho cascudo
Unhas de gato pidão
Bico de pássaro surdo
Chifres de bode gordão

Olhos de corvo dormido
Rabo de um rato grandão
E os caninos moídos
De um javali cabeção

Tem bruxas que também
Te transforma em pato
Em gato de armazém
Ou em cadarço de sapato

Em baba de caracol
Em patim usado
Em juiz de futebol
Ou em advogado

Todas as bruxas do mundo usam a mesma poção
Com esta fórmula estranha, que dou à continuação...

Patas de bicho cascudo
Unhas de gato pidão
Bico de pássaro surdo
Chifres de bode gordão

Olhos de corvo dormido
Rabo de um rato grandão
E os caninos moídos
De um javali cabeção
Editado pela última vez por John Jow em 22 Fev 2018, 22:19, em um total de 3 vezes.

Avatar do usuário
John Jow
Membro
Membro
Mensagens: 2103
Registrado em: 11 Fev 2009, 12:05
Programa CH: Chespirito
Localização: Fortaleza/CE
Curtiu: 108 vezes
Curtiram: 201 vezes

Re: Músicas CH em português

Mensagem por John Jow » 21 Fev 2018, 20:49

"Que bonita vizinhança" (1982)
Que bonita vizinhança
Que bonita vizinhança
Nessa vila mora o Chaves
Não vale nenhum centavo
Mas agrada a quem olhar

Eu sou o famoso Chaves
Todos dizem que minha roupa é só remendo
Às vezes não me lavo
Faço maldade, mas é sem querer querendo

Que bonita vizinhança
Que bonita vizinhança
Nessa vila mora o Chaves
Não vale nenhum centavo
Mas agrada a quem olhar

Vive uma garotinha
Que é a mais travessa, brincalhona e faladora
Seu nome é Chiquinha
E seus joelhos se dobram quando ela chora

Que bonita vizinhança
Que bonita vizinhança
Nessa vila mora o Chaves
Não vale nenhum centavo
Mas agrada a quem olhar

O professor visita
Dona Florinda procurando casamento
E o seu Madruga não evita
Ser perseguido e apanhar todo momento

Que bonita vizinhança
Que bonita vizinhança
Nessa vila mora o Chaves
Não vale nenhum centavo
Mas agrada a quem olhar

A Pópis é tão boba
A Bruxa do 71 com sua vassoura
O Nhonho não se manca
Do seu Barriga leva sempre uma bronca

Que bonita vizinhança
Que bonita vizinhança
Nessa vila mora o Chaves
Não vale nenhum centavo
Mas agrada a quem olhar
Essa aqui foi uma mistureba geral de tradução do literal, versão Maga e a versão do Marcos Lima...
Geral não gostaria porque não fala da "roupa mutcho louca", rsrsrsrs.
Editado pela última vez por John Jow em 22 Fev 2018, 22:20, em um total de 2 vezes.

Avatar do usuário
O Mágico de Pink Floyd
Membro
Membro
Mensagens: 3676
Registrado em: 18 Jan 2017, 03:05
Programa CH: Chespirito
Time de Futebol: Ponte Preta
Localização: Do lado do meu vizinho
Curtiu: 71 vezes
Curtiram: 208 vezes

Re: Músicas CH em português

Mensagem por O Mágico de Pink Floyd » 21 Fev 2018, 20:51

Faça de La Ciruela Pasa

Avatar do usuário
John Jow
Membro
Membro
Mensagens: 2103
Registrado em: 11 Fev 2009, 12:05
Programa CH: Chespirito
Localização: Fortaleza/CE
Curtiu: 108 vezes
Curtiram: 201 vezes

Re: Músicas CH em português

Mensagem por John Jow » 21 Fev 2018, 20:53

Rodrigo CH escreveu:Faça de La Ciruela Pasa
Já fiz:

"A uva passa"
Quando a mais linda e sincera
flor da primavera nos diz que
Há que buscar uma maneira
De que alguém me queira, eu bem sei

Que encontrarei numa esquina
Aquela vizinha colossal
E lhe direi que lhe quero
Que morro se espero
Seu amor sem igual

Passam os bondes e trens
Passa a conta, doutor.
Se até a uva passa
como é que não queres que passe o amor?
Se até a uva passa
como é que não queres que passe o amor.

Porém se chega Cenóbio
Que era seu noivo, pra estorvar
Para evitar o opróbio
Resulta mais óbvio renunciar

E aguentarei a desgraça
De ver que minha graça não foi real
Porque eu sou cavalheiro
completo e sincero de vida formal

Passam os bondes e trens
Passa a conta, doutor.
Se até a uva passa
como é que não queres que passe o amor?
Se até a uva passa
como é que não queres que passe o amor.

Se não terá mais remédio
que dar ao meu tédio luz e sol
Tenho que sair do meio
Com um litro e meio de formol
E deixarei num armário
As notas e o diário que formei
Quando gastei minhas quinzenas
Em cenas e penas que não aproveitei

Passam os bondes e trens
Passa a conta, doutor.
Se até a uva passa
como é que não queres que passe o amor?
Se até a uva passa
como é que não queres que passe o amor.

