Trocar para a skin padrão
Tópicos originalmente criados no Segundo Pátio.
Tópico trancado

Entrevista da Semana #23 - DiscoHugo (09/05 - 16/05)

09 Mai 2017, 19:50

Imagem

A Entrevista da Semana do Fórum Chaves serão entrevistas feitas a membros do Fórum que serão publicadas semanalmente, que terão como principal motivo o divertimento dos usuários, os participantes serão escolhidos aleatóriamente, sem aviso prévio então o próximo pode ser você!.

E o entrevistado de hoje é:

DiscoHugo

---
Perguntas
1. Chaves ou Chapolin? Porque?
2. Como avalia as atuais exibições de séries CH no Brasil? o que pode melhorar?
3. O que você acha do "politicamente correto"?

Re: Entrevista da Semana #23 - DiscoHugo (09/05 - 16/05)

09 Mai 2017, 23:04

1 - Quais são as suas melhores qualidades e os seus piores defeitos?
2 - Além do Freddie Mercury, quais são os seus cantores preferidos?
3 - Qual é o seu nome verdadeiro? E porque escolheu esse nick?

Re: Entrevista da Semana #23 - DiscoHugo (09/05 - 16/05)

09 Mai 2017, 23:11

Se fosse mulher por um dia, que coisas você faria?

Re: Entrevista da Semana #23 - DiscoHugo (09/05 - 16/05)

09 Mai 2017, 23:14

- Você gosta de...Erotismo?

Re: Entrevista da Semana #23 - DiscoHugo (09/05 - 16/05)

10 Mai 2017, 13:33

1- Dá o cu e xupa pito?
2- Sua opinião sobre o Politicamente correto.
3- Como apresentador, prefere o Danilo ou Porchat?
4- Sua opinião sobre mim.
5- Acha que tem necessidade de responder essas coisas inúteis?

Re: Entrevista da Semana #23 - DiscoHugo (09/05 - 16/05)

10 Mai 2017, 19:16

Eita, que susto foi ver meu nominho. Tinha que avisar antes :vamp:

Vamos lá:

Antonio Gabriel escreveu:1. Chaves ou Chapolin? Porque?

Desde pequeno eu sempre gostei mais do Chapolin porque a série tinha mais humor físico, dinamismo e fantasia. Pirava quando o Chapolin encolhia ou quando usava a Buzina Paralisadora. Já o Chaves tem mais diálogo do que ação e a base do humor dele são pequenas piadas a cada instante, além de ser um pouco mais "realística". Curtia, mas não gostava muito. Tinha episódios que pareciam novela pra mim. Um blá blá em que eu fingia que prestava atenção.

Hoje eu continuo optando pelo Chapolin por um motivo específico: Cada episódio se passa em um lugar diferente, possibilitando ao roteirista criar novos personagens e inserir novas piadas dentro do contexto oferecido. Do quarto de um hotel ao Velho Oeste. Não é a toa que as melhores sacadas estão no Chapolin. No Chaves não tem muito motivo para fazer piada. São apenas os moradores praticamente.

Antonio Gabriel escreveu:2. Como avalia as atuais exibições de séries CH no Brasil? o que pode melhorar?

Não acompanho muito as exibições, mas me parecem razoáveis. Talvez uma maior diversificação entre TODAS as séries do Chespirito do que apenas o Chaves, embora este registre mais audiência do que as demais obras. O SBT não deve fazer mais do que já estão fazendo. Nem criar uma sessão para séries antigas na madrugada (I Love Lucy junto com outras obras do Bolaños, por exemplo).

Poderiam transferir o Clube do Chaves pro domingo com uma exibição diversificada. Essa é a única coisa que o SBT poderia fazer com CH levando em conta que não fazem muito.

Antonio Gabriel escreveu:3. O que você acha do "politicamente correto"?

O mesmo do que eu acho do nazismo: abomino por completo. O politicamento correto é o argumento que utilizam para proteger possíveis minorias de piadas, do preconceito e do ódio. Parece fofo. Quem vai contrapor o oprimido? Acontece que os meios em que eles buscam para atingir uma sociedade tolerante e dócil atentam contra a liberdade de expressão e são meios ineficientes que se valem do legalismo e da autoridade. Se trata de uma paranoia em que nada quer dizer qualquer coisa e vice versa. Culpam discurso ao invés de culpar atos e acham que o preconceito tem origem em lorotas do que em ignorância individual. O politicamento correto força a sociedade a ter um sentimentalismo engajado e lucrativo, querendo impor qualquer mensagem ou discurso em qualquer coisa, até em marchinha de carnaval.

Ele deturpa a veracidade com palavras bonitas e bloqueia a criatividade de cada um com o pânico em ofender o alegado oprimido.

Marcelo Jungbluth escreveu:1 - Quais são as suas melhores qualidades e os seus piores defeitos?

Qualidades: Tenho o dom de identificar a alma de cada personalidade que convivo ao ponto de saber suas preferências e medos. Ou seja, tenho uma empatia fora do sério. Também sou carinhoso, observador, desinibido, alegre e consigo me adaptar rapidamente em qualquer circunstância. Gosto também de dialogar com gente expansiva e odeio criar inimigos.

Defeitos: Sou cabeça quente e não tolero gente espaçosa/folgada

Marcelo Jungbluth escreveu:2 - Além do Freddie Mercury, quais são os seus cantores preferidos?

Poucos, geralmente eu não ligo muito pra cantor, banda ou álbum, e sim pra canção. Além do Mercury, curto o Serj, Johnny Cash, Paul McCartney, David Bowie, Charlie Brown Jr., Aretha Franklin, Raul Seixas e Michael Jackson.

Tenho um grande estima por todos, em especial ao grandioso Freddie Mercury. Talvez eu tenha esquecido de algum, mas esses são os principais.

Marcelo Jungbluth escreveu:3 - Qual é o seu nome verdadeiro? E porque escolheu esse nick?

Hugo.

Tava sem ideia. Na hora me veio a mente o nick que o Club Penguin sorteou pra mim quando eu tinha feito o cadastro por lá há um bom tempo. Era DiscoHugo seguido de vários numerais. E como eu tinha cadastrado o nick no Hero Zero e num joguinho do Click Jogos, decide colocar aqui no Fórum também.

Se pudesse eu mudaria pra Hugo, mas já tem um zé ruela. Bem que os administradores poderiam excluir contas que não entram há um bom tempo, nér...

homessa escreveu:Se fosse mulher por um dia, que coisas você faria?


Lavaria a roupa, varia a casa, tiraria o pó da estante, limparia o banheiro, pilotaria o fogão, iria bater o carro na garagem de casa... Tudo o que uma mulher faz :vamp:

Buster escreveu:- Você gosta de...Erotismo?

Amo de paixão. Não só em filmes.

João Vitor A.K.A The Butcher escreveu:1- Dá o cu e xupa pito?

No.

João Vitor A.K.A The Butcher escreveu:2- Sua opinião sobre o Politicamente correto.

Já dei.

João Vitor A.K.A The Butcher escreveu:3- Como apresentador, prefere o Danilo ou Porchat?

Empate técnico, mas acho o Gentili um tiquinho melhor.

João Vitor A.K.A The Butcher escreveu:4- Sua opinião sobre mim.

Voltou mais intelectualizado e defende suas posturas com mais rigor, embora não concorde com todas. A questão do desarmamento e os impostos em que você discutiu com o Antonio, por exemplo. Me lembra muito o Chokito em certos momentos com posts bem humorados. Vejo que procura ser participativo com todos os assuntos que aparecem, sem criar picuinha com usuário e mantendo o jeitão combativo ao mesmo tempo.

João Vitor A.K.A The Butcher escreveu:5- Acha que tem necessidade de responder essas coisas inúteis?

Acho :lol:


#Leiaquemquiserler

Re: Entrevista da Semana #23 - DiscoHugo (09/05 - 16/05)

10 Mai 2017, 20:49

Gosta de futebol?

Re: Entrevista da Semana #23 - DiscoHugo (09/05 - 16/05)

11 Mai 2017, 11:12

Só gosto de jogar mesmo. Não acompanho nenhum outro esporte.

Re: Entrevista da Semana #23 - DiscoHugo (09/05 - 16/05)

11 Mai 2017, 19:27

O que você consegue ver de bom no funk?

Re: Entrevista da Semana #23 - DiscoHugo (09/05 - 16/05)

11 Mai 2017, 21:35

as bundas kikando no chão

Essencialmente, a batida. O meu gosto pela música eletrônica interferiu bastante nisso. O mesmo pra fala rápida e rimada do rap (outro estilo que me agrada) presente no funk. Por fim, a melodia sempre será o item mais importante para uma música ser considerada "boa". Ritmo esse que pode estar no rock, pop ou funk.

Em suma, é a batida, a fala rápida e a melodia.

Funk muito pesado não rola, mas um ou outro palavrão até que vai. No rock também existe muita sacanagem, e não vai ser por isso que eu vou deixar de ouvir.