Da minha fatal experiência
Como consequência pude ver
Que é lamentável doença (ou aproveitar o termo "sofrência")
Sofrer a carência de mulher
E como estamos já velhos
Somente há conselhos para dar
Porque já estamos carentes
De dentes potentes para mastigar

Passam os bondes e trens
Passa a conta, doutor.
Se até a uva passa
como é que não queres que passe o amor?
Se até a uva passa
como é que não queres que passe o amor.
Editado pela última vez por John Jow em 22 Fev 2018, 22:20, em um total de 4 vezes.

Avatar do usuário
Bernkastel
Membro
Membro
Mensagens: 21103
Registrado em: 07 Mai 2010, 19:59
Programa CH: La Chicharra
Localização: The Twilight Zone
Curtiu: 443 vezes
Curtiram: 2886 vezes

Re: Músicas CH em português

Mensagem por Bernkastel » 21 Fev 2018, 20:55

Eu ia adaptar Un Rinconcito Especial mas tou sem saco então fiz só o refrão.
Todas nós crianças temos um lugarzinho especial
Aonde nos escondemos quando queremos sonhar
Faço o resto depois que eu fumar um aqui se ninguém fizer antes
Antonio Felipe escreveu:Ô, meu, você não tem nada pra fazer, não?

Avatar do usuário
John Jow
Membro
Membro
Mensagens: 2103
Registrado em: 11 Fev 2009, 12:05
Programa CH: Chespirito
Localização: Fortaleza/CE
Curtiu: 108 vezes
Curtiram: 201 vezes

Re: Músicas CH em português

Mensagem por John Jow » 21 Fev 2018, 20:59

Rebecca R. Snowcraft escreveu:Eu ia adaptar Un Rinconcito Especial mas tou sem saco então fiz só o refrão.
Todas nós crianças temos um lugarzinho especial
Aonde nos escondemos quando queremos sonhar
Faço o resto depois que eu fumar um aqui se ninguém fizer antes
Também cheguei a legendar música:



No caso dela tem mais tradução literal do que adaptação. Se realmente fosse ter que dublar as canções, algumas coisas deveriam ser alteradas do que eu legendei, para manter a métrica.
Editado pela última vez por John Jow em 21 Fev 2018, 23:09, em um total de 1 vez.

Avatar do usuário
Chafundifórnios
Membro
Membro
Mensagens: 3670
Registrado em: 01 Abr 2014, 19:27
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Apodi-RN
Curtiu: 16 vezes
Curtiram: 273 vezes

Re: Músicas CH em português

Mensagem por Chafundifórnios » 21 Fev 2018, 21:18

O "La Sotaca" ficou excelente! :lol: Mesmo perdendo um pouco do duplo sentido a excência da canção continua lá.
O refrão ficou chiclete até. bora, bora, bora, vamimbora...
Esses usuários curtiram o post de Chafundifórnios (total: 1):
John Jow
"Não há nada mais trabalhoso do que viver sem trabalhar..."
By Don Ramón "Madruga" Valdéz

Ruan Fonseca A.K.A. Chafundifórnios
-- Membro do Fórum Xávis desde abril de 2014 --

Avatar do usuário
Cattelo
Membro
Membro
Mensagens: 8000
Registrado em: 30 Jul 2014, 22:54
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Boludos do Campinho
Localização: Terra do Nunca
Curtiu: 0
Curtiram: 611 vezes

Re: Músicas CH em português

Mensagem por Cattelo » 21 Fev 2018, 21:46

Muito bom a Taca la Petaca do John Jow! :o
Tô fazendo uma versão também, mas o refrão não é só repetição. Já já posto.
Esses usuários curtiram o post de Cattelo (total: 1):
John Jow

Avatar do usuário
IgorBorgesCH
Moderador
Moderador
Mensagens: 8915
Registrado em: 19 Fev 2016, 22:10
Programa CH: Chespirito
Time de Futebol: Clube Atlético Mineiro
Curtiu: 750 vezes
Curtiram: 892 vezes

Re: Músicas CH em português

Mensagem por IgorBorgesCH » 21 Fev 2018, 22:13

As adaptações do John Jow ficaram fodas, principalmente a de "La Sotaca". :reverencia: Se depender de adaptação vai ficar ótimo, o difícil vai ser se dublarão bem, já que ninguém é um MaGa ou Mário Lúcio da vida, que são cantores e dubladores.
Esses usuários curtiram o post de IgorBorgesCH (total: 1):
John Jow

Avatar do usuário
Cortal Cristado
Membro
Membro
Mensagens: 9138
Registrado em: 10 Nov 2014, 14:39
Programa CH: Chapolin
Localização: No país
Curtiu: 1021 vezes
Curtiram: 790 vezes

Re: Músicas CH em português

Mensagem por Cortal Cristado » 21 Fev 2018, 22:18

Gostei bastante das adaptações. :reverencia:
Imagem
James Revolti escreveu:Ah, meu saco.

Responder