Re: Entrevista da Semana #23 - DiscoHugo (09/05 - 16/05)

11 Mai 2017, 21:55

Ao estilo bate-bola/jogo rápido:

.Gota ou BKS?
.Florinda ou Ma. Antonieta?
.PES ou FIFA?
.AF, James ou Fabão?
.Sandra ou Cecília?
.Rock ou funk?
.Biscoito ou bolacha?

:vamp: :vamp: :vamp:

Re: Entrevista da Semana #23 - DiscoHugo (09/05 - 16/05)

12 Mai 2017, 00:03

Gota Mágica
Maria Antonieta
FIFA
Fabão da massa
Sandra Mara
Rock
Bolacha

Re: Entrevista da Semana #23 - DiscoHugo (09/05 - 16/05)

13 Mai 2017, 16:01

Segunda rodada
1. O que você acha do socialismo?
2. Acredita em nova ordem mundial?
3. O que acha da atual geração(a partir de 2000)?

Re: Entrevista da Semana #23 - DiscoHugo (09/05 - 16/05)

14 Mai 2017, 19:11

Antonio Gabriel escreveu:Segunda rodada
1. O que você acha do socialismo?

O socialismo é um modelo econômico e político criado para erradicar a desigualdade, visando a igualdade. Penso que, quando propuseram em resolver os males do capitalismo selvagem (ou de outros problemas que não tinham necessariamente o envolvimento do capital), exageraram no que diz respeito ao amparo pelo próximo e se deslocaram diretamente para o extremo oposto, com o estado inchado e influente. E o forte poder que o estado tem sobre a vida das pessoas (bem como o quanto ela deve receber) traz riscos à democracia, liberdade individual e afins. Sendo dominante e o povo tendo que depender dele para se desenvolver, faz o que bem entender. Mas é óbvio que o fim do estado também trará desordem.

A plena igualdade que procuram para "auxiliar" os mais necessitados nunca se firmará por uma questão lógica: irá chegar um momento em que boa parte não irá mais produzir porque o outro está produzindo menos ou nem produzindo, porém, recebendo o mesmo daqueles que produzem. Se grande parte se revoltar contra isso e promover uma espécie de greve, a distribuição será de miséria porque não existirá produção em massa para o estado se manter e manter o povo. Isso se a distribuição já não for de miséria já que se trata de uma economia muito fechada. Enfim, é um chamado para qualquer tipo de conflito entre Estado e indivíduo e vice versa. A história não me deixa mentir. Uma utopia pensar na plena igualdade. Nem os ricos são iguais financeiramente.

Por isso o meio-termo deve ser buscado, sem desequilíbrios. Corrigindo as imperfeições do capitalismo, vejo ele como o único meio para avançarmos socialmente, economicamente e tecnologicamente. Sem comodismo ou autoritarismo. Ele tem vícios e ambições, se encaixando perfeitamente para a humanidade comandar, pois é da nossa natureza tais características. Porque todos querem justiça em relação à igualdade: As pessoas recebendo e ocupando lugares por merecimento, e não pelo o que o outro trabalhou "por ela"; sem exploração por parte de empresários, e não por parte do estado que tem a população como refém, ferindo a autonomia de cada.

O problema da desigualdade não é do rico em relação ao morador de um conjunto habitacional decente, mas sim do morador de rua em relação ao que mora no conjunto habitacional. Tendeu?

Antonio Gabriel escreveu:2. Acredita em nova ordem mundial?

O comunismo me parece mais convincente.

Antonio Gabriel escreveu:3. O que acha da atual geração(a partir de 2000)?

Nada de mais. Eu sou quase dela, nasci no meio de 99. Querendo ou não, ela está amadurecendo. Já, já ela completa 18. Enfim, deve ser a última geração que não nasceu nesse momento tecnológico em que vivemos, tendo mais tempo para brincadeiras entre amigos, contato com familiares e etc. Hoje em dia as crianças já nascem com um tablet na mão e estão cada vez mais isoladas e dependentes da tecnologia Triste. É clichê dizer isso, mas é a verdade.

Apenas quem nasceu em 90, 95 ou 2000 poderá falar sobre o machucado no joelho que ganhou ao cair da bicicleta. Já quem nasceu mais pra frente vai poder relatar quando quase perdeu a vida entrando num interminável desespero: o sinal do Wi-fi caiu.

Re: Entrevista da Semana #23 - DiscoHugo (09/05 - 16/05)

14 Mai 2017, 21:54

Tu sabes que ninguém leu a arenga acima sobre o socialismo, né?
Tópico trancado
Próximo